Como exportar 3D do AutoCAD em OBJ?

Em qual software você costuma começar seus projetos relacionados com visualização 3D? Uma boa parcela dos artistas prefere realizar a modelagem dos projetos no seu software mais familiar. Isso representa não só um aumento na produtividade, mas também acaba se tornando um pequeno problema em termos de fluxo de trabalho. Por exemplo, se o seu software preferido não exportar arquivos em formatos amigáveis?

Os formatos chamados amigáveis são os que possuem bom histórico de compatibilidade com múltiplas ferramentas como é o caso do OBJ, que é aceito por praticamente todos os softwares. É bem diferente de formatos proprietários como o DWG, que limitam o ecossistema apenas aos produtos da Autodesk, ou que tenham capacidade de usar essas informações.

Se o seu software de preferência for o AutoCAD, você possui poucas opções relacionadas com a saída dos seus projetos para outros softwares. Quer expandir as possibilidades de uso do AutoCAD? Com o uso de um pequeno script desenvolvido em AutoLISP você será capaz de exportar modelos 3d criados no AutoCAD para OBJ.

Para fazer o download do script basta visitar esse endereço, que leva até o fórum Blenderartists. O script foi criado por um desenvolvedor chamado 1D_Inc, que mantém as versões e informações sobre a ferramenta atualizadas diretamente no fórum.

autocadobj_500_px_85

Qual a vantagem em usar o formato OBJ como saída do AutoCAD? A resposta é simples: flexibilidade. Com o uso do formato OBJ você tem mais opções para manipular as informações que saem do AutoCAD. Por exemplo, será possível importar os arquivos para softwares que não tem suporte pleno ao DWG. O próprio Blender não tem dificuldades com o DWG, mesmo usando scripts em Python para ajudar.

Como os arquivos OBJ são baseados em texto será fácil aplicar sistemas de automação para fazer a conversão em outros tipos de arquivos para uso no SketchUp e até mesmo sistemas baseados em VR. As opções são as mais diversas.

Aprendendo modelagem 3D e AutoCAD

Você tem interesse em aprender a trabalhar com o desenvolvimento de modelagem 3d para os mais variados propósitos? Recomendo visitar o EAD – Allan Brito e conferir os diversos cursos relacionados com o tema disponíveis no site:

AutoCAD 2017: Importando PDF como vetor

Uma das formas mais comuns de compartilhar material gerado em softwares de CAD é por meio de arquivos PDF. Mas, assim que você recebe esse tipo de arquivo era comum querer fazer modificações ou ajustes nos arquivos. Com versões antigas do AutoCAD era possível importar os projetos em PDF, mas eles eram gerados apenas como uma imagem no plano de fundo. Já com o AutoCAD 2017 a coisa mudou de maneira significativa.

Com o AutoCAD 2017 é possível pegar esses arquivos PDF e importar para o seu projeto já em vetor. Mas, o que isso significa exatamente? Quando você importa um arquivo PDF no AutoCAD para fins de edição, o que acontecia até pouco tempo é que o projeto era exibido como uma imagem de fundo. Esse guia rápido, mostra como importar esses arquivos PDF como vetor.

Vá até a aba Insert e escolha a opção PDF.

AutoCAD 2017

Depois é só selecionar o arquivo PDF e manter a opção Vector Geometry marcada.

AutoCAD 2017

Essa imagem não permitia muita edição, o que acabava gerando muito trabalho de edição para qualquer pessoa responsável pelo projeto. Em outras palavras, você teria que editar e criar tudo novamente no projeto. Quando você precisa editar projetos que são relativamente pequenos, a criação das linhas novamente não é um problema. Mas, quando existem muito detalhes ou o projeto é grande a edição desse material pode ser um grande problema.

Agora no AutoCAD 2017 é possível importar arquivos PDF que são muito comuns para troca de informações de projetos em formato eletrônico. Ao importar um arquivo PDF é possível pedir ao software para gerar geometria de arquivos PDF que não estejam protegidos. Isso vai acelerar muito a criação de qualquer projeto no AutoCAD 2017.

Além de representar um grande avanço em termos de flexibilidade em termos de edição, a possibilidade de editar arquivos PDF como vetor no AutoCAD 2017 é também motivo de alerta. Se você cria esse tipo de projeto e compartilha os arquivos com outras pessoas sem nenhum tipo de proteção, saiba que é possível que seus arquivos sejam abertos e editados sem você saber.

Quer compartilhar os arquivos PDF com usuários do AutoCAD 2017? Melhor adicionar uma senha para fins de proteção.

Fonte: Between the lines

Usando o AutoCAD para arquitetura

Tem interesse em aprender a usar o AutoCAD para seus projetos? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com o software que podem ajudar você:

Curso de modelagem 3D com AutoCAD

O AutoCAD é muito conhecido pelas suas capacidades relacionadas com desenho técnico, seja em arquitetura ou engenharia. Mas, você sabia que esse software também é capaz de criar modelos 3d? Muitos profissionais acabam passando do desenho bidimensional para o tridimensional direto na ferramenta.

Isso acaba trazendo uma vantagem em termos de produtividade, pois os projetos cavam sendo desenvolvidos rapidamente. Depois de criar os modelos 3d no AutoCAD o caminho para softwares de apresentação fica muito mais rápido. Esse mesmo modelo 3d é usado para renderizar o projeto no V-Ray ou outro renderizador.

Você sabe trabalhar com o AutoCAD 3D? Ainda não? Agora você conta com o curso de modelagem 3D com AutoCAD que ensina exatamente a transformação de projetos 2d em 3d. O curso é voltado tanso para pessoas que já sabem AutoCAD 2d como para iniciantes.

Ao longo das 8 aulas você conhece as ferramentas e opções do AutoCAD 3D necessárias para gerar diversos tipos de formas. Além de oferecer grande suporte para criação de objetos arquitetônicos, é possível aproveitar os recursos em engenharia e outras áreas. Independente da área na qual você trabalha, se é necessário criar objetos com precisão, o AutoCAD é muito competente nesse quesito.

modelagem 3d com AutoCAD

Essa é uma lista com os temas das aulas:

  • Aula 01 – Navegação e visualização 3D no AutoCAD
  • Aula 02 – Manipulando o espaço 3D e a UCS
  • Aula 03 – Ferramentas de modelagem 3d com sólidos
  • Aula 04 – Modificando sólidos 3d no AutoCAD
  • Aula 05 – Ferramentas de modelagem 3d com superfícies
  • Aula 06 – Impressão e representação de modelos 3d no AutoCAD
  • Aula 07 – Modelagem de estruturas 3D
  • Aula 08 – Animação, materiais e render no AutoCAD

Quem precisa aprimorar o currículo para conseguir empregos em escritórios de arquitetura ou engenharia deve aprender AutoCAD 3D. Isso aumenta as chances de você ser selecionado, pois a maioria desses locais já trabalha com o software, e ter uma pessoa criando 3d é um diferencial. O curso de modelagem 3D com AutoCAD mostra inclusive como criar animações no software!

Sim, você aprende a trabalhar com animação 3d no AutoCAD usando opções nativas. O resultado é muito mais simples do que o que temos no 3ds max, mas é uma opção para apresentar projetos. Pelo menos você terá condições de fazer animações para arquitetura e engenharia rápidas.

Aprendendo mais sobre modelagem 3d com AutoCAD

Quer aprender mais sobre AutoCAD e modelagem 3d? Recomendo visitar os seguintes cursos do EAD – Allan Brito para saber mais sobre o tema:

AutoCAD 2016

O mercado de softwares especializado em desenho técnico é bem competitivo, mas ainda existem os chamados “medalhões” que são as ferramentas mais usadas e procuradas por usuários. Um exemplo disso é a área de CAD com o quase onipresente AutoCAD que acaba de receber a sua trigésima atualização. A presença do AutoCAD em áreas como engenharia ou arquitetura é bem difundida, inclusive com professores universitários recomendando aos alunos que aprendam a usar o software. Isso aconteceu comigo no curso de arquitetura, quando a instituição ofereceu um curso básico de desenho no computador usando o AutoCAD, e acabou doutrinando a turma inteira a usar esse software.

