Tutorial After Effects e 3ds Max 2010: Retirando partes de um vídeo para efeitos especiais

O trabalho com vídeo digital e efeitos usando softwares como o After Effects, envolve a criação de truques para conseguir localizar pontos específicos no vídeo. Por exemplo, para conseguir mapear a superfície de um objeto ou personagem, podemos adicionar nessas superfícies pequenas marcações, que servem para auxiliar no processo de motion tracking. Esse processo é fundamental para copiar o movimento das superfícies e substituir alguma coisa no vídeo, seja um personagem ou partes dele por material gerado em computador ou mesmo outros vídeos. Mas, e quando é necessário apenas remover esses pontos do vídeo?

Se você quer aprender alguns truques usando o After Effects, o tutorial indicado nesse artigo é um excelente recurso de aprendizado, para realizar efeitos em vídeos. O objetivo é bem simples, e consiste na remoção de pequenos pontos marcados sobre a pele de uma pessoa, que foi filmada com o objetivo de adicionar motion tracking nessas regiões. Mas, depois de gravar o material editor resolveu aproveitar o material sem as marcações.

O vídeo é curto, mas é muito bem explicado e mesmo para os que não entendem a narração em inglês, basta seguir os passos apresentados no vídeo.

Track Dot Removal Tutorial from Mathew Kelly on Vimeo.

O procedimento usado para apagar elementos no vídeo é bem familiar aos usuários já acostumados com truques semelhantes no photoshop, ou outras ferramentas de edição de fotografias.  Nesse caso, o artista cria uma cópia do vídeo editado e adiciona uma espécie de máscara ao material, em que logo depois um filtro do After Effects faz com que o material fique fora de foco e se sobrepondo as marcações.

Para que essa técnica funcione é necessário usar o Motion Tracking, que movimenta de maneira sincronizada os objetos que cobrem as marcações no vídeo. Apenas esse conjunto de opções não é suficiente para conseguir um efeito convincente de substituição das marcações, sendo necessário adicionar mais filtros do After Effects para combinar os efeitos no vídeo da marcação.

Mas, e o 3ds Max 2010? Exatamente no meio do vídeo o autor apresenta outra técnica para remover essas marcações, envolvendo o uso de objetos 3d que cobrem as marcas. Esses objetos são criados no 3ds Max 2010, usando informações fornecidas pelo processo de motion tracking. Em minha opinião é melhor tentar realizar o processo todo no After Effects, mas naquele caso o objeto tinha uma rotação 3d complexa e que precisava do auxílio de algum software como o 3ds Max.

Mesmo assim, vale pelo aprendizado em integrar as duas ferramentas.

Vídeos gratuitos para estudar composição de vídeo e tracking de câmera

O estudo de assuntos e temas como a edição de vídeo ou a composição de elementos digitais e elementos 3d, sempre esbarra em um pequeno problema que é o acesso a vídeos e material próprio para esse fim. Por exemplo, ao estudar softwares como o Photoshop a temática da edição de fotografias é facilmente suprida com uma simples máquina fotográfica e um pouco de imaginação. Mas, quando o assunto é estudar ferramentas como o Adobe Premiere ou Adobe After Effects o acesso a material já produzido com fundo verde ou preparado, para receber tracking de câmera é bem mais complicado.

Mesmo que você parta para uma produção própria, o custo de montar esse tipo de aparato com a iluminação certa e a reserva do espaço acaba deixando a produção ou o estudo inviável. Sempre que posso estou tentando reunir material de apoio para minhas aulas sobre o tema, apesar de fazer um tempo que não ministro aulas sobre After Effects ou Premiere, sempre é bom estar preparado.

É com esse intuito que recomendo o download de alguns vídeos produzidos e disponibilizados por um web site chamado Hollywood Camera Work, que compilaram vários clipes de vídeo em resoluções bem altas como Full HD (1920×1080), com material gravado em Chroma Key e preparado para receber tracking de câmera.

video-chroma-key-adobe-premiere.jpg

O Chroma Key é um tipo de efeito bem conhecido para quem já teve curiosidade de estudar um pouco a área de edição e efeitos para vídeo, e consiste na gravação de uma cena com atores, em que o plano de fundo é totalmente verde com alta saturação ou algumas vezes azul. Nesse caso, podemos usar softwares como o Adobe Premiere, After Effects, Vegas e vários outros para substituir esse fundo verde por outro vídeo ou então alguma imagem que esteja dentro do contexto do projeto. O download dos vídeos preparados para Chroma Key pode ser feito nesse link.

Já o material destinado a câmera tracking, apresenta algumas marcações próprias na imagem para que possamos rastrear o seu movimento na tela, ou então pessoas segurando placas pintadas na mesma cor do Chroma Key. Isso é excelente para criar efeitos em que uma pessoa está segurando um display interativo. Um dos vídeos apresenta um computador com a tela toda pintada com o verde do Chroma, o que nos permite substituir a interface do sistema apresentado na tela por qualquer composição. Os vídeos para câmera track podem ser copiados nesse endereço.

O melhor de tudo é que o download do material é totalmente gratuito! Como as resoluções são bem altas, os vídeos tem tamanho relativamente grande. Mesmo assim, valem cada MB!

Tutorial After Effects CS4: Criando o efeito Droste com o Pixel Bender

A parte de animação 2d é relativamente simples de realizar no After Effects, pois o seu funcionamento é bem semelhante ao que acontece com a maioria dos softwares nesse segmento. A única coisa que precisamos fazer para criar uma animação é adicionar keyframes e alterar as posições dos objetos. Mas, quando os temas começam a envolver efeitos e movimentos complexos de deslocamento e deformação, o uso de plugins e ferramentas adicionais são mais que recomendados. A Adobe desenvolveu um pequeno aplicativo chamado Pixel Bender que permite a criação de filtros e ferramentas auxiliares para ajudar no processamento de imagens e vídeos.

O After Effects CS4 já instala por padrão o Pixel Bender, para que você possa aproveitar os seus recursos de maneira rápida e sem a necessidade de fazer outro download. Mas, o que podemos fazer com ele? Só para exemplificar como as ferramentas disponíveis no Pixel Bender podem ajudar na criação de efeitos em vídeo, encontrei um tutorial muito interessante que demonstra o uso da ferramenta para criar o famoso efeito Droste.

Essa é uma ilusão ótica muito famosa e usada de maneira brilhante por artistas como Escher. O efeito acontece quando temos um objeto que se repete na imagem da mesma maneira como ele já tinha aparecido. Não entendeu? A imagem abaixo exemplifica bem o chamado efeito droste.

Staring into infinity

Como fazer isso no After Effects?

Existe um filtro no After Effects que foi criado usando o Pixel Bender que transforma imagens em repetições continuas, simulando o efeito. O processo é bem automatizado e requer apenas o ajuste de alguns parâmetros, como mostra o vídeo abaixo.

No vídeo é possível acompanhar a configuração de um vídeo bem simples de um relógio, que é completamente deformado e distorcido de maneira a simular uma repetição. O tutorial mostra também como a ferramenta apresenta um excelente número de opções para personalizar o efeito.

Se você estiver estudando o After Effects, recomendo tentar usar essa ferramenta para criar os seus próprios efeitos nas suas produções em vídeo. O efeito é interessante para uso em aberturas e vinhetas para comerciais.