Clicky

Stingray: Engine para jogos da Autodesk

Compartilhe o artigo!

As opções para criar jogos digitais e animações interativas hoje em dia é impressionante, e isso inclui os softwares destinados aos designers ou pessoas que não tem interesse em aprender linguagens de script. Até alguns anos atrás a simples tarefa de produzir um jogo 2d ou 3d envolvia uma boa parcela de conhecimento e estudo sobre linguagens de script, que acabavam relegando essa tarefa a equipes multidisciplinares. Mas, hoje é possível aproveitar recursos disponíveis na Unreal Engine, Blender Game Engine e Unity para criar alguns jogos sem nenhum tipo de código. O raciocínio lógico ainda é necessário, mas podemos resolver praticamente tudo visualmente.

Quem acaba de entrar nesse mercado com uma engine voltada para jogos é a Autodesk com o Stingray. A proposta da empresa é ingressar no mercado para competir diretamente com a Unreal e Unity por uma fatia da produção mobile e desktop de pequenos/médios estúdios. Um dos grandes diferenciais da engine é, segundo a própria Autodesk, a integração com seus softwares de produção 3D como Maya e 3dsmax. No próprio vídeo de demonstração é apresentada a edição em tempo-real de modelos 3d criados no Maya que podem ser modificados e atualizados rapidamente na engine.

Na parte de programação será possível trabalhar com um sistema de nodes, semelhante ao que temos na Unreal Engine com Blueprints.

Mas, a grande pergunta que você deve estar se fazendo nesse momento: quanto vai custar? Usando um modelo totalmente diferente do Unity e Unreal Engines, a Autodesk partiu para o modelo de assinatura para que seja possível usar o Stingray. Sim, para produzir seus jogos no Stingray será necessário pagar mensalidade para a Autodesk.

Os artistas que já fazem uso dessa modalidade de licença com o Maya ou 3dsmax não devem encontrar dificuldades em migrar para esse tipo de ferramenta, pois provavelmente já são assinantes da Autodesk. Agora, os artistas que fazem uso do Unity ou Unreal que se tornaram gratuitas para várias modalidades, devem permanecer nos seus ambientes de produção atuais.

Mais informações sobre o Stingray no site oficial.

Aprendendo a desenvolver jogos

Tem interesse no desenvolvimento de jogos digitais? Recomendo visitar o EAD – Allan Brito para conferir os diversos cursos relacionados com o desenvolvimento de jogos digitais:

2018-03-20T12:55:07+00:00 By |Jogos Digitais|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.