Clicky

Indigo Renderer 1.0.9 estável: Primeira versão 1.0 estável lançada

Compartilhe o artigo!

Um dos maiores problemas relacionados ao uso de renderizadores externos como Blender, está na quantidade de ferramentas que está em constante desenvolvimento. Os artistas 3d que usam o YafRay sabem bem disso, algumas ferramentas e opções estão em constante desenvolvimento, ainda mais quem está aguardando pelo Yaf(a)Ray, que precisa usar até uma versão modificada do Blender 3D. Pois, quem optou por usar o Indigo Renderer, agora tem motivos para comemorar. Foi lançada a primeira versão estável do Indigo, desde que saiu a versão 1.0 do renderizador apenas versões experimentais estavam disponíveis. Com o Indigo 1.0.9, temos agora uma versão estável!

Indigo Renderer 1.0.9

Usar uma versão experimenta do Indigo não é ruim, mas deixa qualquer artista que precise aplicar a ferramenta em projetos críticos com um pé atrás. Por exemplo, alguns dos meus projetos que usam o Indigo, apresentam pequenos problemas relacionados às opções experimentais. Lembro que já tive algumas dificuldades com luzes IES.

Aqui vai uma pequena lista com as melhorias dessa versão:

  • Materiais melhorados
  • Novas ferramentas para efeitos com câmeras
  • Melhorias na renderização em rede
  • Render por região
  • Filtros aprimorados para imagens em alta resolução
  • Renderização com fundo transparente
  • Ferramentas compatíveis com sistemas Windows e Linux de 32/64 Bits

Ainda não tive oportunidade de testar todos esses recursos, mas eles já mostram um amadurecimento da ferramenta. Por exemplo, as opções de renderização em rede e a compatibilidade com sistemas Linux de 64 Bits, deixam o sistema ainda mais atraente para usuários do Blender 3D.

Se você ainda não tentou usar o Indigo, talvez essa seja a solução definitiva para o marasmo do YafRay, que está “encalhado” na mesma versão já faz mais de um ano. O seu sucessor ainda está em fase experimental e não há previsão para que ele seja lançado.

Apesar do Indigo ser usado por artistas baseados em 3ds Max, Softimage e SketchUp, ele está realmente ganhando espaço entre as pessoas que usam Blender. Caso você tenha interesse em fazer o download do Indigo 1.0.9, visite esse endereço e não se esqueça de copiar o Blendigo também, para que a integração entre o Blender e o renderizador seja feita sem maiores problemas.

Sobre o Autor:

Arquiteto que trocou as construções baseadas em tijolos pelas que utilizam pixels! Sim, os pixels também precisam ser devidamente construídos, e quem melhor do que um arquiteto para planejar construções?

7 Comentários

  1. Pedro Natanael 14/04/2008 em 3:12 pm

    Olá Allan.
    Instalei o Indigo e o Blendigo. Mas quando vou executa-lo, sempre aparece o mesmo erro: “O indigo.exe encontrou um problema e precisa ser fechado”.
    Qual é o problema? Como resolve-lo?
    Eu uso o Windows Xp.
    Amd Athlon(tm) Processor 1.24 Ghz. 384 MB de RAM. Mas duvido que o hardware seja o problema.
    Obs: Eu já baixei versoes anteriores do Render, mas dá o mesmo erro.
    😉

  2. Yorik 15/04/2008 em 9:04 am

    E o indigo tem agora uma versão linux 100% completa… Oba!

  3. Leandro 15/04/2008 em 3:53 pm

    Muito bom! É impressão minha ou de uns tempos pra cá as ferramentas do linux deram um upgrade absurdo? Agora tá muito mais fácil usar linux pra arquitetura: é inkscape editando pdf, qcad exportando svg e agora o indigo funfando sussa…

  4. Allan Brito 15/04/2008 em 4:05 pm

    Sim,

    Está cada vez mais fácil usar o Linux como plataforma para arquitetura, essa nova versão do Indigo contribui muito com isso!

  5. Rodrigo Santiago 16/04/2008 em 9:45 am

    Acabei de testar a versão estável do Indigo pra Linux (Ubuntu no meu caso), e funcionou perfeitamente. Só não entendo o porquê de ter um arquivo só pra indicar o caminho de onde se encontra o Indigo.exe. Isso não poderia ser um campo no próprio blendigo, onde poderíamos localizar o mesmo?! o.O
    Fica aí a dica pra quem tem contato com o pessoal de lá.
    Abraços.

  6. Ronaldo 08/05/2009 em 4:52 pm

    Gostaria de saber por que meus renders não saem com boa qualidade. A imagem gerada fica muito pontilhada. E a resolução da imagem está em alta. Em que configuração devo alterar para solucionar esse problema?

  7. Allan Brito 08/05/2009 em 4:55 pm

    Ronaldo,

    Você deve deixar o render ser refinado por tempo suficiente até que o pontilhado se transforme em uma imagem nítida. Isso pode demorar bastante.

Deixar Um Comentário