Clicky

Exemplo de aplicação dos grupos de luz no LuxRender e Blender 3D

Entre as diversas ferramentas do LuxRender que ajudam os profissionais e artistas envolvidos com o desenvolvimento de visualização, para projetos arquitetônicos a configuração dos chamados grupos de luzes (Light Group) é um dos mais interessantes. Estou trabalhando na criação e uma cena e resolvi mostrar como é que esse tipo de grupo pode ajudar a criar diversas variações da mesma cena, ou fazer ajustes na iluminação sem a necessidade de executar o render novamente para uma mesma cena. Em praticamente todos os elementos e configurações do LuxRender que aceitam parâmetros de iluminação, como a luz do sol ou objetos que emitam energia luminosa é possível determinar o nome de um grupo.

Na cena exibida na imagem abaixo foram configurados dois grupos de luzes:

lux-grupos-01.png

Existe uma luz do tipo Lamp posicionada na parte externa do cenário que funciona como a luz do sol. No interior do ambiente existem outros pontos de luz, como as arandelas que estão posicionadas nas laterais das paredes. Só para deixar clara a função dessa imagem, esse é um estudo de layout para um restaurante. A idéia é apenas mostrar a organização do ambiente, mas com o LuxRender e o modelo 3d é possível estudar o posicionamento e iluminação do ambiente.

No painel de configuração da luz que simula o sol foi determinado que o grupo de luz se chama “sol” e nas outras luminárias foi determinado que o grupo se chama “arandela”.

lux-grupos-02.png

Assim que o render é iniciado, as luzes estão todas configuradas para renderizar com a intensidade máxima. Agora, quando abrimos o painel de configuração do LuxRender é possível encontrar os controles para os dois grupos. E o resultado quando a luz do sol é reduzida até próximo de zero.

lux-grupos-03.png

lux-grupos-04.png

Quando os controles são usados para fazer com que a luz do sol volte a ter intensidade superior a zero, é quase como se um interruptor fosse ligado no render, fazendo com que a luz natural entre na cena mais uma vez. Com esse tipo de recurso é possível usar a mesma cena a cálculo de interações para gerar estudos de iluminação para diferentes períodos do dia e até da noite.

A cena ainda está sendo modelada, mas assim que estiver concluída eu publico os resultados do estudo.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Antonio Leite 12/06/2009 em 4:11 pm

    Simplesmente fantástico!!! Isso é um facilitador incrível!!

    Obrigado Allan!!!

Deixar Um Comentário