Concurso de renderização com YafaRay: Arquitetura vanguardista

Uma das coisas que todos os artistas 3d ou pessoas interessadas em desenvolver habilidades relacionadas com modelagem 3d, render e animação precisam fazer para desenvolver as suas capacidades deve fazer é praticar, e quando você tem um bom motivo para começar a estudar e direcionar os seus esforços os resultados aparecem mais rápido. É por isso que sempre acho válido participar de concursos e desafios que limitam o seu trabalho em apenas um tema, e oferecem além da glória e mérito de ter vencido o desafio, alguns prêmios no meio do caminho.

Os desenvolvedores do YafaRay que é um renderizador de código aberto que funciona muito bem com o Blender, anunciaram algumas semanas atrás o seu mais novo desafio chamado de YafaRay Summer Contest 2013 – Vanguardist Architecture, que em tradução livre seria algo como o Concurso de versão 2013 do YafaRay – Arquitetura Vanguardista.

Concurso de renderização com YafaRay: Arquitetura vanguardista

O tema do concurso, evidentemente, é arquitetura vanguardista e em poucas palavras isso significa dizer que os organizadores esperam os projetos e estruturas futuristas e modelagens 3d que se encaixem perfeitamente dentro do contexto da vanguarda. Quer participar? Recomendo observar as obras de arquitetos como Santiago Calatrava que representam muito bem o conceito de arquitetura de vanguarda com formas ousadas e futuristas.

Quais as regras e prêmios? Você pode conferir as regras e prêmios do concurso nesse endereço, e a lista com os prêmios oferecidos para os primeiros lugares. Já para adiantar, o primeiro lugar recebe dois itens da loja do Blender, ou então dois itens como livros e DVDs da Amazon.

O software de modelagem 3d usado no projeto pode ser qualquer um, mas obrigatoriamente o YafaRay deve ser usado para renderizar a cena. É permitido fazer pós-produção das imagens mas apenas para fins de composição e não correção de elementos do render.

O YafaRay é um dos renderizadores externos que melhor funciona com o Blender, mas que está perdendo espaço desde que o Cycles foi lançado e hoje é usado por usuários que procuram compatibilidade legada de projetos antigos, como é o meu caso, e por pessoas que procuram mais recursos que o Cycles ainda não oferece. O renderizador é muito bom e tem excelente histórico com o Blender desde a época em que se chamada YafRay, sem o “a” no meio.

Cut and Paste: Competição de design usando computação gráfica ao vivo!

A participação em competições e concursos de idéias sempre é interessante para avaliar as suas capacidades e comparar o seu trabalho com outros artistas. Alguns desses concursos promovem a criação de material em tempo recorde, como o Fjorg! que é disputado na Siggraph, em que equipes de animação precisam criar em pouco tempo uma animação completa, na frente dos visitantes da feira. Se você já conhece o Fjorg! ou gostou do conceito de produção ao vivo, deve gostar também do Cut And Paste. Esse é um concurso organizado em várias cidades ao redor do mundo, infelizmente nenhuma delas na América Latina em que designer gráficos competem entre si, ao vivo e diante de uma platéia, criando imagens e peças publicitárias definidas pela organização e um deles é escolhido vencedor.

O grande diferencial do concurso é que os competidores precisam criar tudo na frente de uma platéia, que consegue visualizar os seus monitores projetados em áreas diferentes do ambiente em que o evento acontece. Então, você literalmente consegue visualizar as técnicas e procedimentos usados no processo de criação de cada artista usando o Photoshop, Illustrator ou qualquer outro software usado na produção.

Para ter uma idéia melhor de como funciona o concurso, o vídeo abaixo explica muito bem o conceito da competição e mostra algumas imagens do evento.

A parte interessante é que o Cut and Paste deve receber também instruções de design para material em 3D, o que é muito interessante para os artistas envolvidos com produção de material 3d. As regras para a parte 3D do concurso são bem rígidas! Por exemplo, a produção deve ser desenvolvida no evento partindo do zero e o tempo total que cada artista tem é de 40 minutos divididos em dois turnos de 20 minutos cada.

Caso você queira assistir a competição, mas está com problemas de agenda para viajar até as cidades em que os concursos acontecem, a boa notícia é que tudo será transmitido via webcast. Amanhã mesmo na parte da tarde, o evento que acontece em São Francisco na costa oeste americana será transmitido pela web.

Para saber mais sobre o concurso, regras, datas e cidades em que o evento acontece visite o web site do Cut And Paste. Os prêmios para os vencedores são bem interessantes e variam de licenças de softwares fornecidos por patrocinadores como Adobe, Autodesk e Apple como também hardware fornecido por Apple, Wacom e outros.

E você achava que o pessoal envolvido com design e computação gráfica não sabia se divertir! Isso sim é um ótimo programa para um sábado a tarde. Claro que seria muito melhor ao vivo!

Segundo concurso anual de renderização com YafRay

Quem usa o Blender com YafRay, tem agora a disposição mais um concurso de idéias para colocar a prova os seus conhecimentos e habilidades com o Renderizador. Está aberto o segundo concurso anual de renderização com o YafRay, nele será possível concorrer a prêmios para a três primeiras colocações. As regras do concurso estão mais rígidas nesse ano, na verdade é apenas uma pequena restrição aos participantes, que só podem enviar imagens renderizadas com o Yaf(a)Ray! Isso mesmo, imagens criadas apenas com o YafRay 0.0.9 não podem participar. Essa é uma maneira que os desenvolvedores do YafRay tem de incentivar o uso do Yaf(a)Ray.

YafRay Logo

Qual o tema do concurso? O tema desse ano é “The Lost Bytes”, que tem um perfil um tanto quanto filosófico, mas é muito interessante e pode gerar as mais variadas imagens. Veja a descrição do tema, disponível na página em que o concurso foi divulgado:

Imagine o que acontece com os Bytes quando você exclui um arquivo do seu HD, ou quando o disco rígido é formatado? Já parou para pensar se os bytes vão para o céu ou se algum deles vai para inferno?

Com esse tipo de tema, veremos uma gama variada de imagens e se os artistas colocarem mesmo a imaginação para trabalhar, podem até aparecer algumas imagens muito legais!

Agora as regras do concurso:

  • Somente imagens renderizadas com o Yaf(a)Ray são aceitas
  • O prazo final para envio das imagens é 01 de Julho de 2008
  • Qualquer pessoa pode publicar imagens mostrando o progresso da sua imagem, mas apenas com i uso do Yaf(a)Ray
  • As imagens que devem concorrer no concurso, devem ser publicadas no fórum do YafRay, mais especificamente no post em que o concurso foi anunciado (Link no início desse artigo)
  • As imagens devem ter dimensões mínimas de 800×600 ou 600×800
  • Você pode divulgar o progresso do seu trabalho em qualquer fórum, como o do BlenderArtists ou CGtalk, etc…

Quais os prêmios? Os prêmios estão divididos em categorias:

  • Melhor iluminação: Livro Digital Lighting & Rendering 2nd. Edition book
  • Melhor uso dos materiais do Yaf(a)Ray: Livro Digital Texturing & Painting book
  • Melhor imagem mostrando o progresso da imagem: Camiseta do Firefox

Pronto! Agora é só colocar a sua imaginação para funcionar e criar uma imagem no Blender que use o Yaf(a)Ray como renderizador. Se você não sabe usar o Yaf(a)Ray ainda, recomendo ler esse tutorial sobre que escrevi já há algum tempo. Lembre, que o é necessária uma versão especial do Blender para poder usar o Yaf(a)Ray. Isso porque a Render API do Blender ainda não está pronta, provavelmente só veremos uma integração perfeita entre o Yaf(a)Ray e o Blender na versão 2.50, quando a API deve estar pronta.

Competição internacional de modelagem com SketchUp

O Google faz um ótimo trabalho divulgando o SketchUp e promovendo o interesse constante da comunidade de usuários, com repositórios e concursos gratuitos, incentivando a todos o uso continuo da ferramenta. Eles divulgaram recentemente o concurso internacional, de modelagem para o SketchUp, que dessa vez está aberto a participantes de fora dos Estados Unidos. Então se você tem habilidade em modelagem, o que não é muito complicado com o SketchUp, considere participar da competição, para ganhar experiência e correr o risco de ganhar alguns prêmios!

COmpetição Google SketchUp

O tema dessa competição é o seu campus universitário! Então, se você é estudante universitário e tem habilidades com modelagem 3d, algum conhecimento de SkecthUp e quer participar, o concurso é aberto a qualquer pessoa interessada, independente de nacionalidade. Claro que é requisito básico do concurso, referenciar o modelo no Google Earth, como uma das regras da competição. Essa é uma maneira inteligente do Google, providenciar referências em 3D para instituições de ensino ao redor do globo, na sua plataforma de mapas.

