TurboViewer: Visualize arquivos DWG em 3D no iPad e iPhone

O mundo em que vivemos hoje é totalmente móvel, e apesar de ainda ser complicado nos livrarmos dos notebooks para fazer produção relacionada com 3d, a área de CAD já dispõe de soluções bem razoáveis para a visualização de projetos 2d. Um exemplo disso é o chamado AutoCAD WS que é uma solução gratuita da própria Autodesk que permite visualizar arquivos DWG em dispositivos como o iPhone e o iPad. Isso dá liberdade para que arquitetos e engenheiros possam consultar e fazer pequenas modificações em arquivos DWG mesmo estando sem os seus desktops ou computadores. Mas, quando o assunto envolvia a visualização de projetos 3d a coisa ficava um pouco mais complicada, pois o AutoCAD WS é bem limitado nesse sentido.

Se você gostaria de acessar os seus arquivos DWG com dados em 3d, existe um novo aplicativo da IMSI/Design chamado de TurboViewer para o iOS que é totalmente gratuito, e serve exatamente para visualizar arquivos DWG em 3D. O aplicativo é otimizado para as telas sensíveis ao toque, e funciona muito bem junto com o AutoCAD WS como complemento para o profissional de CAD que precisa consultar projetos em qualquer lugar.

turboviewer-ipad.jpg

Uma das vantagens do TurboViewer é a possibilidade de navegar em 3d no modelo aberto, o que pode ser uma excelente opção para visualizar arquivos de maneira rápida. Mesmo que você não tenha criado os modelos 3d no AutoCAD para gerar um arquivo DWG em 3d, é possível exportar os projetos para esse formato e aproveitar a facilidade de usar a tecnologia para tirar dúvidas sobre seus modelos 3d.

Mas, e seu eu não tiver um iPad ou iPhone?

Nesse caso podemos contornar essa dificuldade tecnológica com um pequeno truque. Se você precisar visualizar o seu projeto 3d no celular, e não possui um visualizador de arquivos DWG, a minha sugestão é usar algum software de captura de imagens, e gerar uma boa seqüência de telas do seu projeto. Ao colocar essas imagens na parte de visualização de fotografias do seu dispositivo, você acaba tendo uma maneira barata e menos interativa de tirar dúvidas sobre o modelo 3d. Claro que se fosse interativo seria muito melhor, mas nesse caso é perfeitamente compreensível a solução low-tech.

AutoCAD para Mac Os X e iOS confirmados

Os profissionais da área de design e construção que acabam decidindo por migrar dos ambientes Windows para o Mac, sempre encontram na alteração das suas principais ferramentas de design e desenho uma dificuldade. O AutoCAD é uma das ferramentas mais usadas na área de desenho técnico assistido por computador, e mesmo já existindo opções mais avançadas e produtivas para acompanhar projetos, muitas pessoas procuram por AutoCAD no Mac assim que fazem a migração. Desde 1992 isso não é mais possível, pois foi o ano em que a Autodesk descontinuou as versões nativas do AutoCAD para o sistema da Apple.

Já faz algumas semanas que publiquei um artigo aqui no blog comentando sobre sinais encontrados em diversos locais, sobre um provável Beta do AutoCAD sendo testado no Mac. Desde aquela data nenhuma nova notícia sobre o desenvolvimento tinha sido divulgada, até que hoje a própria Autodesk acabou confirmando a notícia, inclusive com um site oficial do AutoCAD para Mac.

Junto com o site temos um pequeno comercial preparado para divulgar o AutoCAD para Mac, produzido pela Autodesk:

A versão para Mac deve suprir uma demanda crescente por profissionais que estão migrando para a plataforma da Apple. Mesmo existindo opções igualmente poderosas e até mais indicadas para trabalhar com projetos, principalmente em arquitetura. Estou falando do ArchiCAD e VectorWorks que trabalham com a tecnologia BIM, oferecendo opções avançadas de gestão do projeto já nativamente em ambientes Mac.

Além da versão dedicada ao Mac, a Autodesk planeja também lançar o AutoCAD para plataformas móveis. Isso mesmo, uma versão para o iOS rodando no iPhone e iPad. Essa versão deve permitir apenas visualizar arquivos DWG. A previsão de lançamento é o outono no hemisfério Norte, o que deve levar aproximadamente um mês.

Agora só falta a Autodesk converter o 3dsmax para o Mac, que é o desejo da grande maioria dos usuários do software que conheço. Esses artistas só não migram para o Mac devido a ausência do 3dsmax. Quem sabe com as últimas atualizações no núcleo do 3dsmax esse processo seja mais simples de realizar. O que se sabe é que o software usa tantos recursos do Windows que está praticamente ligado ao sistema, e qualquer tentativa de migrar o mesmo para outras plataformas exigiria reformular o software completamente.

Só nos resta esperar.