Tutorial de modelagem e render com Maya, Mudbox e Photoshop

A simplicidade de um objeto no mundo real não quer dizer absolutamente nada em relação ao seu processo de modelagem em softwares 3d, principalmente quando o objetivo é trabalhar com modelagem realista usando o mínimo de polígonos. Essa é a situação que a maioria dos artistas 3d especializados na criação de elementos para jogos, como pedras ou paisagens virtuais enfrenta no seu trabalho. Como a quantidade de polígonos de um objeto 3d é fundamental para definir a performance do aplicativo em computadores menos potentes, qualquer face que possa ser economizada no cenário pode ser aproveitada para melhorar os personagens. Isso é uma boa otimização dos modelos 3d, pois o detalhamento será feito com os personagens que precisam de mais apelo visual que partes do cenário vistas apenas algumas vezes.

Caso você queira aprender os procedimentos e técnicas necessárias para criar o modelo 3d da rocha exibida no vídeo abaixo:

Existe uma excelente série de tutoriais mostrando o processo completo de criação desse modelo 3d envolvendo o uso do Autodesk Maya, Autodesk Mudbox e o Adobe Photoshop. Para ajudar na navegação visualização dos tutoriais, compilei a sequência completa como um playlist do youtube:

O tutorial é bem detalhado e deve ajudar no entendimento de como funciona o processo de criação usando modelagem poligonal, escultura digital e a confecção de texturas em alta qualidade. O processo ;e bem simples e começa no Maya, com a criação de um modelo 3d base que é posteriormente exportado para o Mudbox e esculpido. Entre a escultura digital do modelo 3d que resulta em objetos com grande quantidade de polígonos, o artista ainda aborda a retopologia do modelo 3d para redução desse quantitativo e depois a atribuição e edição de texturas.

No final, teremos o modelo 3d com boa quantidade de detalhes para aplicar em qualquer aplicativo de renderização em tempo real. Como a maior parte dos detalhes é criada pelas texturas, o modelo 3d apresenta números bem razoáveis para a quantidade de polígonos. Se você está pensando em trabalhar com desenvolvimento de modelos 3d para aplicação em jogos, esse tipo de tutorial ajuda muito no entendimento do processo como um todo. Em outros tipos de elementos 3d, a técnica usada para representar os objetos é exatamente a mesma, só muda a complexidade e topologia do objeto.

Modelagem 3d e escultura digital para criar uma mão realista no Maya

A modelagem 3d orgânica apresenta alguns desafios interessantes quando o tema da modelagem em si é o corpo humano. Sempre que tenho oportunidade de escrever ou falar sobre esse tipo de modelagem, cito duas partes da anatomia humana que são demasiadamente complexas de criar em 3d que é a orelha e as mãos. Isso tanto é verdade que você vai perceber em vários projetos de modelagem, que alguns artistas 3d recorrem a luvas estilizadas ou mesmo um chapéu ou cabelos, para cobrir essas partes dos personagens. Nas minhas aulas de modelagem 3d, em que o assunto envolve modelagem avançada, a avaliação sempre envolve a criação de um desses itens usando quantidades reduzidas de polígonos.

Uma coisa que deixa o processo de modelagem das mãos em particular mais rápida, são as ferramentas de escultura digital como o ZBrush e o MudBox. Para mostrar como esse tipo de modelagem pode se beneficiar da escultura digital, a Autodesk patrocinou a criação de um tutorial em vídeo que mostra como é possível conseguir resultados realistas, usando o Maya para a modelagem 3d e o MudBox para a parte de escultura.

A primeira parte do vídeo é totalmente dedicada a modelagem da topologia básica da mão, com ferramentas comuns a qualquer projeto que envolve modelagem 3d poligonal. A modelagem é até relativamente simples e pode ser reproduzida em praticamente qualquer ferramenta 3d. Já próximo do final desse primeiro vídeo a fase de escultura digital começa, com o artista adicionando detalhes e pequenos relevos no modelo 3d.

O segundo vídeo continua com o trabalho de escultura digital adicionando mais detalhes e pequenos relevos ao modelo 3d da mão.

Uma coisa interessante sobre esse tutorial em particular é que o realismo é alcançado basicamente com a escultura digital, em que o artista 3d trabalha a topologia do modelo de maneira a conseguir adicionar imperfeições que seriam muito complicadas de criar usando técnicas de modelagem tradicional, ou até mesmo texturas com mapas de displacement ou bump.

Para um artista que pretenda trabalhar com modelagem 3d para TV e Cinema, adicionar esse tipo de detalhamento em modelos 3d é fundamental para conseguir criar modelos 3d realistas.

Iluminação com HDRI no Mudbox 2009

Um dos avanços mais significativos em termos de hardware para computação gráfica nos últimos anos é o uso intenso das GPUs, para melhorar a visualização e o trabalho de artistas 3d nos mais diversos softwares 3d. Até pouco tempo atrás a GPU servia apenas para render em tempo real usando jogos, mas os avanços no próprio mercado de jogos melhoraram também a vida de quem cria com softwares 3d. Com as GPUs mais novas e avançadas já é possível visualizar sombras e mapas do tipo Displacement direto na tela em que o modelo 3d é criado. Isso economiza muito tempo de trabalho, evitando o uso dos famosos renders de teste.

O Mudbox 2009 que em breve estará disponível para o Mac Os X, também apresenta algumas funções impressionantes em termos de visualização. A Autodesk está tentando tirar artistas do já consagrado ZBrush e fazer com que eles migrem para o Mudbox, com alguns recursos de visualização interessantes, até mesmo o uso de imagems HDRI na modelagem.

O exemplo abaixo mostra bem o que é possível fazer com uma boa GPU:

No vídeo um artista mostra as mais diversas opções de visualização para modelos 3d no Mudbox. O uso de imagens HDRI é impressionante, pois essa técnica de renderização era é muito mais conhecida pela qualidade das imagens e superfícies para geração de imagens.

Uma imagem HDRI é um tipo especial de imagem que armazena as informações da iluminação, relacionados com o ponto em que fotografia foi tirada. Essa é a melhor maneira de reproduzir com exatidão a iluminação de um determinado local, para inserção de personagens ou objetos virtuais em uma cena.

Além do HDRI o autor do vídeo apresenta algumas opções extras que pode até mesmo fazer parte da cena ao mesmo tempo, como o uso em conjunto de imagens HDRI e Ambient Occlusion, assim como alguns filtros para gerar Blur e Depth of Field no modelo 3d.

Cada software apresenta algumas propriedades e vantagens para seus artistas, mas a maioria desses recursos inovadores depende de uma placa de vídeo poderosa.