Clicky

Tutorial 142 – Blender 2.72: Usando os menus radiais

Compartilhe o artigo!

A interface do Blender é muitas vezes motivo de discórdia entre os seus usuários mais apaixonados e pessoas que acabam migrando de outros softwares 3d, e fazem sugestões para adicionar ferramentas ou opções existentes em softwares como Maya, 3dsmax, Cinema 4D e outros. Essas sugestões algumas vezes fazem sentido, mas em casos particulares é apenas uma maneira de tentar reduzir a carga de adaptação a que esses artistas precisam se submeter quando estão começando a usar o Blender.

Entre esses recursos que sempre foram solicitados por artistas 3d oriundos de outros softwares estão os chamados menus radiais (pie menus), que são bem familiares para usuários do Autodesk Maya.

O que são esses menus? No Maya eles tem essa aparência:

Maya-pie-menu.jpg

Já faz algum tempo que a interface do Blender recebeu algumas críticas do Blender Guru (Andrew Price), e com base na polêmica gerada na época foi criada uma pequena comissão de usuários e artistas que ficaria responsável por manter e melhorar a interface do Blender. Algumas dessas melhorias como abas e outras pequenas alterações cosméticas já estão sendo implementadas nessas últimas atualizações do software, e agora um Add-on foi adicionado ao Blender 2.72 que permite simular o comportamento dos menus radiais!

Blender 2.72: Usando os menus radiais

Como eles funcionam? Você tem o Blender 2.72 instalado, mas não faz idéia de como usar essa opção? Foi pensando em você que gravei o tutorial de número 142 para o meu canal no Youtube, mostrando exatamente o funcionamento dos menus radiais.

O menu acaba substituindo algumas teclas de atalho bem comuns do Blender, por opções mais visuais de edição. É possível acionar tudo por meio de teclas de atalho, mas os usuários mais acostumados com teclas de atalho como o TAB ou Z devem se atrapalhar um pouco. Eu particularmente não gostei muito do funcionamento desse menu, e provavelmente não devo usar ele no meu cotidiano.

É mais uma alternativa para usuários que já usam esses menus em outros softwares 3d, para conseguirem se adaptar. O que você achou? Já testou os menus radiais? Compartilhe a sua opinião nos comentários. Esse Add-on ficará desligado no meu Blender.

2018-03-20T12:55:30+00:00 By |Blender 3D|6 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

6 Comments

  1. Wilson Marques de Oliveira 18/10/2014 em 8:38 am

    Olha… já diziam meus avós: “Panela em que muitos mexem, sai insossa ou salgada”. Não sei se está bem fazer analogia entre cozinhas caipiras antigas e tecnologia moderna. Mas, aí está. É, mais ou menos, o que eu penso.

  2. Daniel W. Soares 18/10/2014 em 3:33 pm

    Eu gostei desses menus. Claro que me atrapalhei no começo, mas depois que me acostumei, achei bem intuitivos e fáceis de se usar.

  3. Thiago Cavalcante Carvalho 18/10/2014 em 7:00 pm

    Allan, eu gostaria de saber que outras configurações de aparência e menus, e que outras ferramentas usuários pedem que sejam adicionados ao Blender para aproximá-lo da qualidade dos softwares pagos como Autodesk Maya, 3D Studio Max e Cinema 4D. Quer dizer o que falta no Blender?

  4. Adriano 21/10/2014 em 3:20 pm

    Menus são pros fracos! >:c) #shortcutforever

  5. Erick 22/10/2014 em 4:28 pm

    Allan, só uma sugestão! Se possível, deixa o tamanho do video o maior possível no post, as vezes é legal assistir sem precisar da um fullscreen ou até mesmo clicar para ir para a página do youtube. Vlw!!

  6. admin 25/10/2014 em 12:22 pm

    Thiago,

    Os usuários pedem muita coisa 🙂
    Tem gente que gostaria de aproximar o Blender da interface do Max e Maya, adotando o conceito de interface Ribbon. A interface está evoluindo, com opções que facilitam a experiência de novos usuários. Mas, o termo qualidade precisa ser abordado dentro do contexto correto.

    Na minha opinião o Blender precisa de mais envolvimento dos usuários, para testar e garantir que seus recursos e ferramentas sejam livres de erros e problemas. Isso sim é garantir a qualidade. Alguns recursos são lançados com poucos testes em ambiente de produção, o que deixa muita gente com receio de adotar o software.

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.