Animação para arquitetura usando Blender

Já houve uma época em que conseguir um projeto que envolvia algum tipo de animação era motivo de comemoração ou preocupação para artistas digitias. A comemoração estava diretamente relacionada com o maior valor agregado desse tipo de projeto. Mas, por outro lado era preciso passar pelo processo de render do projeto.

Você já tentou renderizar animações? Quem já teve a oportunidade de renderizar animações, sabe que esse tipo de projeto demanda muito poder computacional. Alguns segundos de animação podem facilmente demorar semanas para renderizar, dependendo do projeto e equipamento usado.

Com os recentes avanços na renderização por GPU e técnicas para acelerar o render, é possível reduzir de maneira significativa esse tempo. O fato de conseguir um projeto de animação não é mais motivo de preocupação.

Quer ver um exemplo de projeto relacionado com arquitetura produzido por apenas um artista? Veja essa animação de um conjunto de apartamentos em Londres, realizado pelo artista Russo Mikhail Rodionov e compartilhado nos fóruns BlenderArtists.

Qual o tempo de render dessa animação no Blender? Segundo a descrição do próprio artista o material levou aproximadamente 1 semana para renderizar, usando duas GeForce GTX 980Ti. Essas foram até pouco tempo atrás algumas das melhores placas da NVidia.

Caso o mesmo projeto fosse renderizado usando uma Renderfarm, o custo total to projeto seria acrescido em US$ 1.000,00! O artista acabou renderizando as imagens no seu próprio equipamento, o que reduziu o custo para US$ 300,00.

Muito em breve esse custo deve ser reduzido ainda mais com o uso de recursos como o Eevee, que tem a capacidade de gerar as animações usando render em tempo-real. É um princípio semelhante ao que é usado em softwares como a Unreal Engine, em que é possível exportar animações com base em capturas de tela.

Se você pretende criar projetos relacionados com animação, mas sempre achou que era preciso uma renderfarm para renderização. Esse é um ótimo exemplo do que um artista sozinho consegue fazer.

Aprenda a fazer animação para arquitetura

No EAD – Allan Brito você encontra diversos cursos relacionados com a produção de animações e modelos 3d para arquitetura. Seja no modelo tradicional em que são criadas animações lineares ou interativas:

Agent 327: Animação produzida no Blender

O Instituto Blender divulgou nessa semana um teaser trailer de mais um dos seus projetos em desenvolvimento. Um dos propósitos do instituito é criar mateterial relacinado com animação usando o software e ferramentas abertas. Ao longo dos últimos anos já vimos diversos projetos aclamados de animação nascerem no instituto.

Agora, você pode conferir o resultado de quase um ano de trabalho na amostra do projeto Agent 327, que é uma animação inspirada nas histórias em quadrinhos do artista Holandês Martin Lodewijk.

O personagem e suas histórias não são de conhecimento do grande público no Brasil, ou países de lingua portuguesa. É uma história com enredo semelhante aos que encontramos em filmes do James Bond, mas com uma temática voltada para o humor.

Aqui está o trailer:

Esse vídeo foi produzido ao longo de um ano de trabalho por uma pequena equipe no Instituto Blender. O objetivo agora é conseguir expandir o projeto com a criação de uma animação em longa-metragem.

Para esse propósito o instituto está tentando um financiamento de 14 milhões de Euros para conseguir recrutar uma equipe com 80 artistas. Só assim um projeto grandioso como uma animação em longa-metragem consegue ser colocada em prática, já que a quantidade de trabalho e recursos necessários só tende a crescer.

Quer consultar materiais relacionados com a produção do Agent 327? Ao visitar o site do projeto você pode fazer o download de diversos arquivos com trechos, imagens, modelos 3d dos personagens já com o rigging pronto.

Até mesmo os cenários e objetos 3d podem ser copiados sem nenhum tipo de restrição.

É um prato cheio para quem procura comparar o resultado do projeto com os arquivos originais. Se você está procurando por referências relacionadas com animação de personagens com o Blender, é uma das melhores fontes de informação.

Aprendendo a usar o Blender

Se interessou por animação com o Blender? No EAD – Allan Brito você encontra cursos e recursos que ajudam você na criação de projetos relacionados com animação. Desde o roteiro até a execução no Blender:

800 efeitos sonoros gratuitos para download

As conferências relacionadas com o desenvolvimento de jogos ajudam os artistas e profissionais de várias formas diferentes. Você tem a oportunidade de conhecer o trabalho de outras pessoas, e principalmente fazer networking com outros profissionais da área.

É uma oportunidade de marketing para diversas empresas também, que aproveitam a oportunidade para divulgar seus produtos. Isso está acontecendo nesse exato momento com a Game Developers Conference 2017 que está acontecendo nesse exato momento em São Francisco, EUA.

Como forma de promoção relacionada com a Game Developers Conference uma empresa está oferecendo algo único para artistas envolvidos com vídeo, animação e jogos. São mais de 20GB em efeitos sonoros relacionados com os mais variados temas. Em termos numéricos os arquivos passam de 800 em contagem, e podem ajudar muito na contextualização de projetos.

Quem já trabalhou com a edição e sonorização de projetos relacionados com animação ou jogos, sabe que efeitos sonoros atribuem contexto de maneira inigualável! Um vídeo ou animação sem efeitos sonoros é bem diferente quando comparada com sua versão sonorizada. O potencial de comunicação muda de maneira significativa.

Os artistas que deixam para pesquisar os efeitos sonoros no momento em que precisam editar, acabam perdendo muito tempo procurando os efeitos. Quando uma biblioteca local com efeitos já classificados e organizados pode encurtar o tempo de criação de modo significativo. É só consultar seus arquivos para adicionar os respectivos efeitos.

