Curiosity: Animação 2D com Grease Pencil

Compartilhe o artigo!

O Blender é conhecido por ser um software versátil que atende não só aos interesses de usuários que procuram material relacionado com animação, render e modelagem 3d. Nos últimos tempos ele também é uma plataforma de animação 2D poderosa com o seu Grease Pencil. Um dos exemplos dessa flexibilidade é o projeto Curiosity.

A animação 2D é fruto de um experimento do artista Daniel M. Lara conhecido como Pepeland. Ele conseguiu aplicar os recursos do Grease Pencil e um pouco de pintura digital, para montar um pequeno trecho de animação. O resultado foi a animação Curiosity. A seguir você encontra a animação seguida de uma pequena demonstração sobre o funcionamento do recurso:

Mas, o que é esse Grease Pencil? Esse é um recurso do Blender especializado em criar anotações em cenas 3d e animações. Você pode literalmente desenhar sobre os modelos 3d e objetos da cena, mas alguém pensou como seria interessante se as anotações e ilustrações pudessem ser animadas. Como resultado desse pensamento, surgiu a possibilidade de animar as linhas do Grease Pencil.

Ainda não é uma solução completa de animação 2D, mas está caminhando para esse propósito. É bem provável que em breve os recursos de pintura digital do Blender, que já existem, possam ser integrados com o Grease Pencil.

Quer aprender a usar o Grease Pencil para animação no Blender? No EAD – Allan Brito você encontra o curso de animação com Grease Pencil no Blender que mostra todos os procedimentos necessários, não só para criar as animações mas para renderizar. A princípio as linhas geradas com o Grease Pencil não foram projetadas para renderização, mas fazendo pequenos ajustes é perfeitamente possível exportar o material como sequências de imagens.

Prefere trabalhar com animação 3D para gerar material 2D? Outra opção existente no próprio Blender é aproveitar o FreeStyle, e configurar uma renderização do tipo NPR como saída. Assim é possível trabalhar com a modelagem dos ambientes, personagens e detalhes do projeto e renderizar o material como se fosse uma célula de animação. No curso de renderização estilizada com Blender e Freestyle você aprende como configurar os detalhes desse tipo de render.

Publicado por

Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *