Compartilhe o artigo!

Entre os diversos projetos que sempre tive interesse em desenvolver aqui no blog, estava o de criar um videolog em que pudesse comentar alguns dos vídeos que publico aqui no site, e também apresentar notícias mais curtas relacionadas com a área de computação gráfica, animação e artes visuais. Por vários motivos nunca consegui colocar essa idéia para funcionar. Mas, entre as minhas resoluções para 2012 estava fazer regime produzir e começar a publicar um videolog! E é com muita satisfação que posso anunciar que o episódio piloto ficou pronto e já está disponível para qualquer pessoa assistir. Esse é o episódio piloto, em que fiz vários testes relacionados ao equipamento de gravação e também a parte de edição. Até agora só consegui fazer o upload do vídeo para o Vimeo, mas nos próximos dias devo publicar o arquivo no meu canal do Youtube.

Por enquanto não existe opção para fazer download do arquivo do vídeo, mas assim que tiver um tempo eu exporto o vídeo em resoluções menores e disponibilizo o material para download.

Como o projeto Mango do Instituto Blender está no período de pré-venda e muitos leitores aqui do blog não conhecem o conceito dos Open Movies, acabei escolhendo esse tema para ser o assunto do primeiro episódio. Acabou sendo um mini-documentário sobre a história dos Open Movies, em que mostro imagens e explico o desenvolvimento dos projetos e suas derivações.

O vídeo acaba sendo uma explicação de como funciona a mecânica de produção dessas animações, e também uma amostra do que esperar no projeto Mango.

Ainda no momento em que estava editando o episódio piloto, percebi algumas coisas que vou tentar melhorar para os próximos episódios. O tempo de duração de cada episódio deve ser de no máximo 20 minutos. Se passar disso já fica complicado de manter uma seqüência e até o ânimo. Perceba que na parte final do vídeo eu já estou falando mais “lento”. O vídeo sem edição está com quase 50 minutos! Depois da edição o tempo caiu para aproximadamente 35 minutos.

O tamanho do arquivo de vídeo também complica, pois 30 minutos de vídeo em 720p ficam bem grandes, até para fazer upload.

Com episódios mais curtos é mais fácil manter o mesmo ritmo desde o início do vídeo.

O que espero com esse videolog?

A idéia de produzir o videolog é de agregar mais conteúdo aqui para o blog usando outro formato mais dinâmico do que o texto. Em momento algum espero transformar o vídeolog em um tipo de mídia independente do blog, mas assim uma forma complementar de fazer o que sempre tento realizar nos artigos, que é mostrar novidades úteis para quem trabalha ou se interessa por computação gráfica. Agora terei que tomar cuidado ao andar na rua, pois a minha imagem estará exposta nos vídeos. Será que poderei ir tranqüilo ao cinema ainda?

Nos próximos episódios, espero fazer visitas a empresas e estúdios de animação e computação gráfica, e mostrar alguns projetos que possam ser de interesse para a maioria dos leitores aqui do blog.

Só para finalizar o artigo, gostaria da sua opinião sobre o primeiro episódio nos comentários. Lembre que esse é apenas o episódio piloto, e que muitos mais devem aparecer nas próximas semanas.

É isso, espero que você goste desse novo conteúdo.