Blender Cycles com suporte a SSS e Skin Shader

O uso do recurso Sub Surface Scattering é muito importante para a representação de elementos orgânicos em softwares de renderização, pois o seu objetivo é de reproduzir um efeito que acontece no mundo real. A luz quando passa por materiais semi-transparentes acaba se espalhando de maneira peculiar gerando níveis diferentes de iluminação e transparência como na pele humana. As pessoas que já fazem uso do Blender Cycles devem saber que o mesmo não tem suporte para Sub Surface Scattering (SSS), o que por isso a reprodução de materiais semelhantes a pele humana fica prejudicada.

Mas, assim como já comentei aqui no blog várias vezes o Cycles está em desenvolvimento constante, e apesar de ter recursos que ainda devem ser adicionados ao seu leque de opções, os recursos acabam sendo implementados com grande velocidade. E a grande novidade do Cycles nesses últimos dias é exatamente o suporte ao uso de SSS! Sim, provavelmente no Blender 2.67 teremos o suporte ao uso de shaders com SSS!

O simples fato de ter SSS já é interessante, mas isso não é tudo! Um artista já de posse do recurso começou a fazer experimentos com o SSS do Cycles e já conseguiu bons resultados na reprodução de um shader para a pele humana. A imagem a seguir é uma renderização usando o Cycles e o shader:

Blender Cycles Skin Shader

O objetivo desse shader é o de reproduzir o famoso Arnold Skin Shader, e caso você queira fazer o download do modelo 3d e cena usada para o teste, assim como conferir outras imagens renderizadas com o Cycles, é só visitar esse endereço no blenderartists e conferir as informações do Skin Shader para o Cycles.

Por enquanto o SSS ainda não está totalmente implementado e sequer é possível usar GPU para fazer o render, mas provavelmente até o lançamento do Blender 2.67 já será possível usar sua placa de vídeo para renderizar materiais como pele humana e muitos outros!

Aprendendo a usar o Blender Cycles

E para as pessoas que tem curiosidade de saber trabalhar com o Blender para configurar materiais e também a renderizar com o Cycles, recomendo uma visita ao EAD – Allan Brito para conferir os cursos sobre:

Tutorial Blender: Usando o modificador Skin no Blender 2.64

O Blender 2.64 está em estágio beta sendo testado por vários usuários ao redor do mundo para que todos os seus possíveis “bugs” possam ser descobertos, e devidamente corrigidos antes do lançamento da versão pronta para ambientes de produção. Mas, caso você seja uma pessoa curiosa e já queira testar alguns desses recursos que devem fazer parte da lista de melhorias do Blender 2.64 que aproveita muita coisa do projeto Mango, é possível fazer o download da versão de testes nesse endereço, ou então diretamente do Blender Builder que é o lugar para copiar as últimas versões e modificações no Blender. A única ressalva que faço é que você não deve usar essas versões em ambientes de produção, sem antes ter consciência de que seus dados podem eventualmente ficar corrompidos.

Um dos novos recursos do Blender 2.64, e afirmo novamente, apenas no Blender 2.64 é o modificador Skin. Estou reforçando a versão, pois sempre aparece alguém perguntando o motivo desse modificador não estar presente no seu Blender. O que o modificador Skin faz? Ele funciona de maneira semelhante ao recurso do Blender chamado de Metaballs. Com o modificador é possível adicionar um invólucro em arestas que formam uma estrutura conectada.

Quer ver como o Skin funciona? Depois de três meses sem gravar tutoriais de Blender para o blog, retomei o hábito com um pequeno tutorial mostrando o funcionamento do Skin! Se você gostar do vídeo, aproveite o momento para avaliar o mesmo no Youtube! Isso ajuda na divulgação.

Com o Skin podemos criar modelos 3d simples para projetos de escultura ou mesmo trabalhar com volumes de objetos. Para isso é necessário apenas criar a estrutura de arestas que formam o objeto, e usando a tecla CTRL+A para escalonar os vértices para inflar partes do modelo 3d.

Mas, a melhor parte do Skin é a possibilidade de adicionar dentro dessa estrutura um objeto do tipo Armature com um esqueleto pronto e já ligado ao objeto 3d. Isso é demonstrado no vídeo e se você tiver como objetivo a criação de um personagem rápido usando apenas formas simples para animação, o Skin é uma ótima opção.

Como a ferramenta ainda está em desenvolvimento, coisas estranhas podem acontecer, sendo necessário um pouco de paciência para encontra o melhor posicionamento para os vértices e conseguir uma malha 3d limpa. Mas, a idéia do modificador é muito legal.