Mais sobre a polêmica entre Autodesk e Softimage, com vídeo dos bastidores!

A polêmica sobre a compra da Softimage pela Autodesk continua, muitos usuários revoltados e artistas experientes, que se dedicaram por muitos anos ao Softimage XSI começam a fazer planos, para migrar para o Cinema 4D, LightWave ou Houdini. A verdade é que estão todos chocados com a compra, que ao mesmo tempo reforça o monopólio da Autodesk na área gráfica e se constitui em uma das maiores barganhas da história. O preço pago pela Autodesk para a Avid foi de “apenas” 35 milhões de dólares.

Quer saber um segredo? O motivo que fez a Avid vender a Softimage? Eles simplesmente não tinham mais interesse em ferramentas e softwares 3d, o negócio da Avid é áudio e vídeo, portanto a Softimage era uma parte da companhia que não estava dentro dos planos estratégico. E para deixar a coisa mais dramática ainda, a Softimage dava lucro, estimativas dizem que o lucro da empresa gira em 50 milhões por ano.

Quer ter uma idéia do quanto essa compra foi “barata”? Em 1994 a Softimage foi comprada pela Microsoft, que em 1998 vendeu a empresa para a Avid por 285 milhões! Por isso, muitas pessoas estão dizendo que a Autodesk fez o negócio do ano!

Esse depoimento de um funcionário da Softimage diz tudo, eles já estavam esperando que em algum momento a empresa fosse vendida, por conversas com a própria Avid. Eles só não esperavam que a compradora fosse a Autodesk. Aqui tem uma versão em português, com cortesia do Google, mas cuidado para erros de concordância.

Agora um pouco de humor. Um vídeo muito lega, foi lançado e mostra uma suposta discussão interna na Autodesk, para decidir pela compra da Softimage. No vídeo sobra para todo mundo, desde as equipes de desenvolvimento do Maya até mesmo para os usuários de softwares livres como o Blender 3D.

Claro que o vídeo é uma brincadeira, mas eu simplesmente não consigo parar de rir, pois ficou perfeito! Só uma coisa, para que o humor do vídeo “funcione”, você não pode entender nada em alemão, o que não é muito difícil.

Esse é o vídeo:

Autodesk compra a Softimage da Avid

Ontem à noite, um comunicado de extrema importância no mundo da computação gráfica foi feito pela Autodesk e pela Avid, ate então a proprietária da Softimage. A empresa estava sendo vendida para a Autodesk! Sim, agora o Softimage XSI vai se juntar a linha de produtos da Autodesk, como o 3ds Max e Maya. Essa é talvez o evento mais importante do ano na área de computação gráfica, apesar de não afetar muitos usuários aqui no Brasil, essa aquisição diminui significativamente a concorrência entre as empresas e deixa os artistas 3d com menos opções.

Desde que tomei conhecimento da notícia, estou pesquisando em fóruns e comunidades de usuários do Softimage, para saber mais sobre a aquisição e a influência que esse tipo de operação tem no cotidiano dos usuários.

3D Realty Handshake

No web site da Autodesk é possível encontrar uma lista completa de documentos e comunicados, sobre os procedimentos e perguntas freqüentes sobre a aquisição.

Como pode haver usuários do Softimage lendo o artigo, tomei a liberdade de fazer uma tradução rápida, sobre as principais dúvidas listadas no documento, que podem ser as mesmas dos usuários. Afinal, quem investiu no Softimage XSI como ferramenta, precisa saber a influência desse tipo de evento no seu trabalho:

  • A Autodesk irá manter os produtos da Softimage? Sim, os planos da Autodesk envolvem manter a maioria dos produtos comercializados pela Softimage como o XSI, Face Robot e outros.
  • Os produtos da Autodesk e da Softimage são concorrentes, existem planos para descontinuar algum dos produtos? Segundo a Autodesk, os produtos são complementares e não concorrentes. Pesquisas indicam que os clientes da Autodesk usam todos os produtos de maneira complementar, para tarefas específicas quando um determinado software oferece vantagens na produção.
  • Os revendedores ou funcionários da Softimage devem ser demitidos? Sim, como é de costume com esses processos de aquisição, devem existir pessoas com cargos redundantes em ambas as empresas, que devem ser desligadas.

Pelo que pude apurar, o desanimo é maior mesmo entre os funcionários da Softimage. Para piorar a situação, a base da Softimage e da Autodesk, responsáveis pelo desenvolvimento de softwares 3d fica na mesma cidade, em Montreal no Canadá. As únicas pessoas que devem ser poupadas na Softimage são os responsáveis pelo desenvolvimento da ferramenta.

As opções para usar softwares que não pertencem a Autodesk em ambientes 3d fica cada vez menor, os que quiserem softwares proprietários agora tem apenas o Cinema 4D da Maxon e o LightWave 3D da Newtek.