AutoCAD 2010

Parece que é realmente época de atualizar os softwares na Autodesk, além do 3ds Max 2010 que foi amplamente divulgado nos últimos dias agora é a vez do AutoCAD receber uma atualização para a versão 2010. Em termos de novidades e atualizações, o software recebeu algumas melhorias interessantes na parte de visualização e principalmente na produtividade, em termos de atualização de desenhos técnicos. No que se refece a interface do AutoCAD, pouca coisa foi alterada e o padrão Ribbon, que deve ser replicado para todos os outros softwares da Autodesk foi mantido.

Quais as novidades dessa versão? Entre as diversas melhorias e novas ferramentas propostas para o AutoCAD 2010, podemos destacar:

  • Ferramentas de desenho 2d paramétrico
  • Suporte a impressão 3D
  • Sistema de modelagem 3d melhorado e livre de restrições
  • Melhor pré-visualização da impressão em PDF

Essa não é a lista completa de melhorias, mas apresenta uma boa gama de ferramentas. Entre as opções apresentadas, a que deve satisfazer os artistas envolvidos com desenho técnico, a introdução de ferramentas paramétricas deve ser uma das mais aguardadas.

AutoCAD 2010

O desenho paramétrico funciona com base em várias restrições que podem ser adicionadas aos alementos de desenho. O processo é semelhante aos constraints usados em animação 3d, em que um elemento pode ser ligado usando várias pequenas regras para auxiliar o processo de criação. Esse tipo de ferramenta pode ser de grande ajuda, principalmente quando for necessário atualizar os desenhos.

Imagine a seguinte situação, um projeto com paredes organizadas apenas em ângulos ortogonais precisa ser modificado para que as linhas sejam redimensionadas e inclinadas. Em algumas ocasiões os comandos Stretch e Rotate resolvem, mas é quase certo que alguns elementos precisem de alterações individuais. Com essas novas opções de desenho paramétrico, um desenhista pode adicionar ligações para que linhas sigam a orientação ou escala de outros elementos.

Para conhecer mais sobre essa nova ferramenta do AutoCAD 2010, assista ao vídeo abaixo.

Mais vídeos de demonstração do AutoCAD 2010, podem ser encontrados nesse ótimo artigo no blog Between the Lines.

Outra ótima novidade é o sistema de modelagem 3D mais flexível, em que a criação em 3D não se limita em sólidos e superfícies.

Se você quiser conhecer mais sobre o AutoCAD 2010, recomendo visitar esse artigo escrito por uma evangelista da Autodesk, que organizou um guia com as novidades do AutoCAD 2010 no formato PDF. A autora aborda todas as novidades com aspectos relevantes das ferramentas, inclusive já explicando o funcionamento de todas elas.

Tutoriais de impressão lenticular com o Photoshop CS4 Extended

Quando o Photoshop CS4 Extended foi lançado a Adobe anunciou os seus recursos para trabalhar com imagens 3d estereoscópicas, de maneira a criar efeitos avançados de visualização e efeitos 3d mais reais. Mais isso não está restrito apenas ao que visualizamos nos monitores e Tv`s, pois o Photoshop CS4 também consegue agora gerar arquivos para impressão usando recursos 3d e criar um tipo de impressão chamada de lenticular. Como funciona esse tipo de impressão? Muito provavelmente você já deve ter manuseado algum tipo de impresso lenticular. Ele funciona assim; várias camadas são impressas e sobrepostas, tendo como separador uma superfície especial que se for posicionada em um determinado ângulo, mostra apenas uma das imagens ou a combinação de algumas camadas.

Quer aprender como fazer isso no Photoshop CS4 Extended? Um artista chamado Russel Brown, criou e publicou no seu web site uma série de tutoriais sobre o Photoshop CS4, mostrando o processo completo de configuração e ajuste, para criar esse tipo de impresso lenticular.

Os tutoriais estão em vídeo e são de fácil entendimento, mesmo com a narração em inglês.

O segredo de tudo é o trabalho com as camadas do Photoshop. Um dos vídeos mostra uma versão resumida e rápida do processo, chamado de Basic 3D Lenticular Workflow. No vídeo podemos perceber que o primeiro passo para transformar uma imagem é separar todos os elementos em camadas independentes, para depois usar o menu 3D e escolher a opção New 3D Postcard from Layer, para transformar um layer 2d em 3d. Esse processo deve ser realizado enquanto você visualiza a imagem inteira.

Quando esse processo de ajuste das camadas estiver pronto, podemos partir para o próximo passo que é acionar o menu 3D Render Settings, que aciona o uso da visualização estereoscópica.

O autor ainda faz ajustes no Parallax e no Focal Distance. O mais legal desse efeito é que você pode deixar marcada a opção Red/Blue no Stero Type, para usar os óculos especiais com uma lente azul e outra vermelha. Assim é possível fazer os ajustes e conferir o resultado em tempo real no monitor, antes de partir para a impressão. Depois de estiver tudo configurado e ajustado, você pode alterar o tipo de efeito para Vertical Interlaced.

Se você é usuário do Photoshop e quer aprender mais sobre esses incríveis recursos 3d da nova versão CS4, recomendo muito o download dos tutoriais, para compreender o processo e até mesmo tentar reproduzir o efeito com ilustrações próprias.