Tutorial SketchUp e Kerkythea: Renderização de projetos básica

Um dos pontos fracos do SketchUp é a parte de renderização do software que é muito simples, principalmente se levarmos em consideração que a maioria dos usuários que procuram o software estão interessados em trabalhar com maquetes eletrônicas e visualização para arquitetura. Isso significa que o software será capaz de gerar os modelos 3d necessários para representar os projetos, mas terá dificuldade em gerar imagens realistas dos projetos para apresentações. A melhor maneira de resolver isso é com o uso de renderizadores externos, e entre as opções disponíveis para o SketchUp a mais famosa na categoria render gratuitos é o Kerkythea.

Mas, o fato de ser gratuito não significa que o mesmo é fácil de usar. E para a surpresa da maioria dos usuários que tenta usar o Keykythea pela primeira vez, o software é até simples, mas precisa de uma base de conhecimento para que possa ser aproveitado de maneira plena.

Renderizando projetos com SketchUp e Kerkythea

Para ajudar aos interessados em começar a trabalhar com o Kerkythea, encontrei um tutorial muito interessante e básico sobre como renderizar uma cena do SketchUp no Kerkythea.

O autor do tutorial configura uma cena com todos os materiais e ajustes necessários no SketchUp, e exporta o modelo 3d completo para o Kerkyteha. No renderizador o único ajuste em termos de materiais que é realizado é a configuração do vidro desse modelo 3d, que necesida de mudanças em relação a transparência do objeto. Com o vidro devidamente configurado, basta escolher o método de renderização e pedir para o Kerkythea gerar a imagem.

O processo como um todo leva pouco mais de 5 minutos para configurar e o render acaba sendo mais demorado. Apesar de representar uma ótima opção gratuita para render com o SketchUp, os usuários do SketchUp podem estranhar um pouco o tempo para gerar as imagens que é um pouco longo no Kerkythea.

O software não dispõe de suporte a render por GPU, pelo menos não que eu conheça, e acaba depositando toda a sua carga na CPU, o que faz com que o tempo de render seja bem longo.

Mas, ainda assim é uma opção viável para usar com o SketchUp e muitos artistas utilizam o Kerkythea para gera imagens realistas dos seus projetos.

Nas próximas semanas você encontrará um curso no EAD – Allan Brito que aborda renderização com o SketchUp, usando renderiadores externos para complementar os cursos sobre modelagem para arquitetura e modelagem avançada com SketchUp.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 comentários sobre “Tutorial SketchUp e Kerkythea: Renderização de projetos básica”

  1. Olá Allan, blz?

    Gostaria de saber quais configurações e materiais você costuma usar em vidros de janelas, para cenas externas…
    e saber se tem alguma dica de iluminação para cenas diurnas.

    Desde já, Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *