Criando animações de fragmentação com o 3ds Max e o plugin Pulldownit

As animações 3d baseadas em comportamentos físicos como colisões e fragmentação sempre são um grande desafio para animadores, principalmente quando o projeto em que estão envolvidos não dispõe de nenhum plugin ou script que ajude na movimentação e dinâmica da fragmentação. Isso não é diferente para a grande maioria dos softwares 3d. No 3ds Max existem diversos softwares que ajudam nessa tarefa, variando desde opções mais sofisticadas e caras até plugins gratuitos que auxiliam nesse tipo de animação. Com o uso de opções já incorporadas no 3ds Max como o Reactor, ainda é possível trabalhar com animações baseadas em Rigid Body Dynamcis, mas a fragmentação dos modelos 3d é algo mais complicado e sofisticado.

Existe um plugin chamado Pull Down It! que é oferecido como uma ferramenta gratuita para artistas 3d no 3ds Max e Maya, que ajuda muito nessa tarefa automatizando os passos para criar esse tipo de animação. Com a ferramenta é possível escolher parâmetros para a fragmentação e até mesmo determinar objetos que colidem com superfícies, causando a sua separação. Existem duas versões do plugin, sendo que a mais simples é gratuita e pode ser instalada sem nenhum tipo de restrição, mas para projetos mais avançados o indicado é adquirir o plugin na sua versão PRO.

Na maioria dos casos, o plugin gratuito deve resolver significativamente as necessidades de animações pequenas e até mesmo de média complexidade. O que torna a ferramenta ideal para estudantes e profissionais que precisem incorporar esse tipo de tecnologia em projetos com orçamento limitado.

Quer ver um exemplo da ferramenta funcionando? O vídeo abaixo demonstra como é possível usar o plugin para criar uma animação de fragmentação causada por uma esfera, que segue uma trajetória curva por dentro de um box.

O processo de animação necessário para criar essa dinâmica entre os objetos é extremamente simples com o uso do plugin, e seria extremamente trabalhoso usando as opções padrão do 3ds Max. O maior trabalho em termos de configuração é apenas o ajuste da trajetória da esfera e a definição do padrão de fragmentação do objeto. Depois disso é necessário apenas reproduzir a simulação uma vez, para que os keyframes fiquem gravados e a animação possa ser reproduzida sem atrasos ou consumo excessivo de recursos.

Mais um plugin para o 3ds Max ganha versão gratuita para download

Na semana passada a Lumonix disponibilizou de maneira gratuita um dos seus plugins que até então era pago, esse plugin se chama Puppetshop e foi divulgado aqui no Blog. Hoje foi divulgado que mais um dos seus plugins ganhou uma versão gratuita para uso individual, ou por empresas com até dois funcionários. Agora foi a vez do ShaderFX que é uma fantástica ferramenta que permite aos artistas 3d, criar e utilizar shaders do tipo HLSL, para uso na Viewport do 3ds Max. O funcionamento da ferramenta é muito semelhante aos recém lançados materiais GLSL do Blender 3D, em que vários aspectos dos shaders e da pré-visualização de elementos como materiais e luzes podem ser exibidos antes do render.

Esse é um vídeo de demonstração que mostra o funcionamento do ShaderFX, diretamente da Viewport do 3ds Max.

Assim como aconteceu com o Puppetshop, a Lumonix oferece no seu web site uma série de tutoriais e guias sobre o funcionamento do plugin, com abordagens que vão da interface até interações avançadas, com o uso de partículas do 3ds Max.

O funcionamento desse plugin é peculiar, pois ele permite que os seus shaders sejam construídos com base em estruturas de nós. Isso mesmo, os famosos nós que permitem elaborar as mais diversas composições e combinações são à base do funcionamento do plugin. O que mostra bem a sua flexibilidade e versatilidade.

Apesar desse tipo de ferramenta baseada em nós, ser quase que uma unanimidade hoje, ainda existem alguns artistas 3d que resistem em migrar para esse tipo de ferramenta. O que é perfeitamente compreensível. Para usar esses nós, é necessário um pouco de prática e imaginação, pois não existem receitas certas para combinar efeitos, mas uma gama de opções que agrupadas da maneira correta, podem gerar praticamente qualquer efeito.

Se você for usuário do 3ds Max e ainda não está habituado ao uso de nós, recomendo assistir esse tutorial, com algumas técnicas básicas e combinações que podem auxiliar o uso do ShaderFX:

Com esse ritmo de lançamentos, em algumas semanas a Lumonix vai ficar sem produtos pagos!