Nvidia Titan X atualizada

Compartilhe o artigo!

Um dos mercados em que as coisas tendem a evoluir de maneira absurda é a tecnologia. E segundo a já defasada Lei de Moore sobre o aumento dos transistores dos chips de computador em períodos de 18 meses, sem aumento de custos reflete essa velocidade. A defasagem está relacionada com a redução desse período de 18 meses, e empresas como a Nvidia e a sua atualização da Nvidia Titan X mostram que essa é a realidade.

Agora a Nvidia trouxe com a atualização da Nvidia Titan X o que eles alegam ser a maior placa de vídeo já produzida. A singela placa apresenta a arquitetura Pascal que representa o que existe de mais avançado em termos de hardware. É a placa que você deve escolher, caso queira ter certeza de possuir equipamento de ponta.

Nvidia Titan X

As especificações técnicas da Nvidia Titan X não deixa a desejar também. A lista de recursos é a seguinte:

  • 12 GB de memória DDR5X
  • 3.584 núcleos CUDA
  • 11 teraflops de performance

Com essas especificações fica difícil de competir, pelo menos até que a empresa lance uma nova atualização da Nvidia Titan X. Agora a parte que não é nada agradável, pelo menos para nós que não recebemos em dólares. A placa tem preço anunciado de US$ 1.200,00 (hum mil e duzentos dólares) para o mercado americano. É um equipamento considerado caro até mesmo para padrões americanos.

Se você for colocar o custo da placa dentro de qualquer orçamento, será fácil perceber que a Nvidia Titan X sozinha pode bancar até 4 placas GeForce GTX 1060. Isso se considerarmos os preços em dólares. Será que vale a pena o investimento? Ainda acredito que quatro placas ligadas em SLi sejam mais interessantes, que investir em equipamentos únicos.

O que faz as placas de vídeo serem importantes para renderização? Simples, com o uso desses equipamentos é possível acelerar de maneira significativa qualquer processo de renderização. Com ferramentas especializadas como o Blender Cycles, Octane Render, V-Ray RT e outras é possível jogar o trabalho do render para a GPU.

Então, o trabalho de gerar as imagens fica a cargo dos núcleos CUDA e não do seu processador.

Aprendendo render por GPU

Quer aproveitar a sua placa de vídeo com núcleos CUDA? Ao usar o Blender Cycles é possível renderizar cenas de maneira extremamente rápida. Basta instalar o Blender, que é gratuito, para começar a renderizar seus projetos. Os seguintes cursos do EAD – Allan Brito abordam especificamente o uso do Blender Cycles:

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *