Blender 2.5 já mostra sistema semelhante as ZSpheres

Um dos pontos positivos em relação ao Blender é que o software pela sua natureza aberta é muito suscetível a receber experimentos, ou mesmo, técnicas de modelagem ou render provenientes de pesquisas científicas. Se a pessoa tiver os conhecimentos necessários para implementar um algoritmo que realize tarefas diferentes de modelagem, basta implementar o código e compilar uma versão do software para testes. Já faz alguns dias que mostrei aqui no blog um artigo sobre a técnica de modelagem chamada de B-Mesh que foi elaborada por pesquisadores chineses, e que usa modelo de construção muito parecido com o do ZBrush e a suas ZSpheres.

O processo é semelhante ao que temos nas metaballs do próprio Blender, mas com níveis de controle e resultados infinitamente superiores. Para criar modelos usando esse tipo de técnica, o artista deve começar elaborando esferas que sã posicionadas em pontos estratégicos da estrutura dos objetos, e diversas esferas secundárias aparecem para fazer a ligação entre as esferas maiores.

Um desenvolvedor do Blender e usuário ativo em projetos como o Google Summer of Code, chamado de Nicolas Bishop conseguiu implementar o algoritmo no Blender, e já publicou um vídeo em que mostra o resultado do seu experimento:

Skin Modifier test from Nicholas Bishop on Vimeo.

Na versão do Blender usada para essa demonstração, o autor do vídeo utiliza como base um modificador chamado de Skin, para aplicar o conceito de modelagem usando esferas. Apesar do nome ser igual ao modificador do 3ds max, as funções são bem diferentes. O objetivo do modificador é permitir ajustar a forma dos objetos usando apenas as pontas das estruturas. O processo é um pouco estranho para quem está acostumado a trabalhar apenas com modelagem por subdivisão, mas será de grande ajuda na criação de modelos orgânicos, principalmente quando o objetivo do processo for o uso em ferramentas de escultura. Podemos criar a forma básica com o Skin e depois esculpir os objetos usando o modo de escultura do Blender.

O resultado é muito animador e já permite a criação de modelos abstratos como a estrutura demonstrada no vídeo, mas ainda é cedo para dizer quando a técnica deve ser submetida para inclusão no Blender. Por enquanto, permaneça usando o velho e bom extrude para gerar modelos orgânicos, mas saiba que coisas muito boas estão para aparecer no processo de criação com o Blender.

Sistema de modelagem 3d chamado B-Mesh

A pesquisa na área de computação gráfica motiva o surgimento de várias ferramentas e novidades relacionadas a manipulação de objetos, e principalmente no que diz respeito a criação de imagens. Essas pesquisas geralmente procuram encontrar novos métodos para criar objetos 3d ou resolver problemas existentes. Mas, algumas poucas pesquisas conseguem chegar ao nível de adaptar técnica antes restritas a apenas alguns softwares e descrever o seu funcionamento de maneira a permitir que praticamente qualquer pessoa com conhecimento suficiente possa implementar em softwares como o Blender.

Você já ouviu falar sobre as ZSpheres do ZBrush? Elas são um tipo se esfera especial que consegue gerar geometria para as esculturas do ZBrush. O seu método de funcionamento é único e permite elaborar formas orgânicas apenas com o uso e posicionamento dessas esferas. Existem algumas técnicas que são até parecidas para gerar geometria em 3d, mas exatamente como as ZSpheres eu nunca tinha visto. Pois, um projeto publicado por um grupo de pesquisadores chineses mostra o desenvolvimento de um tipo novo de modelagem que foi batizado de B-Mesh.

Sim, o nome é o mesmo do novo sistema de modelagem e representação de objetos do Blender, mas acredito que os pesquisadores não estavam cientes desse fato.

O que faz o B-Mesh? Ele é um sistema que funciona de maneira muito parecida com as ZSpheres do ZBrush, em que um modelo 3d é gerado com base na disposição e organização de várias esferas.

modelagem-b-mesh.jpg

Uma das vantagens desse tipo de sistema é que podemos gerar formar bem complexas tomando como referência apenas o posicionamento de primitivas geométricas como as esferas. Esse é o princípio da ZSphere, que agora tem essa técnica de modelagem descrita de maneira completa no link que aponta para a página da pesquisa. Nesse endereço você pode copiar o PDF com a pesquisa, além de assistir vídeos e exemplos de modelagem com o B-Mesh.

Como a pesquisa está publicada na íntegra junto com o algoritmo que controla o funcionamento do B-Mesh, em teoria seria simples implementar o sistema em ferramentas abertas como o Blender. Assim como muitas ferramentas que estão no Blender e foram fruto de trabalho de pesquisa acadêmica, essa pode ser mais uma contribuição para o Blender.