Clicky

A melhor forma de criar WebGL

Compartilhe o artigo!

A produção de conteúdo compatível com navegadores web para aplicações visuais está progredindo muito nos últimos anos. Depois do Flash é possível encontrar diversas técnicas e ferramentas que prometem ambientes ricos e interativos usando 3D direto no navegador como o WebGL. Qual é a melhor forma de criar WebGL?

A tecnologia do WebGL é fantástica e permite a criação de 3D nativo para a maioria dos navegadores web, sem a necessidade de plugins ou softwares externos. Como complemento a facilidade com que podemos publicar material usando WebGL é possível criar até mesmo para dispositivos móveis.

Esse tipo de recurso é fundamental como parte do processo criativo de qualquer artista ou empresa, que pretenda gerar material para a web. Com a contínua extinção de plugins como o Flash, é preciso encontrar alternativas para criar material 3D para a web.

Já ouve um tempo em que o futuro era investir em sistemas baseados em Flash, aproveitando frameworks com o Papervision 3D. Esse tipo de tecnologia fazia uso de sistemas como o COLLADA para aproveitar geometria 3d e jogar no navegador. A idéia era boa e gerou bastante demanda quando o Flash ainda era o “rei” do conteúdo rico para web.

A melhor forma de criar WebGL

Mas, com o advento dos dispositivos móveis e os inúmeros problemas de segurança gerados pelo plugin foi preciso migrar. Além de não demandar nenhum tipo de plugin ou recurso extra, o WebGL apresenta outras vantagens. A primeira que vai chamar a sua atenção é o suporte para VR.

Sim, é possível criar aplicações VR para a web usando nada mais que o navegador. Seus projetos podem ser convertidos para aplicações VR sem a necessidade de enviar os mesmos para a App Store ou Play Store. Tudo funciona de maneira direta no navegador e de modo interativo.

Qual a melhor forma de criar WebGL? A maneira mais simples de criar WebGL é usando o Blender! O processo é simples e requer apenas alguns cliques de mouse. Tudo é feito com um Add-on gratuito chamado Blend4Web. Esse Add-on é capaz de exportar cenas 3D direto para o formato HTML já usando o WebGL.

Você ainda pode fazer diversos ajustes diferentes para aproveitar os recursos do software como configurar materiais, interação e animação 3d no projeto. Os artistas que já conhecem o funcionamento do Blender tem a vantagem de só precisar instalar o Add-on para gerar os mais variados materiais 3D para web:

  • Jogos 3D usando WebGL
  • Demonstrações em VR usando WebGL
  • Aplicações educacionais usando WebGL
  • Simulações usando física com WebGL

A sua imaginação será o limite para a criação de aplicações para a web com essa tecnologia. O único cuidado em relação ao aproveitamento desse tipo de recurso está no consumo de processamento. Qualquer coisa relacionada com 3D pode demandar muito poder de processamento, o que em dispositivos móveis acaba gerando problemas no consumo da bateria.

Para finalizar o artigo e responder a pergunta do título. A melhor forma de criar WebGL é com o Blender. Basta aproveitar o poder e facilidade do Blend4Web. Ainda não se convenceu? Veja essa galeria de exemplos criados com a tecnologia.

A melhor forma de criar WebGL

Depois de visitar a página do Blend4Web você está provavelmente se perguntando como funciona o processo de elaboração de 3D no Blender. No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com o Blender e até mesmo o Blend4Web:

2018-03-20T12:54:24+00:00 By |Tecnologia|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário