Cosmos Laundromat: Primeiro trailer de animação com Blender

Os projetos abertos do Instituto Blender sempre foram considerados como os grandes chamarizes para os recursos que o software oferece em termos de produção, seja para a área de animação e até mesmo jogos com o controverso Yo Frankie!. Todos os projetos abertos do Instituto recebem um nome código correspondente a uma fruta em inglês, e no momento está em produção o Goosebery, que em português é chamada de groselheira. A fruta em si não é nativa do nosso país, e por isso não fazemos uma associação direta com o nome.

Mas, deixando a etimologia e classificação da fruta de lado, o importante é que já temos a disposição o primeiro trailer produzido pelo projeto Goosebery!

Logo no início de agosto o Instituto Blender divulgou o trailer da animação Cosmos Laundromat. Na animação com apenas 10 minutos podemos acompanhar a história dos personagens Franck, Victor e outros interagindo no que é chamado de primeiro estágio do projeto. Ainda não teve a oportunidade de assistir? Esse é o trailer:

O ponto principal do projeto Goosebery é bem ousado e complicado de atingir, que seria a produção do primeiro longa metragem produzido apenas com ferramentas abertas. Além de ter sido produzido com ferramentas abertas, o projeto segue a mesma filosofia das iniciativas anteriores do Instituto Blender, que é lançar os arquivos fonte do projeto para todos os interessados em aprender o processo de criação.

Só o fato de termos um pequeno vídeo de 10 minutos sendo apresentado como o estágio um do projeto, já mostra o tamanho e potencial do que poderemos encontrar no futuro. A maioria dos projetos de animação com Blender do Instituto acabava exatamente com vídeos de 10 minutos, e agora temos o mesmo tipo de material sendo apresentado como uma amostra.

Quer ajudar o Goosebery? O projeto é financiado com os recursos do serviço Blender Cloud.

Aprendendo animação com o Blender

Ficou interessado em produzir animação com Blender? Nesse caso recomendo visitar os seguintes cursos do EAD – Allan Brito: