Clicky

Posso usar notebooks para trabalhar em arte digital?

Compartilhe o artigo!

Os assuntos relacionados com as escolhas do hardware para uso em projetos de arte digital são tema recorrente aqui no blog. Hoje vou abordar outra dúvida que recebo com frequência pelo formulário de contato do site, que é a aquisição de notebooks para uso em arte digital. Vale a pena?

A escolha de um notebook como equipamento para produção de arte digital precisa levar alguns pontos em consideração. Um dos pontos que gera muita confusão está na comparação com equipamentos do tipo desktop. Dependendo da marca e modelo, os notebooks podem ter itens “idênticos” aos desktops.

Elementos como:

  • Processador
  • Memória
  • GPU
  • SSD

Por exemplo, hoje encontramos notebooks e desktops com processadores com o mesmo nome.

Tudo parece com um desktop em termos nominais, e com a vantagem de ser móvel. Então, eles são melhores? Na maioria dos casos não.

Para não dizer que todos os notebooks são ruins, podemos fazer uma lista com características desses equipamentos móveis que influenciam no trabalho de um artista digital:

  • Apesar de ter itens com mesma nomenclatura, os notebooks são otimizados para baixo consumo energético. Isso é bom quando precisamos economizar bateria, mas faz o conjunto perder performance;
  • Tarefas que exigem muito processamento como o render, demandam mais resfriamento. Devido ao corpo compacto, esses equipamentos tem problemas de super-aquecimento;
  • Ao adquirir notebooks você provavelmente terá muitas dificuldades em fazer upgrades ou substituição de partes. Talvez a memória e armazenamento sejam os únicos itens que podem ser substituídos;

A placa gráfica desses equipamentos é uma categoria a parte, e deve ser levada em consideração também pelas suas limitações. Quando não é um equipamento bem limitado, encontramos versões “mobile” de placas GTX. Que possuem menos poder de processamento se comparadas com versões para desktop.

A não ser que você tenha uma razão para adquirir esse tipo de equipamento como a mobilidade. O recomendado é investir em um desktop. Ele será mais útil para sua produtividade e também mais barato.

Mas, isso não significa que os notebooks não devam estar num futuro próximo incorporados no nosso cotidiano. Alguns notebooks voltados para o público “gamer” já estão recebendo placas de vídeo idênticas às versões desktop. Já é possível encontrar modelos com placas GTX 1060, 1070 e 1080.

Ainda são notebooks caros, mas devem ficar mais acessíveis com o passar do tempo. Por enquanto, melhor investir em desktops.

Aprendendo arte digital

Quer aprender mais sobre a aplicação de arte digital em vídeo, 3d e na criação de jogos digitais? No EAD – Allan Brito você encontra vários cursos que podem ajudar você a aprender os mais diversos softwares e técnicas para criação:

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 Comments

  1. linha torta 03/04/2017 em 2:06 pm

    Usei por bom tempo um notebook, mas chega um momento que não adianta mais. Migrei para um desktop e o ganho de performance foi muito alto. Ainda, o preço dos notebooks com hardwares interessantes são demasiadamente caros e com metade do preço você pega um desktop mais potente e com a vantagem de poder dar upgrades.

  2. Cris 09/04/2017 em 8:46 pm

    Allan, sobre GPU ha um macete que eu fiz quando ainda nao tinha grana pra comprar desk
    Ligar placa de video pci-express em notebook por um adaptador da mini pcie (aonde fica o wifi) para pcie normal aonde liga placa de video

    Existem modelos simples que tem problema de nao usar toda a potencia da pcie, porem servem ao menos para ligar e dar video (inclusive joguei jogos pesados em GPU em note antigo…), e custam coisa de U$ 30 (no ebay e sites chineses) o adaptador pra place de video e a “ponte” que liga na mini pci, sendo que e recomendavel comprar uma extensao do cabo flat que faz a ligacao, pois muitas vezes o slot mini pcie fica muito escondido embaixo do note.

    E existem modelos (nao muito caros tambem, na faixa de U$ 50-70 nos sites da China, e na gearbest eles tem os principais modelos) que conseguem velocidades maiores entre a pcie e a minipcie ou ate mesmo modelos que ligam por porta expresscard (maioria dos notes novos nao tem mais entrada assim) ou por ngff (alguns notes ligam wifi por esse padrao diferente)

    O unico porem desse tipo de coisa e mobilidade, pois a placa de video precisara de fonte de desk (de qualidade, claro de media de 350W a 500W reais) e notebooks antigos e AMDs precisam de monitor externo pois se nao me engano apenas do i3 (ou i5, nao sei ao certo) pra cima ela retorna a imagem diretamente pro monitor do note.

    E claro, e preciso fazer uma gambiarra leve pra fonte ficar ligada, ja que pra fonte ligar por padrao e necessario ela estar ligada na placa mae, porem se colocar um ferrinho num dos buracos do plug pra mobo da fonte a mesma liga sem necessidade de PC (na internet ensina isso com fotos)

    Alguns notebooks precisam de alteracao na BIOS para desabilitar o video interno, como nos casos de alguns notes que tem video dedicado e alguns modelos basta ligar que automaticamente ela funciona. A questao de BIOS e questao de sorte pra dar certo direto ou ir em foruns de BIOS mod pra pedir ajuda pro pessoal alterar a BIOS pra vc poder destravar certas funcoes como desabilitar o video interno, porem comigo eu consegui rodar de boa tanto num note basicao AMD (que precisou ter BIOS destravada) quanto num core2duo (agora core2quad) de 10 anos atras (que ainda funciona) direto sem mexer em nada

    E eu ja vi gente fazendo algo mais extremo: Notes que tem placa de video dedicada por fora da placa mae, a placa de video e padrao MXM (agora e MXM 3.0 como as 1080 pra notebook)
    Existem sites que vendem placas MXM “vazias” que somente encaixam nesse slot para fins de teste, e algumas pessoas ja pegaram esse tipo de placa para fazer uma ligacao entre elas e placa de video pci-express, no mesmo conceito da ponte de mini-pcie para pcie, porem ja que e algo que precisa mexer em eltronica, quem for tentar precisa ter maior entendimento na area, sendo que da placa de video eles colocam um adaptador VGA pra LDVS (encaixe de GPU pra monitor de note, pra img voltar)

    Eu ainda nao pude testar nada do genero pois so tenho usado desk mesmo, porem na internet o pessoal esta fazendo…

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.