Clicky

Presto da Pixar: O segredo para fazer animações no cinema

Compartilhe o artigo!

Uma das primeiras coisas que equipes responsáveis por projetos de animação precisam fazer, antes de iniciar a produção é escolher os softwares mais adequados para iniciar os trabalhos. Esses softwares devem ajudar em tarefas como o planejamento, execução e render final do projeto. Tudo deve correr da melhor forma possível, e o projeto precisa ser capaz de entregar conteúdo e imagens capazes de suprir as demandas da produção. Uma dessas ferramentas, que infelizmente não temos acesso, é o Presto da Pixar.

Quem acompanha o blog de longa data, já deve ter ouvido menções aos softwares que a Pixar mesmo desenvolve. Quando você tem um negócio de milhões de dólares, é muito arriscado colocar a produção sob responsabilidade de outra empresa. O mais sensato é produzir o próprio software, e a Pixar possui recursos de sobra para bancar o desenvolvimento. Essas ferramentas não são compartilhadas com o público, mas recentemente três funcionários da Pixar mostraram um pouco do que eles possuem em um evento da NVIDIA.

O software apresentado foi o Presto, que é a evolução do Marionette que foi responsável pelo ciclo inicial das produções da Pixar. Mas, antes de continuar falando sobre o projeto é interessante assistir ao trecho do vídeo em que o software aparece. Se você gosta de animação, principalmente voltada para o entretenimento, o material é de consulta obrigatória!

Mas, o que o Presto da Pixar possui de especial? Quando você desenvolve seu próprio software é possível adicionar recursos que nenhuma outra empresa faria para você. Por exemplo, o Presto da Pixar consegue fazer a gestão do desenvolvimento de cenas e animações por múltiplos artistas. O software faz a separação da cena em “camadas” diferentes, permitindo que um artista trabalhe na modelagem dos personagens, enquanto outro está fazendo a animação ao mesmo tempo. Isso sim é uma linha de montagem!

Além de apresentar as características do software a palestra dos funcionários da Pixar ajudou a entender um pouco dos equipamentos usados para produzir os projetos. Quer saber qual equipamento eles usam? Veja a lista do equipamento padrão na Pixar:

  • CPU: Processadores com 16 núcleos
  • GPU: Nvidia Quadro M6000 – 12 GB de memória
  • RAM: 64 GB

Gostou? Sim, é um equipamento extremamente poderoso e que deve ter sido padronizado para que o software possa também ser otimizado para esse tipo de situação. E isso não é tudo, pois nesse artigo em que são descritos outros recursos tecnológicos da Pixar você encontra uma explicação sobre um software chamado Hydra, que é o renderizador da empresa.

Ele é otimizado para produção no cinema e foi usado recentemente nos efeitos do último Star Wars pela ILM.

Aprendendo a trabalhar com animação

Ficou impressionado com o Presto da Pixar? Infelizmente não tenho como oferecer cursos específicos sobre o software, pois ele não é disponibilizado para o público. Mas, você encontra cursos relacionados com animação no EAD – Allan Brito sobre diversas outras ferramentas:

2018-03-20T12:54:51+00:00 By |Animação|0 Comentários

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixar Um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.