Visualização arquitetônica com base em fotografia no Blender e YafaRay

Os projetos de visualização para arquitetura geralmente tem dois pontos de partida bem definidos, e dependendo do tipo de referência usada para iniciar a modelagem e visualização, o artista pode ter muito trabalho para desenvolver o projeto. O mais comum é o tipo de visualização baseada em arquivos de CAD como os projetos em DWG ou DXF, em que o artista usa o material como ponto de partida para criar elementos gráficos usando as linhas do desenho técnico. Esse é o método mais usado pela velocidade com que é possível criar modelos 3d com a ajuda do desenho técnico, pois o artista não precisa se preocupar muito com as dimensões já definidas no arquivo de CAD.

Mas, existe outro tipo de modelagem que é mais difícil e desafiadora para os artistas. Esse tipo de modelagem usa como ponto de partida apenas referências fotográficas ou mesmo esboços sem escala. Nessa situação o artista precisa pesquisar por material de apoio e determinar as dimensões com base em observação e proporções.

Caso você nunca tenha realizado um projeto como esses, existe um excelente tutorial envolvendo o uso do Blender e YafaRay para reproduzir uma cena urbana com base em fotografia. O objetivo do tutorial é reproduzir de maneira exata a fotografia abaixo:

tutorial-visualizacao-arquitetura-fotografia.jpg

O tutorial pode ser encontrado no link apontado no parágrafo anterior, mas existe um pequeno detalhe. O texto está todo em Francês, mas isso não é nada que o Google Translate não possa resolver. A tradução não é perfeita, mas como o tutorial apresenta muitas imagens a parte do texto não gera impedimentos para entender o conteúdo.

O material está dividido em cinco partes distintas:

  • Pesquisa de imagens e referências para o projeto
  • Estudo de iluminação sobre a iluminação existente na cena
  • Guia sobre a modelagem de todos os elementos da imagem e cenário de fundo
  • Ajustes e configuração dos materiais e texturas
  • Renderização e composição da imagem

A última parte do tutorial ainda adiciona um elementos extra ao tutorial que é a composição da imagem usando o GIMP. O autor do material cria mapas de Ambient Occlusion e Z-Depth para adicionar um senso extra de realismo no GIMP, usando misturas de camada.

Para os que trabalham ou precisam desenvolver habilidades na visualização para arquitetura, o tutorial é uma ótima fonte de informação e uso do Blender com o YafaRay.

Autodesk Butterfly: AutoCAD gratuito na internet

A migração de diversos serviços e softwares para plataformas baseadas em internet é uma tendência sem volta para a maioria dos softwares, e isso não é diferente com ferramentas especializadas em computação gráfica. Já mostrei diversos softwares aqui no blog que tiveram sistemas portados para plataformas web, sendo que muitos desses projetos são patrocinados pela Autodesk. A idéia de cobrar serviços de assinatura dos seus usuários é uma das maneiras que a empresa deve usar no futuro para substituir a compra da licença, e os serviços baseados apenas em internet são fundamentais para esse propósito.

Caso você não lembre dos projetos publicados aqui no blog que eram baseados em internet, os nomes deles são Dragonfly e Draw. O primeiro é um sistema que mistura blocos em 3d para fazer planejamento de ambientes e design para interiores. O segundo é um tipo de software especializado em desenho vetorial com tendências próximas ao que o Corel Draw faz, mas tudo baseado em Web.

Ontem pela manhã tive a oportunidade de conhecer mais um desses projetos da Autodesk chamado de Butterfly que tem uma proposta mais ousada: portar um sistema de CAD como AutoCAD para web. Sim, ele seria um tipo de AutoCAD desenvolvido totalmente em Flash que aceita inclusive editar arquivos complexos. O vídeo abaixo mostra como o projeto funciona:

O sistema como um todo ainda é bem simples, mas já permite que qualquer pessoa possa tentar usar o mesmo para editar projetos. Nas abas existentes nas laterais e com uma interface Ribbon bem resumida já encontramos opções para abrir projetos, editar e visualizar os elementos de desenho. Ainda faltam opções mais robustas de criação e precisão, mas o pouco que já pude usar mostra que o sistema tem grande potencial.

Entre os pequenos problemas encontrados foi a incapacidade do Butterfly carregar no Mac Os X, mesmo usando três navegadores diferentes o mesmo não abriu. Apenas no Windows é que tive sucesso em carregar o software.

Se você estava procurando uma opção gratuita para usar o AutoCAD na web, esse projeto pode ser a solução. Ainda é cedo para dizer quando o mesmo será lançado oficialmente, pois o sistema inteiro ainda é apenas um experimento da Autodesk e sendo assim está suscetível a erros e pequenos problemas.

Tutoriais e dicas para AutoCAD 2009 e outros

Como um dos assuntos que fundamentam a parte inicial da modelagem 3d para cenários, usar ferramentas de CAD é muito importante para quem pretende trabalhar com visualização arquitetônica. No intuito de aprender como essas ferramentas funcionam, estou sempre procurando novos tutoriais e guias sobre as funcionalidades de ferramentas CAD. Parte desse esforço tem como objetivo reunir material para aulas e futuros projetos, que possam necessitar do AutoCAD.

Antes de mostrar alguns dos links que vou indicar, você deve se perguntar uma coisa; vale à pena estudar tutoriais sobre o AutoCAD 2002, 2004 e outros mais antigos? Sim, claro que sim! Alguns comandos dessas versões do AutoCAD permanecem inalterados até a versão 2009, isso faz com que alguns tutoriais mais antigos ainda sejam muito úteis para usuários que estão aprendendo a usar o CAD.

Para quem concorda comigo, pode visitar esse link no CAD Diggest, que apresenta uma lista generosa de tutoriais diversos sobre desenho 2d e modelagem 3d com o AutoCAD, desde a versão 2002 até o 2006.

A grande maioria dos tutoriais envolve o uso do AutoCAD 2004, que ainda não contava com os recursos avançados de renderização e iluminação, mas como sei que boa parte dos usuários com licenças originais do AutoCAD ainda não migrou para versões mais recentes, pelo simples fato de não valer a pena fazer o upgrade, acredito que possa ser muito útil esse link.

Mesmo com tutoriais mais antigos, podemos encontrar alguns itens úteis como configurações avançadas de hachurias e como era feita a iluminação para render, com o AutoCAD 2004.

Agora alguns tutoriais mais recentes, direcionados ao AutoCAD 2009. Encontrei alguns tutoriais que falam sobre novos recursos e principalmente da interface Ribbon.

  • Descrição do novo sistema de gerenciamento de Layers: Para começar, temos um artigo publicado nó fórum CADCAM, especializado em desenho técnico. Lá um usuário publicou uma mensagem com a explicação detalhada de como funciona o gerenciamento de Layers no AutoCAD 2009.
  • Explicando a interface Ribbon do AutoCAD 2009: Nesse vídeo, o autor explica detalhadamente como funciona a nova interface Ribbon, semelhante a do Office 2007, que é uma das maiores novidades em termos de interface do AutoCAD nos últimos anos.
  • Criando Macros no AutoCAD 2009: Aqui temos um vídeo tutorial que mostra o procedimento necessário para criar uma macro, no chamado Action Recorder.

Pronto! Para os interessados em desenho técnico, esses tutoriais são suficientes para que você possa ficar estudando por um bom tempo!

Aproveitando esse artigo sobre AutoCAD, encontrei uma ótima ferramenta para quem usa Linux, mas precisa ler e imprimir arquivos no formato DWG, ela se chama Lx-Viewer. Essa ferramenta consegue ler arquivos DWG do AutoCAD 2002 e anteriores, permitindo que usuários do Linux possam editar desenhos técnicos sem o AutoCAD instalado. Eu sei que as versões não são as mais recentes, mas mesmo assim já ajuda.