Ainda hoje recebo e-mails de estudantes universitários procurando por material de treinamento relacionado com o AutoCAD. Para os que já usam o software ou pretendem começar a trabalhar com CAD, a Autodesk lançou o AutoCAD 2016! O que existe de novo nessa versão do AutoCAD 2016?

AutoCAD 2016

A lista de recursos envolvem novas opções para a interface, como a incrível opção de abrir vários projetos em abas. Esse recurso foi apresentado no ano passado e permite que dentro do AutoCAD seja possível abrir diversos projetos em abas. Quem é usuário mais antigo do AutoCAD, e chegou a sofrer com a necessidade de abrir múltiplas janelas do AutoCAD para conseguir editar vários arquivos ao mesmo tempo, esse tipo de recurso é sensassional! No AutoCAD 2016 a aba inicial é chamada de “Start” e permanece o tempo todo disponível.

Uma das atualizações mais interessantes do AutoCAD 2016 é no sistema de dimensionando para criar linhas de cota. Agora o comando DIM tenta adivinhar o tipo de linha de cota necessário para a parte do seu projeto e adiciona a informação de maneira automática.

Outro campo que recebeu novidades foi a gama de recursos 3d, que agora oferecem para o usuário opções inclusive de visualização baseada em imagens (IBL) para conferir os objetos 3d de maneira mais realista.

Para conferir a lista completa de recursos do AutoCAD 2016, recomendo conferir esse documento em PDF da própria Autodesk.

Biblioteca gratuita de blocos em DWG para arquitetura

O desenho de qualquer tipo de peça envolvendo o AutoCAD ou qualuqer outro software que lide diretamente com representação técnica exige dos artistas envolvidos muito conhecimento, sobre técnicas construtivas e também como representar diversos tipos de elementos visualmente. Esses elementos tem como objetivo atribuir escala aos desenhos e também ajudar na interpretação da função existente em cada espaço. Nesse tipo de situação temos duas opções para criar essas representações, que consistem no desenho de todos os elementos existentes na cena ou aproveitar uma biblioteca de blocos já existentes. Para facilitar a vida dos usuários do AutoCAD, encontrei uma biblioteca gratuita de blocos em DWG para uso em projetos de arquitetura e mecânica.

biblioteca_gratuita_de_blocos_em_DWG.jpg

Os blocos estão organizados em categorias, sendo que você pode escolher entre as opções:

Esses arquivos foram criados usando o AutoCAD 2006, e devem funcionar muito bem inclusive em softwares que fazem uso de scripts ou plugins para ler arquivos DWG. A quantidade é um pouco limitada em relação a diversidade, mas para tempos em que sempre é preciso terminar os desenhos com tempos mínimos de trabalho, é muito importante ter recursos como esse para conseguir acelerar o processo de desenho.

Outro ponto negativo ao qual você terá que se acostumar, é que a nomenclatura dos arquivos dentro da biblioteca gratuita de blocos em DWG está em inglês, o que pode dificultar inicialmente a seleção dos arquivos. Na dúvida, a minha recomendação é realizar o download de todos os arquivos e investigar visualmente o que cada um representa, principalmente se você não faz idéia dos nomes em inglês.

A licença de uso dos arquivos não está clara no site, mas como não existe nenhuma informação sobre restrição da aplicação dos blocos em projetos com fins comerciais, acredito que não exista problema no uso desse tipo de material em projetos comerciais.

Expandindo seus conhecimentos em arquitetura 3D

Quer expandir os seus conhecimentos em visualização para arquitetura? Você pode conferir os cursos online sobre modelagem para arquitetura no EAD – Allan Brito, e expandir as suas habilidades para usar recursos tridimensionais em seus projetos:

Com esses dois cursos você começa de imediato a trabalhar com modelagem em projetos voltados especificamente para arquitetura.