Vídeos e palestras da Autodesk na Game Developers Conference 2009

Uma das coisas que ainda pretendo fazer no futuro próximo é viajar para uma das grandes feiras de computação gráfica como a Siggraph ou a Game Developers Conference, para conferir de perto os lançamentos e novidades do setor. e claro assistir algumas palestras sobre as mais novas tecnologias. Se você também tem essa vontade, mas ainda não tem os incentivos financeiros necessários para investir na viagem, a solução é acompanhar as palestras e vídeos disponibilizados sobre o evento. A Autodesk é uma das empresas que investe forte em marketing nesse setor, e para promover o uso dos seus produtos entre estúdios e artistas que criam jogos, eles organizam várias palestras e apresentações ao longo do evento.

Caso você queira assistir a essas palestras, que envolvem assuntos como modelagem 3d para jogos e a aplicação de tecnologias para animação 3d baseada em inteligência artificial, os vídeos podem ser assistidos de maneira totalmente gratuita no Autodesk Area. Alguns dos vídeos não apresentam novidade alguma, como o lançamento e demonstração das ferramentas de modelagem 3d e renderização do recém lançado 3ds Max 2010. Mas, outros podem ser muito interessantes para artistas envolvidos apenas com animação tradicional e que gostariam de expandir um pouco mais os seus horizontes, com tecnologia voltada a animação interativa.

palestra-inteligencia-jogos-3d.jpg

Essa é a lista de vídeos, acompanhada de um breve comentário sobre o seu conteúdo:

  • Autodesk HumanIK e Kynapse
  • Autodesk HumanIk, Kynapse e 3ds Max na produção do Warhammer online 3
  • Autodesk MotionBuilder
  • Autodesk Maya
  • Autodesk Softimage, ICE e Face Robot na produção dos animatics para o 007 Quantum of Solace
  • 3ds Max 2010 (palestra em duas partes)
  • Autodesk Softimage
  • Escultura digital com o Mudbox

Como você pode perceber pelos títulos das palestras, o material é bem amplo e apresenta de maneira interessante alguns projetos reais. O melhor de todos é o primeiro vídeo, que mostra a aplicação de sistemas intermediários para controla multidões e a aplicação de inteligência artificial em personagens. A parte relacionada a descoberta de trajetórias e caminhos em terrenos é bem interessante. A palestra sobre o Warhammer online também mostra muita aplicação prática de tecnologias 3d para o desenvolvimento de aplicativos reais.

Um ponto interessante em relação ao material é que essa GDC 2009, apresenta pela primeira vez a equipe da Softimage apresentando suas ferramentas já integradas a Autodesk.

Cada uma das palestras tem em média 40 minutos de duração, portanto assista quando tiver bastante tempo disponível.

Nova tecnologia de renderização em tempo real da NVidia

A Siggraph é sem sombra de dúvidas o evento mais importante em termos de desenvolvimento e lançamentos para o mercado de computação gráfica, mas junto com a Siggraph que acontece no segundo semestre, temos a GDC. Essa é a sigla da Game Developer Conference, que também acaba se destacando no mercado de computação gráfica, pois o mercado de jogos é grande consumidor de recursos gráficos. A conferência desse ano começou ontem e vai até o dia 27, na cidade americana de São Francisco. Dentre todas as tecnologias e novidades apresentadas na conferência pelas empresas que desenvolvem hardware, um novo recurso para apresentar gráficos em tempo real da NVidia chamou a atenção.

Como você já deve ter percebido pelas recentes atualizações nos softwares 3d, o uso da GPU para simular aspectos avançados da visualização em 3d e 2d está cada vez mais presente, em softwares como o Photoshop e 3ds Max. O próprio Blender 3d recebeu grandes melhorias nessa parte com a incorporação de shaders do tipo GLSL. Mas, mesmo com todas as melhorias ainda temos alguns tipos de gráficos e objetos animados que não são totalmente suportados pelas GPUs. A tecnologia demonstrada pela NVidia na GDC se chama CUDA, que promete resolver e ajudar problemas computacionais na representação de alguns objetos.

A promessa deles é bem simples, apresentar soluções de renderização baseada em GPUs em frações do tempo necessário para exibir o mesmo objeto usando a CPU. Quer um exemplo? Veja esse vídeo:

O vídeo mostra o CUDA resolvendo a animação de partículas para simular fumaça em tempo real. Esse tipo de recurso mostra o quanto é possível atingir níveis de qualidade semelhantes ao da renderização tradicional, que gera arquivos de vídeo em sistemas de render em tempo real.

Essa não foi a primeira vez que a NVidia publicou material em vídeo demonstrando a tecnologia CUDA, o vídeo abaixo também mostra uma animação usando partículas, mas sem a interação com objetos em movimento.

A tendência desse tipo de tecnologia é que um dia usemos basicamente um processo mais simples de renderização, para gerar imagens realistas quando for necessário. Para a maioria das aplicações que usamos no cotidiano, as renderizações usando apenas a GPU devem suprir as maiores necessidades.