Como adicionar linhas de cota no AutoCAD 2012?

A criação de pranchas técnicas em softwares como o AutoCAD ou qualquer outro que seja similar em funcionamento, envolve uma boa parcela de paciência e também conhecimentos técnicos por parte do autor do desenho, pois é necessário representar bem as partes do projeto, e ao mesmo tempo deixar as informações legíveis. E boa parte dessa legibilidade aparece quando adicionamos as chamadas linhas de cota nos projetos em CAD, que em minha opinião, são uma das fases mais monótonas de qualquer projeto. Como boa parte do desenho já está montada, ao usar as ferramentas para adicionar linhas de cota, precisamos imaginar quais são as dimensões importantes de representar no projeto e posicionar as cotas.

Como adicionar linhas de cota no AutoCAD 2012?

Para as pessoas que estejam aprendendo a trabalhar com o AutoCAD 2012, e precisem conhecer como proceder para adicionar essas linhas, o vídeo abaixo será de grande ajuda. O autor mostra o básico necessário para adicionar essas linhas no AutoCAD.

O processo é realmente simples, e envolve a escolha do tipo de linha de cota que será usada, e dependendo da dimensão que queremos representar, a linha do tipo “Linear” não resolve todos os casos.

Com o tipo de dimensão escolhida, precisamos apenas clicar nos pontos que devem ser usados para adicionar a cota e posicionar a linha em algum lugar que seja de fácil consulta para qualquer pessoas que precise ler essas dimensões. É sempre importante lembrar que as cotas são uma referência para leitura rápida de dimensões, e também uma forma de facilitar a leitura do projeto em sua forma impressa.

Depois de adicionar as linhas de cota, você ainda pode fazer ajustes e alterações nas configurações gerais das linhas de cota do AutoCAD. A segunda parte do tutorial em vídeo aborda exatamente esse tipo de modificação no AutoCAD 2012.

Os usuários iniciantes no AutoCAD 2012, e quaisquer outras versões do software qyue façam uso da interface ribbon, podem aproveitar os exemplos apresentados no vídeo para começar a adicionar cotas em seus projetos. Mesmo que não sejam projetos comerciais, é importante praticar para aperfeiçoar a técnica e estar preparado para quando for necessário cotar um grande projeto. Para os que estão aprendendo, sempre é bom ter exemplos simples do funcionamento desse tipo de ferramenta.

AutoCAD 2012: Usando o Array em caminhos

A ferramenta Array do AutoCAD é uma das mais importantes para agilizar e permitir a criação de pranchas complexas em desenho técnico. Assim como acontece na modelagem 3d, o uso do Array ajuda a distribuir vários elementos de desenho sobre vastas áreas. Por exemplo, podemos usar o Array para distribuir blocos de cadeiras dentro de um teatro ou cinema, ou então fazer operações mais simples como adicionar vários carros em vagas de estacionamento de maneira aleatória. O Array ajuda em todas essas tarefas, mas até pouco tempo atrás não existia uma solução rápida para trabalhar com o Array usando caminhos não regulares.

O AutoCAD 2012 mostra uma ótima evolução da ferramenta Array para desenho técnico, que é a opção de usar o Array junto com um caminho. Isso permite fazer a distribuição das cópias dos objetos diretamente sobre o caminho. O vídeo abaixo mostra muito bem o funcionamento do Array usando caminhos no AutoCAD 2012, e várias das suas opções.

Se você é uma das pessoas que está usando o AutoCAD 2012, vai gostar de conferir no vídeo algumas das novidades sobre o software que podem ajudar no desenho técnico. Por exemplo, ao usar o Array para distribuir entidades de desenho sobre uma curva, podemos usar o próprio cursor do mouse para encontrar a distribuição mais adequada. Para quem não tinha mais certeza do número de cópias, não será mais necessário fazer testes com várias tentativas até encontrar o valor ideal.

Outro ponto interessante é o uso dos comandos Divide e Measure junto com o Array, que ajudam a distribuir as cópias usando valores exatos ou então distâncias fixas entre os objetos. Antigamente esse tipo de operação exigia o uso do comando em separado, considerando que o objeto distribuído fosse um bloco do AutoCAD.

Apesar da polêmica com a remoção do painel do Array nessa nova versão do AutoCAD, a ferramenta está com novidades interessantes para usuários que precisam dele para trabalhar. Já existem até mesmo projetos de módulos e plugins para restaurar algumas das funções do Array que foram removidas pela Autodesk, como é o caso do Classic Array.

Caso você se interesse, pode aprender como fazer o download gratuito do AutoCAD 2012, nesse endereço.

AutoCAD 2012

A Autodesk anunciou mais um conjunto de atualizações para seus softwares voltados para a produção gráfica, e quem entrou no foco agora foi o AutoCAD que chega a sua versão 2012. Os avanços e atualizações do AutoCAD foram significativos, principalmente para flexibilizar tarefas como a modelagem 3d que não era das mais simples de realizar no software. Quem já trabalhou com modelagem 3d no AutoCAD sabe o quanto era complicado trabalhar com qualquer coisa relacionada a superfícies. Mas, desde que começaram a fazer mudanças significativas no software na parte 3d, o processo ficou muito mais simples.

O que temos de novidade no AutoCAD 2012? O vídeo abaixo faz um resumo de algumas dessas novas ferramentas do software, que em termos de interface não mudou muito em relação ao que já tínhamos na versão 2011.

Agora uma lista com alguns dos novos recursos do AutoCAD 2012:

  • Modelos de documentação: Esse recurso promete adicionar documentação e textos automáticos em alguns projetos criados com o AutoCAD 2012. Nenhuma informação ainda sobre a possibilidade de usar o recurso com modelos de documentação padrão NBR.
  • Array associativo: Com essa nova opção de Array no AutoCAD 2012, podemos adicionar relacionamentos entre as cópias do Array. Isso significa que os objetos ficam ligados, e podemos fazer ajustes rápidos apenas com a edição de um dos elementos do Array.
  • AutoCAD WS: Integração total com os recursos baseados na “nuvem” do AutoCAD. Podemos salvar arquivos remotamente e transferir projetos para visualização em dispositivos móveis.
  • Grips com multifunção: A possibilidade de realizar diversas operações usando apenas os grips foi expandida, permitindo trabalhar com mais objetos.
  • Melhorias no prompt de comando: Agora temos a possibilidade de usar recursos que facilitam o trabalho com linhas de comando, usando inclusive auto-completar.
  • Alterações rápidas para a Viewport: Com esse novo recurso podemos editar opções da Viewport sem a necessidade de manipular diversos menus, pois as opções ficam acessíveis diretamente na própria Viewport do AutoCAD 2012.
  • Remoção de entidades duplicadas: A ferramenta chamada Delete Duplicates permite remover dos projetos todos os elementos com duplicatas.

Essas são apenas algumas das novidades do AutoCAD 2012, e assim que encontrar mais vídeos com demonstrações dos recursos dessa nova versão, publico aqui no blog. Por enquanto, você pode visitar a página oficial do AutoCAD na Autodesk para saber mais sobre a versão 2012.