Tutorial de modelagem com AutoCAD: Comando REVOLVE

Uma das características da modelagem 3d nos mais variados softwares hoje em dia é o compartilhamento de conceitos e procedimentos relacionados com modelagem. Sempre que posso comento isso nas minhas aulas, seja presencialmente ou online, que uma vez conhecidas as ferramentas de modelagem de um software, podemos adaptar os conhecimentos em outras ferramentas. Esse é o caso do AutoCAD com o seu comando chamado REVOLVE, que funciona de maneira muito semelhante ao que encontramos em outros softwares como o 3ds Max no modificador Lathe.

Como funciona o REVOLVE no AutoCAD para modelagem 3d?

O comando REVOLVE do AutoCAD é uma ferramenta de modelagem 3d, e que gera sólidos em três dimensões, portanto ela não deve ser usada se o seu objetivo for apenas trabalhar com desenho 2D. O princípio de funcionamento do REVOLVE é simples, e consiste na criação de uma curva que funciona como perfil para a modelagem, e com o REVOLVE podemos girar essa curva em um determinado eixo. A ação de girar a curva acaba dando origem a superfície do modelo 3d.

O vídeo abaixo mostra muito bem, e de maneira simples, como funciona o REVOLVE no AutoCAD:

No tutorial o autor faz o perfil de uma taça com linhas no AutoCAD e usando outra linha auxiliar que funciona como referência para o eixo de rotação do REVOLVE. O resultado é um sólido geométrico semelhante a uma taça. O interessante dessa técnica é que o procedimento pode ser repetido usando o modificador Lathe do 3ds Max ou o Spin do Blender, e os resultados seriam muito parecidos.

Apesar de não ser o melhor tipo de objeto para trabalhar com modelagem, os sólidos são velhos conhecidos dos usuários do AutoCAD, pois no caso desse tipo de software de CAD a maioria das ferramentas de modelagem gera esse tipo de objeto. No AutoCAD ainda é possível realizar modelagem usando superfícies que são muito difíceis e trabalhosas de gerenciar, pois demandam controle no nível de pontos e interseções entre objetos.

Caso você esteja aprendendo a modelar em 3d no AutoCAD, pode usar esse tutorial em vídeo sobre o comando REVOLVE para desenvolver um pouco mais as suas habilidades com o AutoCAD.

LibreCAD e FreeCAD: Alternativas ao AutoCAD

A escolha de uma ferramenta de CAD é determinante para o desenvolvimento de projetos envolvendo desenho técnico, e muitas pessoas ainda recorrem ao AutoCAD, devido aos vários anos de hegemonia quase absoluta no nosso mercado. Essa dependência ao AutoCAD tem raízes em várias faculdades de engenharia ou arquitetura, em que os professores recomendavam aos alunos estudar o AutoCAD, pois ele era o único que realmente “funcionava”. Hoje em dia a coisa é bem diferente e podemos utilizar softwares de CAD como alternativas para o AutoCAD, inclusive com ótimas opções gratuitas.

Alternativas gratuitas ao AutoCAD: FreeCAD e LibreCAD

Já mencionei aqui no blog várias ferramentas gratuitas de CAD como o DraftSight que são Freewares e substituem muito bem o AutoCAD, inclusive seguindo a mesma organização da interface para facilitar a migração dos usuários, e hoje vou falar sobre duas dessas ferramentas que podem ser usadas em conjunto. A primeira é o FreeCAD que é um excelente modelador 3d, e funciona perfeitamente dentro de um contexto de modelagem com sólidos, e a outra ferramenta é o LibreCAD que é um software mais voltado para a criação de pranchas técnicas.

Esses dois softwares podem ser usados em conjunto, para que você possa elaborar os mais variados trabalhos, como pranchas técnicas para projetos mecânicos. Gostaria de ver um exemplo de como isso pode ser feito? O vídeo abaixo mostra como podemos criar um modelo 3d no FreeCAD utilizando suas opções de modelagem com sólidos, e depois exportar vistas desses modelos 3d em DXF para edição no LibreCAD.

No vídeo podemos acompanhar como é possível aproveitar os modelos 3d criados no FreeCAD e depois que os mesmos são exportados para o formato DXF, é possível abrir os projetos em praticamente qualquer software de CAD. Você deve ter percebido que o FreeCAD é muito semelhante em termos de modo de trabalho ao Inventor da Autodesk, até pela quantidade de exemplos relacionados com modelagem mecânica, fica evidente a semelhança e o dimensionamento do público. O ponto negativo do FreeCAD é que muitos dos seus recursos ainda estão em desenvolvimento, mas já é uma boa opção para quem quiser escapar do AutoCAD.

Já o LibreCAD é mais próximo a um software de CAD generalista como o AutoCAD.