Curso sobre edição e tratamento de imagens com GIMP

O EAD – Allan Brito recebeu mais uma atualização hoje em relação aos novos cursos que estavam prometidos para o mês de Junho! O último curso lançado foi o de GIMP Básico que é um dos maiores sucessos do novo site, perdendo apenas para o Blender Básico em termos de inscrições. E dando sequência aos estudos sobre manipulação de imagens com GIMP, é com muita satisfação que anuncio a disponibilidade do curso sobre edição e manipulação de imagens com GIMP. Esse curso tem como objetivo apresentar as ferramentas existentes no GIMP para que qualquer artista digital possa realizar alterações e ajustes em fotografias, texturas ou qualquer imagem digital.

Ao longo do curso você aprende a realizar ajustes avançados com o GIMP, usando as ferramentas existentes no software ou então por meio de plugins gratuitos como é o caso do excelente Liquid Rescale que é o equivalente ao Content-aware scale do Photoshop. Como a maioria dos artistas ou profissionais de computação gráfica precisam invariavelmente trabalhar com imagens faz do curso uma excelente fonte de informação para todos os artistas 3d e profissionais de computação gráfica.

curso-edicao-fotografias-GIMP.jpg

Essa é uma lista com alguns dos assuntos abordados no curso:

  • Uso de camadas
  • Máscaras de camadas
  • Modos de mistura para camadas
  • Ferramentas de seleção
  • Uso de plugins
  • Refinamento de cores
  • Correções na exposição de fotografias
  • Restauração de imagens
  • Uso de curvas
  • Aplicação e formatação de textos
  • Filtros

Existe até mesmo um pequeno exercício mostrando o processo necessário para recuperar fotografias antigas usando as ferramentas do GIMP, que pode ser útil para editores de imagem ou fotógrafos profissionais e amadores. Para os usuários do Blender o GIMP é a melhor ferramenta para trabalhar com ajustes e pós-produção de imagens renderizadas. Você pode adicionar textos e outros elementos no GIMP para ajudar a formatar seus projetos e até mesmo criar composições complexas.

O curso já está totalmente completo com todas as aulas publicadas, seguindo a nova política de só lançar cursos completos do EAD – Allan Brito.

Para saber mais sobre o curso e realizar a sua inscrição, visite a página do curso sobre edição e tratamento de imagens no GIMP. Nesse endereço existem alguns vídeos do curso disponíveis para usuários do site, sem a necessidade de fazer inscrição. E não esqueça que durante o mês de Junho você pode usar o cupom NOVOEADALLANBRITO para realizar inscrições nos cursos com 20% de desconto! O cupom é válido até 30/06/2013.

Curso básico gratuito sobre GIMP

O lançamento do novo EAD – Allan Brito na semana passada marcou não apenas um avanço em termos de layout e interface para o site com um todo, mas também a melhoria da plataforma para o lançamento de mais cursos para o sistema como um todo. Assim como havia prometido para as pessoas que estavam me perguntando, hoje retorno com as atualizações e adição de novos vídeos ao site. Ao longo da semana muita coisa será adicionada aos cursos já existentes e outros que estavam apenas esperando a nova interface devem também aparecer na lista de material disponível para estudo.

Curso gratuito sobre edição de imagens com GIMP

Hoje está disponível para todos os interessados em aprender a trabalhar com edição de imagens e fotografias com o GIMP, o primeiro curso sobre GIMP do EAD – Allan Brito. O curso básico de GIMP, que é gratuito, é composto por 5 aulas mostrando os aspectos necessários e mais importantes para começar a trabalhar com o software no contexto da manipulação de imagens e fotografia.

capa-gimpbasico.jpg

Nesse curso você aprende:

  • O funcionamento da interface do GIMP
  • Configuração da linguagem da interface
  • Principais janelas
  • Ferramentas de pintura
  • Camadas
  • Composição simples
  • Gradientes
  • Seleção simples
  • Transformações em imagens
  • Corte
  • Redimensionamento
  • Salvar em formato XCF
  • Exportar para web em JPG ou PNG

O curso segue a mesma metodologia de todos os outros cursos do EAD – Allan Brito com material sendo disponibilizado em vídeo e também algumas dicas em texto, existentes sempre nas partes iniciais de cada aula. A principal dica nesse caso é a possibilidade de usar tanto o GIMP tradicional que deve ser instalado no seu computador, ou então a versão portátil que pode até mesmo funcionar diretamente de um drive USB como uma pendrive.

O GIMP é uma ferramenta extremamente útil para se trabalhar em conjunto com softwares 3d, para edição ou criação de texturas. Outra aplicação muito comum do software é na pós-produção de imagens renderizadas para fazer retoques e ajustes em partes da imagem que não foram geradas da maneira como o artista queria. O GIMP é, assim como o curso, totalmente gratuito e pode ser usado sem nenhuma restrição por qualquer artista! Para participar do curso básico gratuito sobre GIMP, basta visita o link e se cadastrar para ter acesso ao material.

Outros cursos gratuitos do EAD – Allan Brito

E não deixe de conferir também os outros cursos gratuitos do EAD – Allan Brito:

JefeCheck: Software gratuito para pós-produção de vídeo

A renderização de animações é sempre um grande desafio para qualquer artista 3d ou equipe de criação, pois geralmente é o estágio do projeto que pode demandar mais tempo de espera por parte da equipe. Um dos erros mais comuns de artistas 3d iniciantes é gerar vídeos já usando containers de vídeo! Isso é sem sombra de dúvida um dos grandes erros que você pode cometer, pois no caso de precisar editar esse vídeo posteriormente, o mesmo vai acabar sendo compactado novamente e mais informações são perdidas no processo. Claro que podemos gerar vídeos sem compressão que ocupam espaços gigantescos em disco, mas ainda assim prefiro outra solução.

No caso de animações a minha animação é sempre gerar uma sequência de imagens em formatos que suportam compressão Lossless como é o caso do PNG. A criação de sequências de imagens permite até interromper o render de maneira mais fácil, e depois unir as imagens em um software próprio para pós-produção. No meu caso uso sempre o Blender para esse tipo de tarefa, mas os outros artistas podem passar a usar uma ferramenta que se tornou gratuita depois de passar um tempo como opção paga para compor sequências de imagens que é o JefeCheck.

O software é especializado em reproduzir sequências de imagens representando desde storyboards animados até mesmo animações finalizadas, e a ferramenta ainda permite aplicar efeitos e filtros no resultado final, facilitando o processo de pós-produção.

O vídeo abaixo mostra alguns dos recursos do JefeCheck incluindo a sua interface. A gama de recursos é bem interessante, envolvendo o uso de imagens com canais alpha, HDR e até arquivos EXR com múltiplos canais. É possível aplicar efeitos e outros ajustes na imagens diretamente dentro do JefeCheck.

A ferramenta é muito útil como opção para realizar a montagem desse tipo de elemento em projetos de animação, pois permite trabalhar com efeitos e correções em animações de maneira rápida e simples. Até mesmo para a montagem de vídeos no formato timelapse é possível usar o JefeCheck.

Para todos os casos, o download do software é mais do que recomendado, seja você um profissional ou estudante que precisa montar esse tipo de imagem.

Download gratuito de vídeos em Full HD com céus para composição

A renderização de cenas externas para projetos de visualização envolve não só a criação dos modelos 3d que fazem parto ambiente, mas também a contextualização de todo o cenário que será enquadrado pela câmera. E nesse ponto é importante ter boas técnicas e recursos para representar planos de fundo, principalmente para representar um céu azul com nuvens que pode fazer a diferença no que diz respeito ao realismo do ambiente. As técnicas e ferramentas disponíveis para adicionar uma imagem de céu como plano de fundo em imagens 3d são as mais diversas. A mais comum é adicionar esse tipo de elemento na pós-produção usando o Photoshop ou software semelhante.

Depois temos a adição da imagem como plano de fundo da viewport do software ou então adicionando a foto do céu como textura de um plano, e posicionando esse plano de maneira estratégica no fundo da cena.

E quando for uma animação? Nesse tipo de situação as técnicas são diferentes e precisam resolver o problema do movimento da câmera. O método mais comum é a criação de um domo, em que a textura com a imagem do céu é aplicada na parte interna do domo, permitindo que a câmera se desloque pelo espaço e a imagem de fundo acompanha o movimento.

Se você quiser adicionar mais um recurso a essa gama de opções, existem também os vídeos com movimento de nuvens que pode ser usado para criar animações que não tenham movimento de câmera em ferramentas como o After Effects. Para criar esse tipo de animação é preciso ter algum vídeo desse céu.

