Monument Valley: Jogo modelado e animado no Blender

Compartilhe o artigo!

A quantidade de empresas e projetos que fazem uso do Blender de maneira discreta é impressionante. Algumas vezes você acaba descobrindo que jogos premium que estão entre os mais vendidos usam o software. Esse é o caso de diversos projetos dedicados para iOS e Android.

Um dos exemplos de jogos premium que fizeram uso do Blender para a criação de todos os seus gráficos foi o aclamado Monument Valley. A empresa responsável pela criação do jogo usou o Unity como plataforma de fechamento do projeto. Mas, a engine não tem a opção de criação de elementos gráficos complexos.

Monument Valley

Devido a essa limitação, é necessário trabalhar com algum software de apoio. A escolha do Blender para fornecer os gráficos e animações do projeto foi uma combinação de capacidade técnica e custos. Como o Blender resolve todas as necessidades, seria demais adquirir uma licença de outro software apenas para gerar os gráficos.

E de acordo com uma entrevista realizada com a equipe de produção, as ferramentas de animação do Blender foram um diferencial para a criação do projeto. No vídeo a seguir você confere o Blender sendo usado na produção dos elementos gráficos do jogo.

Esse é um dos motivos que sempre recomendo para os menus alunos o uso do Blender como plataforma de criação 3D. Principalmente se você tem como objetivo a criação de jogos digitais. Os custos das engines são atrelados ao seu faturamento, e usando o Blender como base de criação. O investimento inicial é praticamente zero em termos de software.

Monument Valley

Os arquivos 3D criados no Blender podem ajudar não só as duas principais engines do mercado, mas qualquer outro software. Basta ser compatível com formatos como o OBJ, que praticamente todos aceitam, e você poderá usar o Blender como apoio.

O caso do Monument Valley é apenas um exemplo entre vários.

Aprendendo a desenvolver jogos com Blender

Ficou interessado em aprender desenvolvimento de jogos, especificamente com o Blender e as duas principais engines do mercado? Recomendo visitar os seguintes cursos do EAD – Allan Brito para conferir as possibilidades de criação voltadas para a área de jogos:

Autor: Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.