SketchUp 7.1 é lançado sem suporte a arquivos DWG e DXF

Essa semana o SketchUp foi atualizado para a versão 7.1 que trouxe algumas novidades interessantes, e outras que não devem agradar muito as pessoas que optam por usar versão gratuita do software. O SketchUp 7.1 gratuito não tem mais suporte a importação de arquivos DWG e DXF de maneira nativa, sendo necessário fazer o download de um plugin adicional do próprio Google para habilitar o recurso novamente. O plugin para importar e exportar arquivos DWG e DXF no SketchUp 7.1 pode ser copiado no link indicado. Esse tipo de recurso é muito importante para arquitetos e engenheiros, pois permite trabalhar a modelagem 3d usando como apoio uma planta ou desenho técnico desenvolvido no AutoCAD, ArchiCAD, VectorWorks ou outro software de CAD.

Mas, corra para fazer o download que na própria página em que o download está disponível, existe um aviso informando que os arquivos estão disponíveis por tempo limitado. Para os usuários do SketchUp Pro, nada mudou.

E as outras novidades? Entre as novidades apresentadas pelo Google para o SketchUp 7.1, podemos listar a maior integração do software com serviços do próprio Google como a 3d Warehouse e o Google Earth. O vídeo abaixo faz um breve resumo sobre as novidades dessa versão:

Agora podemos fazer o download e enviar também, componentes e elementos de um projeto para o 3d Warehouse sem a necessidade de separar os objetos em dois arquivos. Outra novidade interessante, mas que para os brasileiros ainda deve demorar a se concretizar é o uso de fotos do Google Street View, como texturas aplicadas nas fachadas das edificações. Assim é possível criar o entorno para maquetes eletrônicas usando fotos reais das edificações ao lado do terreno, sem precisar sequer visitar o local. Como o Street View ainda está começando apenas no Brasil, precisamos esperar para aproveitar esse recurso.

O suporte a manipulação e render de modelos 3d mais complexos foi melhorado também nessa versão, o que deve facilitar o uso do SketchUp como ferramenta de modelagem 3d para projetos e edificações em maior escala.

Para os usuários do Blender 3D é interessante notar que essa versão do SketchUp teve o suporte ao formato COLLADA melhorado, e o Google até mesmo alfinetou a Autodesk e outras empresas que usam formatos fechados e obrigam artistas e permanecer com os seus softwares, para poder manipular seus projetos. Acredito que a mensagem no anuncio oficial tenha sido direcionado as iniciativas da Autodesk com os seus formatos DWG e também o MAX, que são muito usados em ambientes de visualização 3d e projetos.

O formato COLLADA é especialmente importante para usuários do Blender 3d, pois quando o projeto destinado a melhorar o suporte ao COLLADA no Blender, desenvolvido como parte do SoC 2009 for concluído, junto com o B-Mesh, poderemos usar os modelos disponíveis no 3D Warehouse do SketchUp no Blender sem maiores dificuldades. Isso significa ter acesso a uma enorme biblioteca de modelos 3d e móveis gratuitos!

Para saber mais sobre as novidades do SketchUp 7.1, inclusive as opções disponíveis na versão Pro, leia esse artigo publicado no blog da rede VectorPro.