Compartilhe o artigo!

Parece que essa semana os usuários do Blender, estão sendo bombardeados com informações e novidades de maneira que nunca tinha visto antes. Você deve estar ai, estudando e tentando descobrir como funcionam as ferramentas do recém lançado Blender 2.46 e esperando o lançamento na web do Big Buck Bunny, para o próximo final de semana. Todas as atenções da comunidade estão direcionadas para ele.

Pois, não podemos esquecer-nos do projeto Apricot, que ainda está em desenvolvimento e adicionando ótimas ferramentas de modelagem 3d para o Blender 3d.

Agora eu pergunto; você gostaria de testar algumas dessas ferramentas? Até a última semana, não estava disponível nenhuma versão de testes, com as ferramentas do Apricot. Pois essa semana, para completar o bombardeio de informações, algumas versões apareceram no Graphicall.org! Para fazer o download, procure pelas versões identificadas com o nome Apricot.

Claro que já baixei e instalei o chamado Apricot Branch, para testar as ferramentas. O que tem de novo?

De cara, você encontra um conjunto de ícones personalizados para a interface do Blender:

Depois disso, podemos olhar um dos recursos que foi “ressuscitado” do SoC 2007, que é o GLSL preview, que permite visualizar de maneira mais aprimorada as luzes na 3D View. Infelizmente o meu notebook não suporta o GLSL, por isso não posso testar o recurso agora, mas pretendo fazer um vídeo explicando como usar o mesmo. Isso apenas se a opção Tangent estiver acionada no material do objeto.

Algumas outras pequenas modificações podem ser encontradas aos poucos. Por exemplo, ao pressionar SHIFT+B, ao invés de pular para a visualização do objeto, temos uma animação que aproxima aos poucos.

Se você quiser uma lista completa com os recursos disponíveis no projeto Apricot, visite esse link. A lista funciona como um checklist do desenvolvimento. Repare que muita coisa ainda precisa ser feita, mas já podemos testar algumas delas. Pelo visto meu final de semana será de muita “investigação”.

Uma coisa que já percebi que foi melhorada ainda mais foi no cálculo para texturas UV. Uma discussão muito legal começou a investigar todas as novidades dessa versão, no Blender Artists.

Só mais uma coisa, não estranhe se alguns atalhos de teclado estiverem alterados.