Tutorial Maya: Usando o soft selecting e paint selecting

Um dos primeiros conhecimentos que as pessoas devem procurar ao aprender novos softwares 3d é relacionado com os meios de seleção. Esse tipo de conhecimento é fundamental para conseguir manipular e trabalhar com diversos tipo de elementos na modelagem e animação. Por exemplo, a seleção em ferramentas com o Blender é particular e consiste na primeira barreira que novos usuários acostumados a seleção em softwares como 3ds max ou AutoCAD precisam vencer. Mas, com um pouco de tempo e prática essas barreiras podem ser facilmente vencidas. Se você estiver aprendendo a trabalhar com o Autodesk Maya, encontrei um vídeo que ajuda no estudo de dois meios de seleção importantes para o software. O vídeo aborda o Soft e Paint Selecting.

O vídeo é esse:

Esse é um dos problemas mais comuns para usuários que estão aprendendo a trabalhar com o Maya, principalmente as pessoas que acabam pressionando “acidentalmente” algumas teclas. No Maya a tecla B é responsável pelo acionamento do chamado Soft Selection, que deixa os vértices e objetos ao redor de qualquer seleção amarelados. O resultado disso é que as transformações aplicadas em qualquer objeto são passadas de maneira proporcional para os elementos nos arredores.

Nos casos em que a modelagem demandar esse tipo de interação a ferramenta é de grande ajuda, mas nos casos em que usuários sem experiência no Maya acabam acionando acidentalmente o Soft Selection, o resultado pode ser bem frustrante. Se isso acontecer com você, lembre de pressionar a tecla B. Além da tecla de atalho, podemos usar também o Tool Settings para acionar a ferramenta, assim como é demonstrado no vídeo.

O Paint Selecting é um pouco diferente e permite trabalhar literalmente com um pincel que selecionar objetos usando procedimento semelhante a pintura, ao longo da superfície de qualquer objeto. A opção não é tão usada como o Soft Selecting, mas pode ajudar em situações específicas de modelagem 3d em que o controle sobre detalhes é importante.

Um ótimo recurso que mostra dicas variadas e a resolução de problemas comuns com o Maya está nesse endereço, com orientações sobre a interface do software. E aqui existe um ótimo guia com os principais atalhos de teclado do Maya.

Listas com principais atalhos de teclado para 3ds Max e Maya

O uso de softwares de maneira geral envolve a interação com várias interfaces, seja ela com o mouse ou o teclado o usuário precisa se habituar a usar os recursos que o software oferece para usar o computador. O quanto você está habituado a usar os atalhos de teclado do seu software preferido? Posso dizer por experiência que a maioria dos usuários iniciantes detesta atalhos de teclado, pelo simples fato de não estarem habituados a decorar e ficar olhando por alguns segundos para o teclado, antes de realizar uma determinada operação no software.

Mas, se você ainda tem esse tipo de visão sobre os atalhos de teclado, pode começar reavaliar a sua opinião, pois o uso desse atalho para acionar determinadas funções em softwares 3d é fundamental, principalmente se você quiser aumentar a sua produtividade. Todos devem concordar que é muito trabalhoso produzir qualquer coisa em 3D, principalmente com a grande quantidade de comandos e ferramentas disponíveis em cada software. Mas, com um pouco de paciência e um bom guia de atalhos, você pode se habituar facilmente a usar esse tipo de ajuda.

Para os usuários do 3ds Max e Maya, esse web site tem ótimos guias em PDF com os principais atalhos de teclado usados em ambas as ferramentas. Por exemplo, você sabe qual a tecla de atalho para mover um objeto e restringir a deslocação apenas no eixo Z? Nos guias em PDF você vai encontrar a indicação desses atalhos e muitos outros, e o melhor de tudo é que o material é completamente gratuito.

Desktop Tech Books

Nesse quesito o Blender 3D é totalmente otimizado para usar atalhos de teclado em suas operações, o que consiste em mais uma barreira para usuários iniciantes, mas que com o tempo acaba se transformando em vantagem competitiva. Se você quiser um exemplo, visite um estúdio e converse com um profissional e ele mesmo deve confirmar que basicamente usa apenas atalhos de teclado no seu cotidiano.

Os usuários de outros softwares 3d também podem se aproveitar do web site indicado, pois o mesmo apresenta ótimos textos explicativos sobre conceitos de softwares 3d como canais alpha, imagens HDRI e as diferenças entre imagens vetoriais e bitmaps. Existe também uma coisa que sempre quis fazer aqui no blog, mas ainda não tive como fazer por falta de tempo, que é um glossário de computação gráfica 3d. O glossário consiste na descrição dos principais termos e conceitos usados de maneira geral em softwares 3D.

Mesmo que você não aproveite os atalhos de teclado, recomendo a visita para consultar o material de apoio.