Compartilhe o artigo!

Um dos recursos mais aguardados no Blender 2.47 era a possibilidade de usar o GLSL, para simular iluminação diretamente na 3D View. Infelizmente, esse recurso ficou de fora da última atualização do Blender, mesmo assim muita gente já está usando ele nas versões experimentais disponíveis no graphicall.org, que permitem fazer testes. Inclusive, algumas pessoas estão produzindo tutoriais com ele, mostrando alternativas bem interessantes para criar texturas, para uso na própria Game Engine e no Blender de maneira geral.

Veja esse vídeo, produzido por um artista interessado em criar mapas de Bump, com o uso da nova ferramenta. A técnica dele é bem simples, mas eficiente, na criação desse tipo de elemento.

No vídeo, que não apresenta narração, apenas aquelas pequenas caixas de texto que orientam o usuário a fazer determinadas tarefas, para conseguir criar o mapa.

O procedimento é o seguinte, criar um objeto e posicionar a câmera de maneira que seja mais fácil controlar o posicionamento da iluminação no cenário. No tutorial, o autor criou dois planos para o exemplo. Para os dois planos, ele cria uma nova textura na janela UV Image Editor, no Edit Mode você cria uma nova imagem, assim você começa a trabalhar automaticamente no mapeamento UV dos objetos.

Adicione um material diferente para cada um dos objetos, e acione o GLSL com o modo de texturas ativado no Blender. Use o seletor para escolher esse modo.

Para cada material aplicado nos objetos, você deve criar duas texturas, uma do tipo Image e com a opção Bump acionada e outra com as opções padrão. Boa parte do segredo desse tutorial é o uso dessa opção Bump.

Depois o tutorial recomenda que o plano trabalhado seja subdividido algumas vezes, com isso feito agora você pode usar a opção proportional para deformar o objeto, desloque o posicionamento dos vértices para criar deformações na superfície. Com o GLSL acionado, as saliências no objeto devem criar sombras.

Para finalizar, acione a opção BAKE do Blender para que a textura seja gravada no estado atual. Interessante não é? Com essa opção você pode armazenar essa textura, para utilizar em animações interativas com uso mínimo de processamento do computador, já que não será necessário calcular a sombra em tempo real.