Criando vidro jateado no Photoshop para arquitetura

A edição de imagens oriundas de softwares 3d em processadores de imagens é algo muito comum em qualquer ambiente de produção. Algumas vezes é até mais fácil criar um efeito em particular no Photoshop ou GIMP do que no software 3d, para economizar no tempo de render ou simplesmente pelo fato da aplicação 3d não suportar o efeito visual desejado. É por esse motivo que sempre recomendo para meus alunos o estudo de algum software de processamento voltado para imagens, e nesse caso o Photoshop é sem sombra de dúvida o mais famoso do mercado. Mas, o que podemos fazer com um processador de imagens como o Photoshop?

Para que você tenha uma idéia do que é possível fazer com o Photoshop na pós-produção de imagens renderizadas, encontrei um tutorial muito simples de reproduzir que demonstra o processo necessário para simular vidro jateado na fachada de uma edificação. O tutorial é simples e demonstra apenas uma das várias maneiras de conseguir o mesmo efeito no Photoshop usando uma mescla de ajustes na mistura das camadas, ferramentas de pintura e outros efeitos.

Essa não é evidentemente a única maneira de conseguir realizar esse mesmo efeito, e podemos trabalhar com outras ferramentas para gerar o efeito. A grande vantagem de criar esse tipo de vidro no Photoshop é o fato de não ser necessário renderizar o painel de vidro gigante! Como é comum em qualquer efeito ótico no render, o uso de ajustes para simular o vidro no render iria aumentar o tempo necessário para gerar a imagem. Apesar do projeto apresentado no vídeo ter aparência voltada para uma pintura, podemos aplicar a mesma técnica em imagens renderizadas.

O uso do Photoshop nesse tipo de situação pode também resultar em melhorias na parte de cores e iluminação de um projeto. Por exemplo, a seguir você confere um vídeo curto que apresenta as alterações de cor e luminosidade em uma imagem renderizada.

Repare como o processo de edição e ajustes nas imagens conseguiu alterar a percepção que temos da iluminação.

Aprendendo a usar um editor de imagens

Quer aprender a usar um editor de imagens? No EAD – Allan Brito você encontra vários cursos relacionados com edição e tratamento de imagens. Os cursos disponíveis são os seguintes:

Ainda não existe um curso próprio para edição e tratamento de imagens no Photoshop, mas isso vai mudar em alguns dias! Fique ligado aqui no blog para novidades.

Curso SketchUp 8 modelagem para arquitetura: Aula 03 disponível

O curso de modelagem para arquitetura com SketchUp 8 acabou de receber uma atualização essa semana, e a sua aula 03 já está disponível para todos os participantes. Esse curso aborda de maneira mais direcionada o uso do SketchUp como ferramenta de modelagem para criar representações de projetos arquitetônicos, e mostra vários exemplos práticos das ferramentas do SketchUp sendo usadas para criar paredes, portas, janelas, telhados e outros elementos arquitetônicos.

A aula 03 em particular tem como tema principal a criação e modelagem de esquadrias usando o SketchUp. O processo de modelagem 3d das esquadrias em si é simples, mas o interessante da aula é que você aprende a trabalhar com os componentes do SketchUp para criar uma biblioteca de esquadrias como portas e janelas, para usar nos seus projetos.

E os componentes do SketchUp já possuem uma configuração interessante que corta de maneira automática o volume das paredes, para inserir as janelas e portas de maneira imediata dentro das paredes! Nessa aula você aprende a configurar os componentes para fazer exatamente essa operação.

SketchUp-Curso-Janelas

Caso você tenha interesse em participar do curso, basta visitar a página de detalhes do curso de modelagem para arquitetura com SketchUp 8 e usar o botão de inscrição para começar a aprender o SketchUp de maneira direcionada para a área de visualização em arquitetura.

Curso gratuito de SketchUp

Ainda não sabe SketchUp? Outra opção interessante é o curso gratuito de SketchUp Básico que pode ser realizado de maneira totalmente gratuita! Ele não é direcionado para a área de arquitetura, mas deve ajudar os usuários mais novos a entender o funcionamento básico do SketchUp.

Outras atualizações em cursos

E por falar em cursos gratuitos, o curso de Photoshop CS5 Extended Básico recebeu duas atualizações essa semana, e já está com as suas aulas 02 e 03 disponíveis no EAD – Allan Brito. O objetivo do curso é passar o básico da interface e ferramentas do Photoshop CS5 para pessoas interessadas em usar essa poderosa ferramenta para pós-produção de renders e edição de fotografia.

A próxima atualização nos cursos será a aula 08 do curso de modelagem para arquitetura com Blender, que será a última aula do curso e com isso completa todos os vídeos e materiais para os participantes. Mas, o curso continuará disponível para novas inscrições sem maiores problemas!

E no mês de março terei outros lançamentos em cursos bem interessantes para profissionais, artistas e entusiastas da computação gráfica!

Dicas de etiqueta para usar Photoshop em design

O Photoshop é uma das ferramentas mais importantes no quesito pós-produção para qualquer coisa relacionada com imagem. E no trabalho com computação gráfica na maioria das vezes o produto final é uma imagem. A finalização de imagens em softwares como o Photosop permite salvar muito tempo de trabalho, e principalmente de renderização, pois é possível fazer ajustes em cores e até mesmo corrigir alguns tipos de problemas ou erros que passam despercebidos no processo de render.

Sempre que tenho a oportunidade de lecionar sobre o Photoshop, procuro passar algumas regras de “conduta” para otimizar o trabalho dos alunos, seja com foco em finalização para computação gráfica, ou então no design de interfaces.

Dicas de etiqueta para usar Photoshop

Para as pessoas que trabalham com o Photoshop ou gostariam de começar a trabalhar, recomendo uma visita ao excelente site que dá dicas de etiqueta para trabalhar com o Photoshop. O site se chama The Photoshop Etiquette Manifesto for Web Designers, que lista diversas dicas para facilitar e organizar o trabalho de artistas usando o Photoshop.

regras-etiqueta-photoshop.png

O direcionamento do site é para o pessoal que usa o Photoshop para criar interfaces para a web, mas as dicas são universais e podem ajudar no uso do Photoshop em outras áreas.

Por exemplo, as dicas relacionadas a organização de arquivos e projetos com o Photoshop são excelentes, como a maneira de organizar os arquivos PSD tanto no seu conteúdo, usando dependências e até mesmo na atribuição de nomes aos arquivos.

Além da parte relacionada com a organização dos arquivos, estão algumas dicas valiosas sobre o design dos projetos usando o Photoshop. Uma dessas dicas já foi comentada aqui no blog, quando mencionei a existência de uma extensão gratuita para o Photoshop que ajuda a configurar guias. A dica do site é exatamente para usar e organizar da melhor maneira possível as guias, para montar padrões de organização para a sua interface. E como muitos artistas 3d também precisam apresentar suas criações em formato de pequenas publicações, as dicas podem ajudar nesse sentido.

É possível fazer o download de um arquivo PDF com todas as dicas do site para impressão, ou então adquirir um poster pronto.

Tutorial Photoshop CS5: Configurando guias para design

Uma das técnicas mais usadas para organizar layouts gráficos é com o uso de grades. Essas grades ajudam em vários aspectos a organizar a estrutura de um documento, posicionando textos e imagens em espaços distribuídos de maneira proporcional. Em alguns softwares é mais simples organizar essas grades usando guias, mas em outros a coisa é mais trabalhosa. Nunca considerei o Photoshop a melhor ferramenta para trabalhar com guias, mas a grande quantidade de projetos gráficos desenvolvidos com o software fazem com que os artistas e usuários precisem se acostumar a usar as guias do Photoshop.

E como o uso de grades para organizar conteúdo é a maneira mais simples de criar elementos gráficos com o mínimo de harmonia, é necessário se acostumar as guias e ao grid de softwares gráficos para não ter problemas de produtividade e até mesmo de precisão nos seus projetos.

Configurando layouts em grade no Photoshop

Já pensou se existisse uma ferramenta que ajudasse a trabalhar com as guias do Photoshop, adicionando layouts em grade de maneira automática? A ferramenta existe e se chama GuideGuide. O software é uma extensão gratuita para o Photoshop que deixa o processo de configuração de grades incrivelmente rápida e simples. O vídeo abaixo mostra um pouco do funcionamento do GuideGuide no Photoshop CS5.

Depois de instalar a extensão podemos usar o painel de opções do GuideGuide que fica disponível no menu Window->Extensions->GuideGuide.

O uso da ferramenta é extremamente simples e requer apenas o ajuste dos valores negócios para os números das colunas. Assim que você estiver com os valores ajustados, basta pressionar o botão GG para que as guias sejam criadas.

Para quem trabalha com produção de material gráfico, seja ele impresso ou virtual, o uso de layouts em forma de grade pode ajudar de maneira significativa a organizar o seu projeto, e a extensão GuideGuide é uma excelente ajuda para quem não gosta de ficar organizando as guias padrão do Photoshop. É uma pena que o GuideGuide não funcione também em outras ferramentas da Adobe como o Illustrator, Flash e até mesmo em ferramentas como o After Effects, pois seria interessante trabalhar com title screens usando padrões em grade.

Tutorial SketchUp e Photoshop: Gerando cortes para arquitetura

Uma das vantagens em usar ferramentas de modelagem para desenvolver projetos em arquitetura e engenharia, é a possibilidade de gerar algumas das pranchas mais difíceis de criar apenas com desenho 2D. As chamadas vistas em corte são um dos tipos mais difíceis de vistas para pessoas que estão estudando desenho técnico, seja ele de peças mecânicas ou de grandes e complexas edificações para arquitetura. O simples fato de precisar representar objetos que estão apenas em vista na ilustração e destacar os pontos de corte, deixa alunos e até mesmo alguns profissionais que conheço bem confusos. As ferramentas do tipo BIM ajudam muito nesse processo, mas não é preciso partir para opções sofisticadas como o Revit, ArchiCAD ou VectorWorks para gerar esse tipo de vista para arquitetura.

Com o uso do SketchUp gratuito é possível gerar vistas em corte de maneira muito simples, precisando apenas de alguns pequenos ajustes na imagem usando o Photoshop ou GIMP depois que a imagem é gerada.

Se você nunca tentou realizar esse procedimento no SketchUp, encontrei um tutorial que pode ajudar muito a realizar o processo completo com o SketchUp gratuito.

O próprio SketchUp apresenta um tipo de ferramenta chamada Section que já ajuda bastante nesse processo, gerando uma vista em corte de qualquer modelo 3d. O autor do vídeo aproveita a possibilidade de gerar esse tipo de vista no SketchUp para exportar um corte realizado no software em formato de imagem. No vídeo ele usa JPG como base para exportar a imagem, eu particularmente usaria PNG pela melhor qualidade na imagem final, já que o formato é Lossless e o JPG é Lossy. Isso significa dizer que o JPG excluí dados da imagem para reduzir seu tamanho e o PNG não faz esse tipo de exclusão.

Assim que a imagem do corte estiver pronta, o tutorial passa para o Photoshop em que o autor começa um trabalho de edição detalhado em que as paredes que são cortadas na vista recebem pintura preta, e outros elementos da vista são evidenciados ou até mesmo removidos.

O interessante do processo é que o Photoshop pode facilmente ser substituído por outras ferramentas como o Pixelmator ou GIMP. Essa e uma maneira simples de gerar vistas em corte.