E para ajudar as pessoas que precisam criar a ambientação desse tipo de animação, o fotógrafo Marc Lorenz disponibilizou para download gratuito nada mais do que doze vídeos no formato timelapse de céus em FullHD (1920 x 1080 pixels).

Esse é um dos conjuntos de vídeos que está disponível para download:

Para fazer o download dos vídeos você precisa visitar os links disponíveis no blog do fotógrafo e entrar em cada vídeo no Vimeo, para visualizar o link para download. No Vimeo apenas os usuários registrados podem fazer o download dos vídeos.

Esse é o tipo de recurso que não aparece todos os dias e pode ajudar de maneira significativa as pessoas que precisam contextualizar cenas ou animações, e precisam de material que possa ser usado até comercialmente. Esses vídeos estão disponíveis em uma licença creative commons.

Ferramentas para converter e manipular arquivos DWG, DXF e PLT

Os profissionais que trabalham com desenho técnico precisam de uma boa ferramenta de CAD, aliada a uma gama de opções para manipular e tratar arquivos no formato DWG. Até mesmo os artistas 3d que utilizam softwares como 3ds Max, Blender e outros para criar maquetes eletrônicas precisam ter uma boa base de conhecimentos e manipulação de arquivos desse tipo, pois boa parte dos projetos que recebemos é enviada em DWG ou DXF. É por isso que sempre tenho instalado no meu computador, mesmo que seja para uso esporádico, alguns softwares para edição e conversão de arquivos DWG ou DXF são essenciais!

Screenshot-IMG-DXF.png

Ferramentas para converter e manipular arquivos DWG, DXF e PLT

Certa vez um cliente em enviou os arquivos de um projeto para o qual eu deveria criar os modelos 3d, mas o mesmo só tinha o material no formato PLT. Para quem não sabe, esses arquivos são gerados com o objetivo de gerar a impressão de projetos em CAD. Mas, não são muito úteis caso os mesmos precisem ser usados como base para criar modelos 3d. Na época tive que fazer malabarismo para conseguir converter o arquivo PLT em DXF e importar para o software 3d, e usar o material como referência e acelerar a modelagem.

Se você quiser fazer o download gratuito de ferramentas para editar e manipular arquivos DWG, DXF e PLT e evitar esse tipo de surpresa, recomendo fazer uma visita ao web site da MSC Engenharia. Eles acabaram de lançar uma série de ferramentas que formam o MSConverter que devem interessar a muitos profissionais e estudantes. Os softwares podem ser testados de maneira gratuita por um período de 15 dias, e depois disso é necessário adquirir um serial para usar as ferramentas.

Conversão de arquivos DWG para PDF

A primeira opção permite converter arquivos do tipo DWG para PDF, que é uma excelente opção para enviar projetos de CAD para impressão. Assim você garante que o seu projeto não será acidentalmente alterado na impressão, ou pode enviar os arquivos para avaliação de clientes.

Conversão de arquivos PDF para PDF

O que fazer quando os arquivos de um projeto no formato DWG ou DXF são perdidos? Isso pode acontecer se um backup falhar, ou simplesmente o arquivo acabar se corrompendo. Se você tiver uma cópia em PDF, essa ferramenta consegue fazer o caminho reverso, e transforma um PDF em DWG!

Conversão de arquivos DWG para DXF e DXF para DWG

Essa opção é mais simples, mas ainda assim útil! Alguns softwares de CAD não suportam arquivos do tipo DWG, mas trabalham sem problemas com DXF. Essa outra ferramenta permite fazer a conversão de arquivos entre DWG e DXF ou de DXF para DWG.

Conversão de arquivos PLT para DWG

Esse é o software que eu gostaria de ter na época em que precisei converter um arquivo PLT para DWG, para recuperar um projeto. Com essa opção é possível recuperar os projetos antigos que você só tem em formato PLT, ou mesmo editar arquivos recebidos de outros profissionais!

Conversão de arquivos Imagem para DXF ou DWG

Agora, de todas as opções essa última é a mais interessante! A possibilidade de pegar um arquivo de imagem em JPG, BMP ou TGA e fazer a vetorização automática do conteúdo, para transformar em arquivos DWG é muito legal. Mesmo que você não tenha interesse nos outros softwares, recomendo testar essa ferramenta! As possibilidades são enormes! Já pensou fazer um croqui do seu projeto, e depois da passar por um scanner, converter tudo para um arquivo DWG já em formato vetorial? É o sonho de qualquer estudante de arquitetura ou engenharia!