Desenvolvimento de jogos com Blender

Nesses últimos dois dias estive um pouco ausente aqui do Blog, mas tudo foi por uma causa nobre. Fui convidado pela coordenação do curso de graduação em Jogos da PUC-MG para ministrar uma palestra, sobre a criação de jogos com Blender. Claro que aceitei o convite e estava lá em Belo Horizonte ontem ministrando a palestra. A aceitação foi muito boa, levei muito vídeos e jogos para mostrar. Isso com certeza gerou muito interesse nas pessoas que estavam assistindo a palestra, que provavelmente já ficaram interessadas em usar o Blender ontem mesmo!

Como prometi a todos no evento, essa foi à apresentação em slides que usei para apoiar a palestra:

Essa não foi à primeira palestra que fiz sobre o Blender, mas foi uma das que gerou mais impacto. Tudo fruto dos vários projetos de sucesso que estão em desenvolvimento com o Blender, como os filmes abertos e o futuro projeto Apricot.

Para as pessoas que gostariam de assistir a palestra, aqui vai um pequeno resumo de como tudo aconteceu. Na apresentação em slides, alguns pontos são marcados com a palavra “exemplo”. Nesse momento eu faço uma pequena demonstração do Blender, assim como as suas aplicações. Como a palestra tinha como foco o uso da Game Engine, esses exemplos foram todos voltados para a criação de animações interativas e dos blocos de lógica.

  • No início da palestra, mês apresentei a todos e falei um pouco do meu trabalho com o Blender.
  • Depois parti para a apresentação do Blender, como ferramenta de modelagem e animação. Assim como algumas das suas principais características.
  • Para mostrar o poder do Blender como ferramenta, mostrei a todos o Elephants Dream. Depois indiquei o web site para fazer o download do filme, assim como todos os recursos utilizados. Também comentei o desenvolvimento do projeto Peach.
  • Com a platéia familiarizada com o Blender, parti para a demonstração dos blocos de lógica.
  • Mostrei alguns jogos feitos com Blender e depois criei um pequeno jogo de labirinto.
  • No final, falei um pouco sobre o projeto Apricot. Como eles gostaram da idéia do compartilhamento de informações geradas com o Elephats Dream, o interesse no projeto Apricot foi geral.

Pois é isso, estou aqui novamente tocando o barco. Muito feliz pelo convite que a professora Rosilane Mota e o Guilherme, fizeram para que eu fosse lá apresentar o Blender. Mas para a minha surpresa, alguns alunos já produzem material com o Blender lá. O Guilherme me mostrou animações e jogos que eles estão produzindo lá, material de primeira qualidade.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

12 comentários sobre “Desenvolvimento de jogos com Blender”

  1. Olá Allan.

    Gostaria novamente de agradecer a sua presença no evento e dizer que, como assim escrito no seu post, graças a sua palestra muitas pessoas se interessaram pelo Blender e tão logo desejam aprender sobre ele.

    Em breve colocaremos o site do curso na rede e lá poderemos divulgar os trabalhos e iniciativas. Principalmente sobre ferramentas Open Source, que aqui tem o total apoio da coordenação!

    Novamente obrigado.

  2. Olá Allan,

    Gostaria de saber como faço para que você possa dar uma palestra dessas na minha faculdade. Irei hoje mesmo falar com o coordenador do curso para conseguir apoio. A faculdade é a Faculdade Ruy Barbosa – Salvador – Bahia. Curso de Ciências da Computação.

    Atc,
    Alano.

  3. Fico feliz que o pessoal tenha gostado Guilherme. Espero que outras oportunidades como essa de divulgar o Blender possam surgir.

    @Alano: Passe o meu e-mail para o seu coordenador. Você tem o e-mail? Se a faculdade tiver interesse, ficarei feliz em fazer uma palestra na sua faculdade também.

    Abraços

  4. olaa allan queria saber que tm como vc manda uma modelagem de um carro para min para eu colocar no meu jogo??

  5. Oi allan eu gostaria muito que se possivel vc me ajudasse a entender o blender tem sido meio dificio mais não preocupa não, pode ser apenas a indicação de auguns materiais que tu conhaces valeu.

  6. Olá Allan!

    Quero lhe informar que muitas coisas que aprendi sobre o Blender, foi tudo graças a você, pois começei a ler seus tutoriais desde o ano passado quando começei a fazer blender na Escola. A professora quem me guiou até hoje também me ensinou muitas coisas.

    Saiba que o governo de Minas Gerais, está investindo muito na area de informática principalmente no curso de blender. Allan Brito, por favor, ao ler este comentário entre em contato comigo, aqui está o meu msn: moacytus_hiphop@hotmail.com.

    Att Ramon

    Estudante do Ensino Médio de Camanducaia – MG

  7. ou galera alguem pode me ajudar a faser um desenho animado no blender?
    preciso muito da ajuda de vocês nao entendo nada…

  8. Olá Allan Brito,

    Eu fiz o download do Blender 2.56 3D, ele se compara ao 3D Studio Max 8, mas por ser gratuito e muito mais leve, ele se torna superior, agredeço à você por dar essas dicas para o pessoaç, espero que você continue e faça muito sucesso.

    Boa sorte.

    @Copyright

    Todos os direitos reservados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *