ArchiCAD 11: Tutoriais para download gratuito

A luta pelos usuários que precisam trabalhar com desenho técnico é árdua, mas infelizmente a grande maioria as empresas ainda acha que o AutoCAD é a solução definitiva para os seus problemas. Isso deixa de lado algumas das soluções mais especializadas do mercado. Quando alguém usa o AutoCAD, ele está com uma ferramenta “genérica” de desenho técnico que atende tanto a arquitetos, engenheiros, agrônomos, topógrafos e todos que precisam de desenho com precisão. Claro que existem soluções especializadas, como o AutoCAD Architectural Desktop, mas a maioria das pessoas ainda estuda e aprende o AutoCAD generalista mesmo.

Uma das melhores opções para quem precisa trabalhar com desenhos técnicos, voltados para arquitetura é o ArchiCAD. Para os estudantes de arquitetura ou afins, a Graphisoft é muito mais flexível que a Autodesk. Primeiro a autodesk não tem nenhuma política de incentivo para estudantes de arquitetura. Se você precisa usar o AutoCAD, mesmo sendo estudante, precisa adquirir uma licença. Já a Graphisoft, disponibiliza uma versão educacional que pode ser usada para fins não comerciais durante um ano! Depois desse ano, você ainda pode solicitar a renovação da licença para o período do seu curso. Isso inclui professores, situação na qual eu me encontro.

Já fiz download dessa versão educacional gratuita do ArchiCAD 11, o que falta agora é aprender a utilizar a ferramenta. Para isso a Graphisoft disponibiliza grande quantidade de tutoriais e material educacional para download, ensinando boa parte do uso dessa ferramenta. Tudo com download gratuito!

ArchiCAD 11

Os tutoriais estão divididos entre uma introdução breve, explicando o funcionamento do ArchiCAD 11. Depois vem a parte mais técnica, um tutorial interativo que explica todos os passos necessários para desenhar o projeto da casa Massaro, projeto do Frank Lloyd Wright. Esse vídeo em particular tem aproximadamente 500 MB, estando disponível em várias línguas. Infelizmente o português não está disponível, mas existem opções na maioria dos tutoriais em espanhol.

Para quem está interessado em fugir do AutoCAD, esses treinamentos e tutoriais sobre o ArchiCAD 11 são uma ótima opção. Os estudantes então podem começar a fazer os seus projetos acadêmicos, com uma ferramenta legalizada e que dispõe de opções e ferramentas especializadas para arquitetura. Mesmo que eu não estivesse utilizando o ArchiCAD, faria o download do material só pela curiosidade de saber como ele funciona. Sempre é possível aprender alguma coisa com esses tutoriais.

Se você ficou interessado, visite esse endereço para fazer o download dos tutoriais sobre ArchiCAD 11. Caso o download da versão educacional o interesse, visite esse endereço para fazer o cadastro e realizar o download.

QCAD para usuários do AutoCAD

Qual a maior barreira para fazer a migração entre duas ferramentas? Interface? Comandos? Na verdade o problema é cultural e de credibilidade. Ao começar a trabalhar em uma determinada ferramenta, nos acabamos nos acostumando com as suas ferramentas e soluções para os mais variados problemas, desde a parte de desenho até a entrega do projeto finalizado ao cliente. Quando mudamos de ferramenta, várias perguntas vêm na nossa cabeça; será que funciona da mesma maneira? Será que consigo fazer meus trabalhos? A qualidade será a mesma? Os prazos de entrega para meus projetos podem ser cumpridos?

Uma das migrações mais traumáticas que já presenciei foi de usuários do AutoCAD, eles estão tão acostumados com o sistema de funcionamento e trabalho do CAD, que qualquer ferramenta aparentando diferenças no funcionamento é rejeitada imediatamente. Pode até ser uma ferramenta otimizada para o desenho arquitetônico, como o ArchiCAD ou VectorWorks, os usuários acabam fugindo.

Os desenvolvedores de software sabem disso, para angariar mais usuários de AutoCAD eles produzem ferramentas parecidas, senão idênticas no que se refere à interface e ferramentas para facilitar a migração.

Hoje resolvi escrever mais um artigo sobre o QCAD, a ferramenta de CAD que utilizo desde que migrei do AutoCAD. Ele é extremamente leve e simples de usar, sendo totalmente projetado para funcionar quase como um clone do AutoCAD. Desde a interface até a famosa linha de comando na parte inferior, tudo remonta ao AutoCAD.

Para ajudar nessa tarefa, resolvi produzir um pequeno vídeo introdutório. Nele eu falo sobre algumas ferramentas do QCAD, assim como as suas semelhanças com o AutoCAD:

[fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][vimeo]http://www.vimeo.com/819966

Como você deve ter percebido, a interface e ferramentas do QCAD são muito parecidas com as do AutoCAD.

Agora vem a pergunta de “ouro”, ele é gratuito? A melhor reposta é; depende. Apesar de não ser totalmente de código aberto, o QCAD apresenta uma versão chamada de community edition, que é gratuita e pode ser usada sem restrições. A Ribbonsoft disponibiliza o código-fonte do QCAD Community Edition, para usar a ferramenta é necessário compilar o código. Mas essa versão apresenta menos ferramentas que a Professional, que é paga e pode também ser usada sem maiores restrições. Agora vem a surpresa, o custo da versão Professional é de 24 Euros. Para uma ferramenta de CAD estável e que pode ser executada em sistemas Linux, Windows ou Mac OS X, acho esse preço mais que razoável.

Como funciona a parte de plotagem? Quanto a isso você não precisa se preocupar em gerar arquivos compatíveis com a maioria das plotters, para isso é só gerar um arquivo PDF com alguma das várias impressoras de PDF gratuitas, disponíveis para download hoje.

Pronto, agora você já sabe mais sobre o QCAD. O AutoCAD não é a única e melhor solução de CAD existente hoje. Existe vida além das ferramentas da Autodesk, quando usamos o QCAD com o Blender 3D, temos uma combinação poderosa entre desenho técnico e ferramenta de visualização!

[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

Tutorial de modelagem com SketchUp usando um arquivo de CAD

Qual a maneira usual de se começar a modelagem 3d de uma maquete eletrônica? A maioria dos artistas especializados em visualização utiliza um desenho técnico como base do modelo, assim eles se preocupam apenas com as proporções do projeto. Essa é a maneira usual, mas existem alternativas, principalmente para ferramentas como o SketchUp, que por si só já ajuda bastante na tarefa de modelagem com as suas ferramentas especializadas em desenho por proporção. Para ilustrar como esse processo acontece com o SketchUp, encontrei um ótimo tutorial escrito por um artista espanhol, que mostra como elaborar uma maquete eletrônica usando um desenho técnico, mas no formato de uma imagem.

Maquete eletrônica com SketchUp

Para em se sente desconfortável com tutoriais em inglês, essa é a oportunidade de aproveitar um tutorial em espanhol! Se você arranha um portunhol, vai entender perfeitamente o conteúdo do tutorial. Para acessar o tutorial sobre SketchUp, visite esse endereço.

O artista usa uma imagem, que é ajustada dentro do SketchUp com base naquela imagem com a escala humana, existente na ferramenta. Depois que a imagem está ajustada ele passa a modelar as paredes da edificação. As linhas que formam as paredes são desenhadas para que depois com o Push, o modelo 3d possa ser criado. Nesse ponto o SketchUp tem uma vantagem clara, em comparação com outras ferramentas 3d, ele é otimizado para esse tipo de desenho.

Assim que as linhas para a modelagem das paredes estiverem concluídas, o artista começa a trabalhar nos detalhes do modelo. Como as aberturas e pequenos detalhes das paredes, tudo usando apenas linhas, para depois selecionar as faces e excluir as mesmas.

Quando as paredes estiverem prontas, ele até aborda a modelagem do mobiliário, recurso muito utilizado no SketchUp também. Já vi muita gente fazendo projetos completos para marcenaria no SketchUp, entregando um modelo 3d completo como complemento para o projeto técnico.

Para concluir o modelo, o autor ainda aborda a aplicação de materiais e texturas na recém criada maquete eletrônica.

Se você trabalha com SketchUp ou quer trabalhar com ele, não pode deixar de conferir o tutorial que é muito bom. Aproveite também que ele está disponível em espanhol, facilitando a vida dos artistas que ainda sentem dificuldade em inglês.

Tutoriais e dicas para o AutoCAD 2009

O AutoCAD 2009 está ai e a demanda por tutoriais e novidades é grande, claro que uma das mais evidentes dessa versão é a reformulada interface Ribbon. Quem me conhece sabe que usei o AutoCAD por muito temo, até que comecei a migrar para soluções baseadas em software livre. Mas mesmo assim, ainda ministrava aulas sobre AutoCAD e prestava consultoria para alguns escritórios e os amigos que tinham dúvidas sobre a utilização de algumas ferramentas do AutoCAD.

Na última semana precisei fazer a revisão da ementa de um curso sobre AutoCAD, para a versão 2009. Claro que para fazer isso eu precisava de uma boa idéia sobre as novidades dessa versão. Para ajudar nessa tarefa, procurei por um link ou lista com artigos sobre as novidades do AutoCAD 2009, e consegui localizar uma ótima lista. No fórum de usuários do AutoCAD AUGI, existe um tópico em que um dos usuários está reunindo notícias e tutoriais, sobre as novidades do AutoCAD 2009.

AutoCAD 2009

Alguns dos links são interessantes, pois eles remontam ainda a notícias sobre rumores publicados antes mesmo do lançamento da versão 2009.

Na lista de links, existem alguns interessantes. Esse é um sumário de algumas das notícias:

  • O Explode não existe mais!: Calma, eu também fiquei intrigado com essa notícia, mas depois de ler o artigo percebi que apenas o ícone do comando Explode foi alterado pela primeira vez em vários anos. Agora não temos mais aquela dinamite, o ícone é representado por planos sendo separados.
  • AutoCAD 2009 em 2 minutos: Esse artigo faz um sumário rápido sobre as novidades dessa versão. É um dos mais resumidos e completos da lista, com uma abordagem rápida sobre todos os novos recursos.
  • O novo gravador de “Macros” do AutoCAD 2009: Aqui temos um artigo que analisa o recém implementado gravador de macros do CAD, que funciona de maneira muito semelhante ao gravador já existente no pacote Office.
  • Formato DWFx: Um novo formato de arquivo foi apresentado nessa versão, o DWFx baseado em instruções XML como acontece com os novos documentos do Office 2007. Segundo a Autodesk, esse formato pode ser visualizado e impresso pelo IE 7.
  • Série Prequel: Para finalizar a lista, essa é uma série de tutoriais e artigos sobre as novas ferramentas dentro da lista. Diferente da abordagem rápida (2 minutos), essa série faz uma análise mais detalhada.

Bem, essa é apenas uma pequena lista com algumas das novidades do AutoCAD 2009, aproveite a lista, pois esse é apenas um pequeno conjunto dos links existentes lá. No total são mais de 40 artigos e tutoriais relacionados na página e a tendência é que com o tempo o autor adicione novos links.