Como importar arquivos do Revit para o Blender?

A modelagem de projetos para arquitetura pode ter várias origens diferentes dependendo de como você trata o fluxo de trabalho. Mas, em muitas ocasiões o processo completo acaba tendo início em um software de CAD ou com a tecnologia BIM. Isso é citado várias vezes no curso sobre gestão da visualização arquitetônica em que explico o fluxo de trabalho para esses projetos. Mas, quando o software usado é o Blender alguns usuários ficam em dúvida sobre a melhor maneira de passar informações de ferramentas com o Revit para o Blender. Existe uma maneira eficiente de fazer isso? Claro que sim!

Para conseguir exportar projetos do Revit para o Blender, a minha recomendação é aproveitar o formato IFC de arquivos que é suportado pelo Revit e pode ser lido no Blender com o uso de um Addon gratuito. As vantagens de exportar projetos do Revit para o Blender são muito grandes, e a que posso destacar como o diferencial é a possibilidade de usar o mesmo modelo 3d que gera informações para o projeto construtivo na visualização para arquitetura.

Com a possibilidade de exportar do Revit para o Blender você pode expandir o seu negócio de visualização e permitir que projetos desenvolvidos no Revit, sejam trabalhados no Blender e renderizados com o Cycles sem muito esforço. Já tive diversos projetos que precisaram de formatos intermediários para que fosse possível passar as informações do Revit para o Blender, mas com o uso de arquivos IFC tudo fica mais fácil.

Revit para o Blender

Nesse tipo de situação você pode tanto incorporar o Blender como software para refinar a apresentação do seu projeto no estágio final com o Cycles, ou então aproveitar a grande quantidade de profissionais ou empresas que trabalham com a tecnologia BIM e oferecer serviços de visualização no Blender.

Modelagem para arquitetura

A área de visualização para arquitetura é muito promissora e oferece oportunidades para artistas que saibam usar bem ferramentas de modelagem e render. No EAD – Allan Brito você encontra cursos e treinamentos que ajudam a desenvolver suas habilidades nessa área:

Como importar arquivos do Revit para o Blender?

Entre as diversas perguntas que recebo de usuários interessados em adotar o Blender como ferramenta principal na produção de maquetes eletrônicas e visualização par arquitetura, está relacionada com a compatibilidade com arquivos gerados por softwares da Autodesk. Nesse sentido pode literalmente subentender, compatibilidade com arquivos DWG e DXF. Já foi bem mais complicado de trabalhar com esse tipo de arquivo no Blender, mas hoje é relativamente simples, apesar da importação de arquivos DWG para o Blender ainda demandar um pouco de trabalho. Mas, uma opção muito interessante para quem procura trabalhar com modelos 3d gerados por ferramentas BIM como o Revit, pode ajudar de maneira significativa a colocar o Blender dentro do processo de produção de arquitetos, engenheiros e escritórios de visualização.

Os arquivos com extensão IFC que significam (Industry Foundation Classes) e foram criados pela IAI, instituição que trabalha com intuito de criar padrões de armazenamento de dados, para facilitar o compartilhamento de informações entre softwares como o Revit, ArchiCAD e VectorWorks. O ponto positivo nesse caso é a existência de um script para o Blender chamado de IFCBlender, como parte de uma iniciativa conhecida como IFCOpenShell.

O Add-on é totalmente gratuito e pode ser copiado na página do IFCOpenShell, e depois de instalado no Blender deve permitir a importação de arquivos completos do Revit. A imagem abaixo mostra um exemplo desse Add-on em ação permitindo que um projeto criado no Revit seja usado no Blender.

blender-ifc.jpg

O uso desse tipo de script é de extrema importância para quem precisa trabalhar com softwares como o Revit, e acredite que já tive problemas com o envio de projetos que precisavam ser trabalhados na parte da visualização. O desafio maior é solicitar aos clientes que enviem esse tipo de arquivo, pois a maioria acaba enviando dados que são difíceis de manipular, pois são versões muito recentes do software ou então que não são compatíveis com o Blender.

Use esse Add-on e aproveite a conveniência de manipular os projetos criados no Revit, ArchiCAD e VectorWorks sem grandes problemas de compatibilidade, e utilizando a geometria completa dos objetos 3d para aplicar materiais e usar recursos de render avançado como o YafaRay e LuxRender no Blender.