Caso você esteja interessado em participar, não é necessário ter muita pressa, o prazo para envio dos modelos 3d é longo, se estendendo até 1 de Junho desse ano. Todos os modelos enviados para o concurso, devem estar disponíveis para download no 3D Warehouse do SketchUp. Se você nunca visitou, esse é o repositório de modelos 3d do SketchUp, lá é possível encontrar muitos modelos de alta qualidade técnica para compor cenários. Todos disponíveis para download de maneira gratuita.

Quais os prêmios da competição? Bem, eles são mais humildes que os distribuídos pelas competições da CG Society, mas são de bom tamanho mesmo assim. Vamos à lista:

  • Ipod Touch
  • Nintendo Wii
  • Camiseta do Google e boné

Esses prêmios são destruídos para as equipes envolvidas nos projetos escolhidos. Para maiores informações, visite esse endereço com as regras e detalhes sobre a premiação. Lá você encontra a relação com os vencedores de 2007 também.

Essa pode ser uma ótima oportunidade para colocar os seus conhecimentos em modelagem a prova. Principalmente se você estuda em alguma faculdade com arquitetura peculiar, não conheço todos os campi do Brasil, mas sei que existem alguns com prédios com relativa dificuldade técnica, para execução em ambientes 3D.

Revista CGArena 8: Download gratuito

Parece que essa semana é destinada ao lançamento da maioria das publicações gratuitas, sobre computação gráfica e artes digitais. Além da BlenderArt, a equipe de produção do CGArena lançou a edição de número 8 da sua revista sobre artes digitais. A abordagem aqui é diferente da BlenderArt, que é direcionada exclusivamente ao Blender, a publicação do CGArena é generalista, o que por um lado é bom já que temos artigos e tutoriais sobre todas as suítes 3D e edição para vídeo do mercado.

Revista CG Arena 7: Download gratuito

Como de costume, farei um breve sumário sobre os artigos e tutoriais publicados na revista. Todos estão em língua inglesa, mas com o sumário você pode decidir se vale à pena fazer o download.

  • Entrevista com Matthieu Roussel: Aqui temos uma conversa com esse artista Frances, que tem um estilo de modelagem e composição um tanto quanto estilizado. As suas ilustrações lembram muito o estilo do tipo cartoon abordado na BlenderArt.
  • Desafio “Ancient Times”: A revista fala sobre o lançamento de um concurso, para a criação de imagens que representem o tema “Tempos Antigos”. Todos os artistas 3D estão habilitados a participar do concurso. A premiação até que é interessante, para o primeiro colocado são mais de 7000 dólares em prêmios. O prazo para participação vai até 28 de Abril de 2008.
  • Produzindo Black Bashi-Bazouk: O nome é estranho, mas a ilustração abordada nesse artigo é muito interessante e complexa tecnicamente, com vários detalhes e um personagem com várias camadas de tecido. Como o artigo aborda pintura digital com o Photoshop, você pode ter uma idéia de como é difícil pintar e representar tecidos em pinturas com certo nível de realismo.
  • Tutorial After Effects – Tela de Radar: Aqui temos um ótimo tutorial sobre After Effects, que aborda a criação de uma tela de radar, daqueles que geralmente aparecem nos filmes de guerra, em particular nos submarinos.
  • Produzindo Hell Yeah!: Nesse artigo, que mostra como foi feita a imagem da capa, o autor nos mostra como ele usou o 3ds Max para produzir a imagem. Desde a modelagem até a composição final. O destaque fica para a configuração do plugin Fume FX, que gera as partículas entre os chifres do personagem. Existe uma tela com as configurações usadas pelo autor, para quem quiser conhecer o plugin é uma ótima referência.
  • Produzindo Quiet Room: Mais um artigo sobre a produção de uma cena, dessa vez com o Maya. O destaque dessa imagem, que não envolve nenhum tipo de personagem, mas uma cena de um quarto envelhecido está nas texturas. Como a imagem requer um trabalho de edição específico nas texturas e mapeamento UV, para deixar o ambiente com aspecto envelhecido, esse pode ser um ótimo recurso para aprender como fazer o mapeamento no Maya.

Pronto! Agora você já conhece os assuntos abordados pela revista. Para fazer o download é só visitar esse endereço no CGArena e copiar o arquivo. No total ele tem aproximadamente 25MB, em que estão distribuídas as 66 páginas da revista.