LibreCAD e FreeCAD: Alternativas ao AutoCAD

A escolha de uma ferramenta de CAD é determinante para o desenvolvimento de projetos envolvendo desenho técnico, e muitas pessoas ainda recorrem ao AutoCAD, devido aos vários anos de hegemonia quase absoluta no nosso mercado. Essa dependência ao AutoCAD tem raízes em várias faculdades de engenharia ou arquitetura, em que os professores recomendavam aos alunos estudar o AutoCAD, pois ele era o único que realmente “funcionava”. Hoje em dia a coisa é bem diferente e podemos utilizar softwares de CAD como alternativas para o AutoCAD, inclusive com ótimas opções gratuitas.

Alternativas gratuitas ao AutoCAD: FreeCAD e LibreCAD

Já mencionei aqui no blog várias ferramentas gratuitas de CAD como o DraftSight que são Freewares e substituem muito bem o AutoCAD, inclusive seguindo a mesma organização da interface para facilitar a migração dos usuários, e hoje vou falar sobre duas dessas ferramentas que podem ser usadas em conjunto. A primeira é o FreeCAD que é um excelente modelador 3d, e funciona perfeitamente dentro de um contexto de modelagem com sólidos, e a outra ferramenta é o LibreCAD que é um software mais voltado para a criação de pranchas técnicas.

Esses dois softwares podem ser usados em conjunto, para que você possa elaborar os mais variados trabalhos, como pranchas técnicas para projetos mecânicos. Gostaria de ver um exemplo de como isso pode ser feito? O vídeo abaixo mostra como podemos criar um modelo 3d no FreeCAD utilizando suas opções de modelagem com sólidos, e depois exportar vistas desses modelos 3d em DXF para edição no LibreCAD.

No vídeo podemos acompanhar como é possível aproveitar os modelos 3d criados no FreeCAD e depois que os mesmos são exportados para o formato DXF, é possível abrir os projetos em praticamente qualquer software de CAD. Você deve ter percebido que o FreeCAD é muito semelhante em termos de modo de trabalho ao Inventor da Autodesk, até pela quantidade de exemplos relacionados com modelagem mecânica, fica evidente a semelhança e o dimensionamento do público. O ponto negativo do FreeCAD é que muitos dos seus recursos ainda estão em desenvolvimento, mas já é uma boa opção para quem quiser escapar do AutoCAD.

Já o LibreCAD é mais próximo a um software de CAD generalista como o AutoCAD.

FreeCAD agora com constraints geométricos para CAD 2D

Nas últimas versões do AutoCAD a Autodesk apresentou recursos para melhorar o desenho de projetos em 2d como foi o caso do Geometry Constarint. Esse tipo de recurso permite adicionar regras de comportamento para entidades de desenho 2d, que são nada mais que as linhas, arcos, círculos e outros elementos de desenho. Esse tipo de recurso na prática pode fazer a ligação entre partes de ilustrações, como manter duas linhas seguindo sempre a mesma orientação. Isso ajuda a atualizar o desenho mesmo que apenas um segmento de linha seja modificado no processo de edição.

Esse recurso foi um dos destaques no lançamento do AutoCAD para desenvolvimento de pranchas para desenho técnico. Mas, o AutoCAD não será a única ferramenta que deve possuir esse recurso, pois o FreeCAD está para receber um módulo que permitirá usar o mesmo tipo de regra para desenho 2d.

Entre as alternativas para desenho técnico de código aberto e gratuitas, o FreeCAD tem me agradado bastante em relação a quantidade de recursos disponíveis, e também pelos novos recursos que estão sendo desenvolvidos para o software. Entre esses recursos está um módulo chamado de Sketcher que deve adicionar a possibilidade de adicionar constratints baseados em geometria para desenho 2d. O recurso ainda está em desenvolvimento, mas já podemos ter uma idéia do seu funcionamento com o vídeo abaixo que já faz uso do Sketcher no FreeCAD.

Como esse tipo de recurso pode ajudar no desenvolvimento de desenho técnico?

Basta pensar na facilidade de editar as propriedades de apenas uma linha, e fazer com que todas as outras sigam a mesma orientação, copiando a mesma propriedade. Os constraints são muito usados em animação 3d para controlar a posição de objetos, e atribuir restrições em transformações como posição, rotação e escala.

Se você procurava uma alternativa para o AutoCAD em ambiente Linux e até outras plataformas, como Mac Os X e Windows o FreeCAD deve surpreender em termos de recursos e similaridades com o AutoCAD. Mesmo que ainda não existem recursos suficientes para equiparar a ferramenta em termos de funcionalidades ao AutoCAD, a constante evolução do software mostra que com o tempo essas ferramentas devem ser integradas ao já muito bom conjunto de opções do FreeCAD.

Tutoriais de CAD para substituir o AutoCAD

A área de desenho técnico no Brasil ainda é dominada em grande parte pelo AutoCAD como sendo a única referência para trabalhar com CAD em engenharia e arquitetura. Isso é resultado de uma doutrina que se aplica em universidades e faculdades, em que os próprios professores recomendam para os alunos o estudo dessa ferramenta. O resultado é um ciclo vicioso em que os alunos e empresas só querem contratar pessoas com conhecimento em AutoCAD. O simples fato de conhecer a ferramenta não está errado, mas negar que existem outras opções inclusive de código aberto é sim um grave equivoco.

Como sempre recebo pedidos de tutoriais e dicas para trabalhar com alternativas gratuitas ao AutoCAD, inclusive em sistemas baseados em Linux, resolvi publicar esse artigo com dicas para começar a trabalhar com dois desses softwares. O primeiro se chama FreeCAD e sendo ele baseado em licença aberta como o Blender, pode ser usado sem restrições em vários sistemas.

Esse tutorial deve ajudar aos que estão interessados em trabalhar com o software, mostrando um pouco do seu funcionamento. Nesse caso o objetivo do tutorial é criar uma vista 2d de um sólido 3d. A tarefa é bastante comum em ambientes de desenho técnico, principalmente no estágio de desenho técnico e estudo preliminar.

O segundo tutorial mostra outra ferramenta que pode servir como alternativa gratuita ao AutoCAD que é o HeeksCAD. Essa também é uma opção de código aberto e funciona em diversos sistemas operacionais. Esse é um conjunto de tutoriais mais completo que o anterior sobre o FreeCAD e apresenta a interface do software e comandos básicos de edição e transformação como copy, rotate e scale.

Essas duas ferramentas podem muito bem substituir o AutoCAD, assim como diversos outros softwares que já mostrei aqui no blog como é o caso do DoubleCAD XT, mas esse não é de código aberto e sim um Freeware. Aos que achavam não ter alternativa para usar o AutoCAD, os softwares podem ajudar a substituir a ferramenta em diversos tipos de projetos. Se você usa a versão em inglês do AutoCAD deve ter facilidade em fazer a migração, pois os comandos e ferramentas têm os mesmos nomes e funções nesses tipos de softwares.