Dino: Modelagem e animação no Blender

Compartilhe o artigo!

Uma boa parcela dos artistas que usam o Blender acabam migrando de outros softwares como o 3dsmax pelos mais variados motivos, e inclusive esse foi o meu caso em particular. Antes de começas a usar o Blender no já longínquo ano de 2005, eu usava o 3dsmax para realizar a maioria dos meus projetos e com o tempo acabei percebendo que não precisaria mais de outro software para realizar os meus projetos. Com as demandas profissionais e a minha curiosidade, acabei estudando e conhecendo outros softwares 3d, mas o Blender é de longo o meu favorito.

Outro caso de artista que migrou para o Blender depois de usar o 3dsmax por muito tempo é o artista francês pixl, que divulgou nos fóruns Blenderartists o seu mais recente projeto chamado Dino. Com o próprio nome mesmo já deixa transparecer, o projeto envolve a representação de dinossauros, mas usando linguagem estilizada que remete a jogos clássicos. O resultado do projeto ficou muito bom visualmente, e você confere uma pequena animação com o resultado:

Esse tipo de composição não é difícil de fazer, mas envolve uma grande atenção aos detalhes e organização dos materiais e cores no cenário. O resultado é ao mesmo tempo cativante e interessante visualmente, e o ponto fundamental desse projeto é que a composição dele é extremamente simples. Na segunda página da publicação no fórum, o artista compartilha o material usado para a maioria dos personagens e itens do cenário, assim como uma tela do cenário no Blender.

A simplicidade da organização dos objetos é muito interessante, o que mostra que com um pouco de criatividade podemos chegar também em um resultado parecido. A visita ao artigo é mais do que obrigatória para os interessados em aprender mais sobre modelagem, materiais e render no Blender.

Aprendendo sobre arte digital no Blender

Quer migrar para o Blender assim como o artista citado no artigo? No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos online que podem ajudar você:

Autor: Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

2 comentários em “Dino: Modelagem e animação no Blender”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.