Blender no Google Summer of Code 2016: Projetos finalizados

Compartilhe o artigo!

O Google Summer of Code 2016 chegou ao fim e como é já de se esperar com tantos projetos relacionados com o Blender, os resultados foram muito bons. Mas, o que é esse projeto e como ele apresenta benefícios para o Blender? O GSoC (vou usar o código para facilitar) é uma iniciativa do Google que paga para estudantes de áreas relacionadas com tecnologia, para melhorar softwares com código aberto.

Como o Blender se encaixa nessa categoria o software recebe melhorias relacionadas com o GSoC em praticamente todos os anos. Quais foram as melhorias realizadas atualmente? A lista é extensa e envolve ferramentas que devem aparecer apenas na versão 2.78 ou posteriores. Mas, já mostra algumas coisas muito interessantes! Aqui está um resumo dos projetos e para a descrição completa, recomendo ler esse artigo em inglês.

gsoc16_500_px_85

Essa é a lista:

  • Bezier Curve Editing: Adicição de novas ferramentas e opções para a manipulação de curvas voltadas para modelagem.
  • Layer Manager: Um dos recursos mais desejados pelos usuários do Blender é um gerenciador de camadas mais visual! Esse projeto teve como objetivo exatamente prover esse sistema.
  • Cycles Denoising: Um dos mais aguardados dentro da lista de ferramentas foi a opção que ajuda a reduzir a granulação dos renders dentro do Cycles.
  • PBVH Vertex Painting: Agora as ferramentas de pintura de vértices dentro do Blender foram melhoradas e opções adicionais implementadas.
  • UV Tools: Com as novas opções relacionadas com mapas UV agora é possível tratar melhor opções como agrupamentos de faces em mapas UV.
  • Cycles Texture System: O Cycles tinha um limite de manipulação de texturas que foi aumentado e o suporte para render em CUDA melhorado.
  • Multi-view camera construction: Uso de múltiplas câmeras para reconstrução de cenários virtuais baseados em imagens ou vídeos.
  • Manta Fluids: Novo sistema de manipulação e comportamente de fluidos adicionado ao já impressionante conjunto de opções para simular física no software.

Quando poderemos ver esses resultados no próprio Blender? Como já tinha comentado, agora é apenas questão de tempo até que esses projetos possam ser devidamente testados e incorporados dentro do Blender.

Aprendendo a usar o Blender

Ficou interessado em aprender o funcionamento do Blender? Recomendo conferir os cursos sobre o software no EAD – Allan Brito. São vários cursos relacionados. Esses são alguns dos destaques relacionados com o software:

Autor: Allan Brito

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.