Scamper: Usando o Blender na produção de jogos digitais

Compartilhe o artigo!

Com a disseminação das ferramentas e engines especializadas no desenvolvimento de jogos digitais, é muito comum encontrar projetos grandiosos que foram criados por apenas uma pessoa! O segredo para conseguir criar esse tipo de projeto é o gerenciamento do tempo e a escolha das ferramentas certas para o seu jogo. No caso da equipe que está criando o jogo Scamper, eles usam o Blender como base para a criação dos modelos 3d de todo o projeto.

O relato do desenvolvimento do jogo pode ser encontrado no blog do Sketchfab, que é um serviço de compartilhamento de arquivos 3d que podem ser visualizados diretamente na web. O artigo está lá, pois a equipe não possui nenhum especialista em desenvolvimento de modelos 3d, e a equipe usou como base de referência a biblioteca do Sketchfab para gerar todos os modelos 3d existentes no jogo.

Blender-Jogos.jpg

Nesse caso o Blender foi usado apenas para gerar os modelos 3d, e a engine do jogo é baseada em outro software que não foi citado no artigo. Mas, o importante é perceber como diversos projetos fazem uso do Blender para criar objetos 3d em jogos! Já tive várias oportunidades de criar e ajudar na produção de jogos que foram desenvolvidos no Unity ou Unreal Engine e que tiveram modelos 3d criados no Blender.

E como boa parte dessas engines possui versões gratuitas a adição do Blender no fluxo de produção acaba não trazendo nenhum impacto financeiro para o projeto.

Aprendendo desenvolvimento de jogos

Se você quiser interesse em desenvolver jogos digitais e precisa de uma boa base de conhecimento, seja na modelagem 3d ou na criação de scripts é interessante conferir os seguintes cursos do EAD – Allan Brito que abordam desde a criação da idéia do seu jogo até a execução:

Autor: Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.