Tutorial After Effects: Integrando modelos 3D do Photoshop CS4

O Photoshop CS4 trouxe grandes avanços na manipulação de objetos 3d em relação a versão CS3, sendo que muitos desses benefícios se estendem aos profissionais e artistas que usam softwares como o After Effects, que tinham limitações ou precisavam de truques para adicionar modelos 3d as suas composições. Caso o artista escolha usar o Photoshop CS4, a integração dos modelos 3d é feita de maneira direta com os próprios arquivos PSD. A melhor parte é que os modelos 3d podem apresentar animação e texturas!

O tutorial abaixo mostra os procedimentos e passos necessários para manipular um modelo 3d no Photoshop CS4 Extended e depois exportar o arquivo para o After Effecs CS4. Assim que o modelo 3d estiver no After Effects, o artista ainda usa as ferramentas de tracking do After Effects para alinhar a posição do modelo 3d com partes do vídeo.

Como você deve ter visto na introdução do autor do tutorial, o objetivo do vídeo é mostrar como fazer com que o objeto 3d representado pelo modelo da TV, seja adicionado na composição do After Effects e depois que esse mesmo objeto siga os movimentos da mão do apresentador.

A primeira parte é feita no Photoshop, em que vemos de maneira rápida as características de um layer 3d e depois o artista ainda mostra como é possível adicionar texturas em partes específicas do modelo. Nesse caso ele mostrou que também é possível usar arquivos de vídeo como textura, sendo que o modelo 3d da TV recebeu um vídeo como textura da sua tela.

Com todos os ajustes feitos no Photoshop o próximo passo foi levar o material para o After Effects, em que o arquivo PSD foi importado como uma nova composição. Como é perfeitamente possível misturar composições, de maneira semelhante ao que acontece com as seqüências no Adobe Premiere, basta clicar e arrastar o material sobre a timeline para que o mesmo se misture com a qualquer composição.

A parte de composição é simples, mas para completar e finalizar o tutorial, ainda é necessário fazer uso do motion tracking do After Effects. Nesse caso o artista usou uma opção simples de tracking, disponível no próprio After Effects. No menu animation é só escolher a opção Track Motion para que um menu apareça, assim como um pequeno alvo na composição. Esse alvo é usado para marcar os pixels que devem ser rastreados na tela.

Com tudo configurado é só pressionar o botão para iniciar o tracinkg e os keyframes são gerados. Pronto! Agora é só alinhar a TV.

Tutoriais de impressão lenticular com o Photoshop CS4 Extended

Quando o Photoshop CS4 Extended foi lançado a Adobe anunciou os seus recursos para trabalhar com imagens 3d estereoscópicas, de maneira a criar efeitos avançados de visualização e efeitos 3d mais reais. Mais isso não está restrito apenas ao que visualizamos nos monitores e Tv`s, pois o Photoshop CS4 também consegue agora gerar arquivos para impressão usando recursos 3d e criar um tipo de impressão chamada de lenticular. Como funciona esse tipo de impressão? Muito provavelmente você já deve ter manuseado algum tipo de impresso lenticular. Ele funciona assim; várias camadas são impressas e sobrepostas, tendo como separador uma superfície especial que se for posicionada em um determinado ângulo, mostra apenas uma das imagens ou a combinação de algumas camadas.

Quer aprender como fazer isso no Photoshop CS4 Extended? Um artista chamado Russel Brown, criou e publicou no seu web site uma série de tutoriais sobre o Photoshop CS4, mostrando o processo completo de configuração e ajuste, para criar esse tipo de impresso lenticular.

Os tutoriais estão em vídeo e são de fácil entendimento, mesmo com a narração em inglês.

O segredo de tudo é o trabalho com as camadas do Photoshop. Um dos vídeos mostra uma versão resumida e rápida do processo, chamado de Basic 3D Lenticular Workflow. No vídeo podemos perceber que o primeiro passo para transformar uma imagem é separar todos os elementos em camadas independentes, para depois usar o menu 3D e escolher a opção New 3D Postcard from Layer, para transformar um layer 2d em 3d. Esse processo deve ser realizado enquanto você visualiza a imagem inteira.

Quando esse processo de ajuste das camadas estiver pronto, podemos partir para o próximo passo que é acionar o menu 3D Render Settings, que aciona o uso da visualização estereoscópica.

O autor ainda faz ajustes no Parallax e no Focal Distance. O mais legal desse efeito é que você pode deixar marcada a opção Red/Blue no Stero Type, para usar os óculos especiais com uma lente azul e outra vermelha. Assim é possível fazer os ajustes e conferir o resultado em tempo real no monitor, antes de partir para a impressão. Depois de estiver tudo configurado e ajustado, você pode alterar o tipo de efeito para Vertical Interlaced.

Se você é usuário do Photoshop e quer aprender mais sobre esses incríveis recursos 3d da nova versão CS4, recomendo muito o download dos tutoriais, para compreender o processo e até mesmo tentar reproduzir o efeito com ilustrações próprias.

Tutoriais sobre o Adobe Photoshop Extended CS4 com ênfase no 3D

O lançamento do Photoshop Extended CS3 marcou o surgimento de ferramentas que possibilitam a edição e manipulação de objetos 3d, diretamente na interface do Photoshop. Isso marcou a transformação do software em uma ferramenta híbrida, entre a edição 2d e 3d. Claro que as opções de edição e criação são limitadas, mas para uma ferramenta que só editava fotografias, a possibilidade de importar e trabalhar texturas em objetos 3d, representou um grande avanço.

Com o Photoshop Extended CS4, a evolução para uma ferramenta híbrida continua. Os recursos e possibilidades para editar e trabalhar com composições 3d, foi melhorado e novas ferramentas foram adicionadas.

Se você quiser conhecer algumas dessas ferramentas, descobri alguns vídeos produzidos pela própria Adobe, que mostram os recursos disponíveis apenas no Photoshop CS4 Extended, relacionados apenas com edição 3D.

Os links estão no blog do John Nack, funcionário da Adobe que mantém um web site que fala sobre notícias, na maioria das vezes, relacionadas com o Photoshop e fotografia digital. No link indicado, você encontra a lista com os vídeos disponíveis e os respectivos títulos. A maioria dos vídeos tem aproximadamente 10MB cada um, no formado do Quicktime.

Os vídeos falam sobre os seguintes recursos:

  • Escala inteligente de conteúdos: Da lista esse é o único recurso que não está ligado diretamente a manipulação 3d, mas é um dos recursos mais impressionantes dessa nova versão. Como o próprio texto em inglês diz, depois de conhecer essa ferramenta, você não vai mais querer usar o Transform.
  • Criação de imagens panorâmicas: Com uma imagem especialmente preparada, qualquer pessoa pode criar fotografias panorâmicas, que são aquelas famosas imagens em 360 graus.
  • Manipulação de objetos 3D: Esse vídeo mostra de maneira rápida, a maioria dos recursos 3d disponíveis na versão CS4 extended do Photoshop.
  • Recuperando fotografias, com o auxílio de geometria 3D: Aqui um vídeo incrível! Agora um artista pode usar geometria 3d para recuperar fotografias antigas. Nada de fazer montagens usando o Stamp ou o Healing Brush. Com as novas ferramentas agora é possível substituir partes danificadas da foto, por geometria 3D.
  • Simulando um eclipse com animação 3D: Apenas editar material 3d não é suficiente, o Photoshop também apresenta ferramentas que permitem criar animações 3d! esse vídeo mostra o procedimento para elaborar uma animação simples, usando a simulação de um eclipse.

No final do artigo do John Nack, você ainda encontra um link para um vídeo disponível na Adobe TV, que faz uma visão geral das novidades do Photoshop CS4, sem ênfase específica na manipulação 3D ou edição de fotografias.

Como o Photoshop é ferramenta, praticamente padrão em estúdios e produtoras, qualquer artista envolvido com criação visual, que manipule imagens rasterizadas, deveria conhecer as bases do seu funcionamento.

Para quem já usa e trabalha com o Photoshop, os vídeos são uma boa amostra do que será possível encontrar, quando você migrar para o Photoshop CS4 Extended. Mesmo que você não use o Photoshop, vale pelo aprendizado!