Simulando a luz do dia com 3dsmax e mental ray

Nas diversas etapas de preparação e desenvolvimento de um projeto de animação ou criação de imagens estáticas com softwares 3d, a iluminação dos ambientes é vista por várias pessoas como a chave para conseguir uma boa imagem. Isso pode ser encarado como verdade, mas está longe de ser o único fator que determina a qualidade visual de uma imagem em 3d. Como parte de um conjunto maior a iluminação serve para atribuir contexto e dar vida a uma imagem gerada em ambiente frio e sem vida que é o computador.

O tipo mais comum de iluminação que podemos trabalhar para projetos 3d é a simulação da luz do dia. Muitas pessoas preferem recorrer a técnicas avançadas de iluminação para trabalhar com projetos de simulação da luz do dia. Caso você não tenha trabalhado com esse tipo de iluminação ou esteja aprendendo a trabalhar com luzes em 3d, encontrei dois tutoriais que devem ajudar muitas pessoas. Os vídeos mostram a preparação da mesma cena para render usando o tradicional scanline render do 3dsmax e depois o mesmo projeto com o mental ray.

A parte interessante do render usando scanline é que o autor mostra diversos gráficos e dicas sobre o funcionamento das luzes do 3dsmax, e quais delas se aplicam melhor a simulação da luz solar.

Para resolver o problema da iluminação externa a melhor solução é realmente usar um Array de luzes com intensidade bem reduzida, que gera um excelente efeito de iluminação global usando poucos recursos de hardware. Esse sistema e interessante também por ser universal e funcionar em praticamente qualquer software 3d.

Já no segundo vídeo podemos acompanhar a mesma cena sendo que agora com a ajuda do mental ray e recursos avançados de iluminação. A quantidade de pontos de luz é drasticamente reduzida nesse caso, fazendo com que o usuário precise apenas de um ponto de luz na cena.

Com o mental ray renderizando a cena o autor do vídeo pode fazer uso dos materiais próprios do mental ray como o Arch & Design e mapas do tipo HDRI para ajudar na iluminação. No final temos uma imagem com resultado bem semelhante ao que foi conseguido usando apenas luzes tradicionais do 3dsmax.