Clicky

Como fazer a configuração de um avião para animação no Autodesk Softimage XSI?

Compartilhe o artigo!

Agora que a Softimage já pertence à Autodesk, resolvi adicionar no título a nova denominação da ferramenta de modelagem e animação, que provavelmente irá se chamar Autodesk Softimage XSI. Bem, esse vídeo que vou indicar hoje é relacionado com o Softimage, ele não é bem um tutorial, mas sim uma visão geral sobre a configuração de um avião, com todas as suas partes móveis preparadas para participar de uma animação.

Esse é um tipo de objeto que demanda grande esforço e poder de observação dos artistas 3d, pois ele tem vários pequenos detalhes, que precisam ser observados e reproduzidos no software 3d, para produzir um resultado verossímil na animação. Caso você nunca tenha tido a oportunidade de analisar um objeto como esses, recomendo assistir com calma o vídeo, pois será possível perceber com clareza o quanto é difícil e trabalhosa a atividade do animador.

O vídeo é esse:


XSI Rigging an Aircraft from Paul Donaghy on Vimeo.

Como você pode perceber, o autor do vídeo apenas explica o funcionamento do seu veículo com as configurações prontas para animação. Mesmo que você não tenha entendido bem a explicação, pelo fato da narração estar em inglês, o artista usa basicamente três ferramentas e opções, disponíveis em praticamente todos os softwares 3d para configurar o avião:

  • Relacionamentos em hierarquia
  • Constraints
  • Ajustes e posicionamento dos pontos centrais (pivots)

Todas essas ferramentas aliadas com o uso de objetos auxiliares, também chamados de Dummys ou Emptys no 3ds Max e Blender 3D respectivamente, ajudam muito na configuração do veículo para animação. O mérito desse tipo de trabalho está mais na percepção de como o veículo funciona e não no conhecimento técnico do software.

Por exemplo, repare no detalhe exibido no início do vídeo, em que o autor demonstra os controles que inclinam as hélices dos motores, ou na parte final do vídeo, em que o trem de pouso tem partes móveis, como a suspensão que é animada usando cinemática inversa.

Isso mostra a importância da pesquisa e da chamada pré-produção em que é necessário pesquisar e conhecer os detalhes, desse tipo de movimento e comportamento dos veículos. Caso contrário, apenas o conhecimento técnico na ferramenta 3d não seria capaz de produzir esse tipo de animação.

O vídeo também é um ótimo exemplo de como o trabalho de um bom animador é mais valorizado que o de modelagem. Muitas vezes a modelagem é o caminho mais fácil para começar a trabalhar com computação gráfica, mas apenas com desafios e configurações complexas como essa é que o seu trabalho pode sim, chamar a atenção.

Então, como sugestão, use o vídeo como exemplo e tente reproduzir os movimentos mostrados na demonstração e usando o seu software 3d preferido, crie os mesmos controles. Esse será um ótimo exercício para praticar configuração de veículos e animação mecânica.

2018-03-20T13:01:04+00:00 By |Animação, Softimage XSI|1 Comentário

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Rafael Rosa Silva 16/07/2009 em 9:40 pm

    Olá Amigo tudo bem? olha eu gostaria de saber se é possivel eu conseguir um programa para eu mesmo desenhar (criar) meu proprio avião experimental desde ja agradeço.

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.