Autodesk focando na plataforma Mac e testes de software apenas pela web

Essa semana a Autodesk fez anúncios importantes sobre o uso das suas ferramentas, que pode muito bem facilitar ou mudar a maneira como usamos os seus softwares. Os anúncios envolvem a disponibilidade de alguns softwares para a plataforma Mac e maneiras diferentes de distribuir software. A primeira notícia envolve uma parceria entre a Autodesk e a equipe do software parallels, que desenvolve soluções de virtualização para Mac Os X. O projeto visa melhorar a performance de softwares como o AutoCAD, 3ds Max e outros rodando no Mac Os X, mas sob uma plataforma de virtualização.

Isso deve agradar algumas pessoas, mas ainda credito que não seja a melhor opção para usuários do Mac Os que precisem de soluções de visualização. O 3ds Max e o AutoCAD são notórios exemplos de ferramentas da Autodesk que foram projetadas para Windows e dificilmente veremos esses softwares em outras plataformas. Eu mesmo uso softwares como o DWG Trueview em um Mac Os, rodando sob o VMWare Fusion.

Assim posso converter arquivos e projetos em CAD na plataforma. O ponto negativo desses sistemas é a performance que fica muito comprometida. Se for para usar uma ferramenta 3d que não seja o Blender, é melhor investir no Cinema 4D, Modo 3d ou mesmo o Maya. Todos eles possuem versões nativas para o Mac Os.

maya2009

Para saber mais sobre a parceria da Autodesk, visite esse endereço.

Além dessa parceria, a Autodesk fez o lançamento em fase beta de um serviço baseado em internet chamado de Twitch. Esse é o nome que identifica o projeto. O objetivo dele é bem simples, oferecer testes de softwares como 3ds Max, AutoCAD, Revit e outros sem a necessidade de instalar a ferramenta no seu computador. O software seria executado diretamente dos servidores da Autodesk.

A tecnologia é inovadora e muito interessante, mas ainda me questiono sobre a banda necessária para conseguir executar softwares como o AutoCAD apenas pela internet. O objetivo por enquanto ainda é apenas oferecer uma maneira de avaliar o software, mas ainda acho que num futuro não muito distante, os softwares serão comercializados sob um serviço de assinatura. Nada mais de comprar uma licença de uso por tempo indeterminado. Se você quiser saber mais sobre o Autodesk Twitch, visite esse endereço.

Por enquanto, ele só está disponível para usuários dos EUA.

AutoCAD 2010 em português

Uma boa parcela dos artistas 3d iniciantes procura por softwares e ferramentas traduzidas para o português, com a impressão de que o aprendizado ficará mais fácil. É inegável que o impacto de uma interface totalmente traduzida para o português é muito menor que outra em inglês. Isso acontece com muita frequência em ferramentas como o AutoCAD, que é um dos poucos softwares da Autodesk que apresenta opções de tradução para a língua portuguesa. Mas, antes de começar a investir em softwares traduzidos, você deve fazer uma pesquisa sobre o contexto em que essa ferramenta é usada. Assim como o uso do software com interface traduzida pode ser vantajoso no aprendizado, isso pode ser tudo jogado fora se ao procurar emprego em escritórios, você encontrar apenas versões em inglês.

Já vi isso acontecer, com uma faculdade que montou laboratórios usando apenas softwares em português. Os alunos acharam ótimo, mas ao chegar no mercado de trabalho a maioria só encontrava versões da ferramenta em inglês. Por isso isso, sempre recomendo cautela aos meus alunos no momento de escolher versões em português de softwares como o AutoCAD.

Caso você ainda queira alterar o idioma do seu software, as versões mais atuais do AutoCAD permitem que essa troca seja feita usando pacotes de idiomas disponíveis no web site da Autodesk. Até o AutoCAD 2009, você precisava adquirir o software já compilado para a linguagem escolhida. Por exemplo, ao comprar o AutoCAD 2009 em português, você ficava com aquela versão e não havia opção para alterar o idioma. No AutoCAD 2010 e em várias outras ferramentas da família 2010, agora é possível usar esses pacotes de idiomas. O vídeo abaixo foi publicado pela Autodesk e explica os procedimentos para instalar o pacote de idiomas:

Para ter acesso aos pacotes de idiomas é necessário estar inscrito no serviço de assinaturas da Autodesk.

Passar o AutoCAD 2010 para português pode ser muito tentador para muitas pessoas, mas eu recomendo que você continue usando e estude a versão em inglês mesmo. Até hoje só encontrei três escritórios que tinham o AutoCAD em português instalado. Como até mesmo os comandos mudam de nome, você fica um pouco perdido ao tentar desenhar e modificar desenhos técnicos.