Clicky

Conheça os diferentes tipos de captura de movimento para animação e jogos

Compartilhe o artigo!

Uma solução muito utilizada em projetos que demandam grande quantidade de animações envolvendo personagens é a captura de movimento, devido a promessa de rapidez em relação ao resultado fato de atingirem o resultado final da animação de maneira mais rápida. Mas, é preciso entender que a suposta velocidade na produção envolve uma série de outros pequenos problemas e desafios que precisam ser resolvidos. Por exemplo, é necessária uma estrutura mínima para conseguir realizar a captura com o mínimo de qualidade.

Você já deve ter observado diversos exemplos e vídeos com exemplos de atores participando da captura de cenas, que posteriormente são usadas em projetos de jogos e animações. A área de jogos é consumidora voraz de animações baseadas em captura de movimento. Você sabe quais os principais tipos de sistemas de captura de movimento existentes?

Existem basicamente três tipos diferentes de sistemas de captura de movimento (Mocap):

  • Sistema de captura de movimento ótico
  • Sistema de captura de movimento magnético
  • Sistema de caputa de movimento mecânico

Cada um desses sistemas apresenta pontos positivos e negativos. Por exemplo, o sistema ótico é o geralmente apresenta menor custo, mas oferece diversos problemas no tratamento dos dados gerados, pois os marcadores da captura podem eventualmente ficar ocultos pelo movimento dos atores.

exemplo-mocap

Já no sistema de captura mecânico, é comum acontecerem quebras no esqueleto usado para a captura devido ao movimento dos atores, e essas mesmas pessoas são orientadas a não realizarem movimentos bruscos ou amplos para evitar exatamente a quebra do equipamento. O resultado geralmente a limitação da atuação e expressões dos atores.

Mas, hoje já existem sistemas híbridos que misturam os pontos positivos de cada um desses três sistemas fundamentais, e várias dessas tecnologias híbridas oferecem a possibilidade de fazer captura facial junto com os movimentos do corpo.

É complicado encontrar material de referência que mostre como aplicar essas informações em modelos 3d, mas é uma área interessante de se especializar, pois dependendo do seu projeto o uso da tecnologia pode ecoomizar muito tempo. Quem não tem como investir em sistemas de captura e na contratação de atores, pode aproveitar diversas bibliotecas gratuitas com arquivos de captura disponíveis online.

Aprendendo a usar captura de movimento no Blender

Quer aprender a usar arquivos e captura de movimento no Blender? No EAD – Allan Brito você encontra o Curso sobre animação com captura de movimento no Blender que mostra o processo completo de configuração e aplicação dessas informações em personagens no Blender. Tudo usando bibliotecas e ferramentas gratuitas disponíveis na web.

2018-03-20T12:55:28+00:00 By |Animação|1 Comentário

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Um Comentário

  1. Paulo 13/04/2015 em 7:59 pm

    Boa noite Allan Brito, gosto muito do seu site, e acompanho há bastante tempo os seus textos com muito entusiasmo.
    Achei bastante interessante o texto sobre o Motion Capture e praticamente explica em poucas palavras o Motion Capture, mas existem dois pontos no texto que não estão totalmente correctos:

    1º existe 4 naturezas de motion capture (conheço pelo menos estas), Óptico, Magnético, Mecânico e Acústico.
    O “Mocap” de natureza acústica não é muito abordado por muitos autores, porque descartam para a indústria do entretenimento, uma vez que esta é mais usada para a área da medicina e o seu funcionamento não é segundo os autores, uma natureza adequada em termos metódicos para personagens na animação, e talvez devido a este factor, a maior parte descarta esta natureza.

    2º O motion capture de natureza óptica não é o sistema que geralmente apresenta um menor custo, antes pelo contrário, é o mais caro devido à tecnologia utilizada. Existem sistemas ópticos baratos, mas também existem nos de natureza magnética, que por comparação trazem melhor beneficio de qualidade-preço na precisão e calibração (obviamente se formos por sistemas ópticos com grandes capacidades, os magnéticos perdem terreno devido à tecnologia utilizada, mas o seu preço também sobe… agora se formos para os sistemas mais acessíveis, existem sistemas híbridos de natureza magnética mais práticos e vantajosos, e com melhor precisão que os ópticos).

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.