Você ainda não possue uma biblioteca de efeitos sonoros? Então essa coleção com mais de 800 arquivos de áudio em formatos como WAV e MP3 com mais de 20GB, é um excelente ponto de partida. A sua coleção de efeitos já vai começar com uma grande seleção de opções.

A melhor parte da coleção é que você não está restrito a nenhum tipo de licença em relação aos arquivos. Todo o material é livre de direitos autorais e pode ser usado sem restrições, até em projetos com fins comerciais.

Faça o download o quanto antes, pois nada garante que depois da GDC 2017 o material continuará sendo oferecido de maneira gratuita.

Aprendendo desenvolvimento de jogos e animação

Você quer aprender a usar esses efeitos sonoros relacionados com vídeo, animação e jogos? No EAD – Allan Brito você tem a oportunidade de aprender a trabalhar com diversos softwares relacionados com esses temas. Seja para animação ou jogos é possível aplicar os efeitos em diversos contextos:

Usando recursos visuais para animação 3D

Os desafios para conseguir trabalhar com a produção de animações são os mais variados, e abrangem desde a necessidade de possuir equipes para criar os modelos 3d realistas e passam pela sonoplastia do projeto. Mas, com um pouco de criatividade é possível criar projetos extremamente agradáveis visualmente sem investir tanto em realismo.

Um excelente exemplo disso é o projeto de uma animação produzida para divulgar o serviço Lyft que é uma produção do artista John Kahrs. Antes de continuar com a apresentação da animação, você deve reparar em alguns pontos chave do projeto:

  • Ausência de diálogos
  • Formas estilizadas dos modelos 3d
  • Montagem e edição do vídeo

Tudo isso acabou resultando na seguinte animação:

Como você pode perceber pelo projeto o resultado final ficou muito bom e como não existe nenhum tipo de diálogo no vídeo, é desnecessário usar atores ou outros recursos para inserir vozes. A maioria das coisas é resolvida apenas de forma visual. Isso é um trunfo para a equipe de produção, pois a execução do projeto acaba sendo muito mais rápida.

A área em que esse projeto se destaca é a da narrativa, pois os recursos visuais são empregados de forma precisa para contar uma história na tela. Essa história fica bem entendida por quem assiste ao vídeo, e não precisa de legendas ou outros artifícios que ajudem no entendimento do enredo.

É algo que pode ser usado como fonte de inspiração para os seus próprios projetos! Um bom roteiro que esteja definido do ponto de vista visual é tudo que você precisa. Essas informações vão servir de guia para que você mesmo(a) acabe trabalhando na produção de uma animação ou jogo, que conta uma história usando recursos simples. Porém, poderosos visualmente e que resolvem a questão.

Já vi diversos projetos não avançarem por falta de equipe ou “capacidade” de produção. Ao adotar uma linguagem simples como essas, você acaba abrindo diversas possibilidades criativas factíveis de execução.

Nesses momentos de virada do ano, pode ser a inspiração que faltava para novos projetos.

Criando suas animações

Você percebeu que muito do que foi comentado no artigo é baseado em bons roteiros e planejamento para criar animações. Quer aprender a trabalhar com animação? No EAD – Allan Brito você encontra diversos recursos para começar a usar esse tipo de conhecimento em projetos:

Animação com Blender: Alike

Os chamados curta-metragens de animação são para muitos artistas a porta de entrada no mundo das produções audiovisuais, e apesar de parecerem simples de criar, podem exigir muito de uma pequena equipe. Os projetos podem demandar um bom tempo de produção e investimentos relacionados com equipamentos e principalmente renderização.

Já tive a oportunidade de mostrar vários desses projetos aqui no blog, sendo que alguns deles são produzidos por apenas uma pessoa e leva anos para ficar pronto, e outros exigem pequenas equipes. Os projetos do Instituto Blender são os mais conhecidos entre os nossos leitores.

Hoje você poderá assistir a mais uma animação em curta-metragem produzida e dirigida por Daniel Martínez Lara, que é um dos responsáveis pela evolução do Grease Pencil no Blender. O artista acaba de publicar seu último projeto chamado Alike. Se você assistiu as demos de animações produzidas no Grease Pencil, deve lembrar dos personagens.

Essa animação em particular é totalmente em 3d e não faz uso dos recursos do Grease Pencil no seu resultado final. Antes de continuar falando sobre o projeto, assista ao vídeo completo da animação nesse link.

alike

Para os que tiveram a paciência de aguardar até o final, vão perceber que o Blender é bem referenciado no final do vídeo com os devidos créditos.

Pelos créditos finais também é possível perceber que uma pequena equipe participou da produção, e além do próprio artista citado no início do texto outras pessoas ajudaram no rigging, animação e sons. Foi um projeto que demandou anos de trabalho e uma incrível evolução. No blog do projeto você pode acompanhar diversos artigos e vídeos que explicam um pouco da produção do projeto. As datas mais antigas dos textos remontam até 2012.

Qual lição podemos tirar de um projeto assim? As animações desse tipo não nascem da noite para o dia. Você deve planejar e preparar bem todo o seu arsenal de idéias, e colocar tudo no papel. Só assim um projeto semelhante a esse poderá ser concluído em tempo hábil, e dentro do orçamento.

Animação com Blender

Quer aprender a trabalhar com animação no Blender? Recomendo visitar o EAD – Allan Brito para conhecer os diversos cursos relacionados com arte digital e animação usando o software. Você terá a oportunidade de aprender não só o Blender, mas também a criar roteiros para seus projetos de animação: