Adobe Edge Preview: Animações com HTML5

A Adobe já teve algum tempo atrás uma ferramenta que era praticamente sinônimo de multimídia e animação para a Web, que é o Flash. Hoje ele ainda é reconhecido como uma das melhores opções para produzir material com animação baseada em vetores, pois o seu plugin está instalado em um grande número de computadores e também é fácil encontrar profissionais e artistas, para trabalhar em projetos com o Flash. Mas, desde que o mundo está adotando tecnologias móveis, principalmente as baseadas no sistema iOS, que representam um grande problema para os artistas e produtoras focadas em Flash. O iOS não suporta o Flash Player, impedindo que donos de iPhones, iPods e iPads consigam visualizar esse tipo de conteúdo no Safari Mobile.

A solução seria adotar tecnologias mais abertas e que são largamente suportadas pelos navegadores atuais. Esse é o caso do HTML5 que com a sua tag <canvas> permite trabalhar com a criação de elementos vetoriais e também animação direto no navegador. Mas, a solução envolvia o aprendizado da linguagem HTML5 e também JavaScript para criar animações, o que deixada muitos artistas desanimados para aprender essas novas tecnologias.

É para atender o público que gostaria de algo como um Flash que cria material multimídia em HTML5 que a Adobe anunciou o preview aberto do software chamado Edge.

Sim, o Adobe Edge está sendo chamado de Flash otimizado para o HTML5. Como ele está em fase de testes, você pode fazer o download gratuito do Adobe Edge nesse endereço, o mesmo funcionara por alguns meses até o fim do período de testes.

O vídeo abaixo mostra uma introdução ao Adobe Edge, mostrando como é possível criar animações com foco no HTML5 de maneira parecida com o que fazemos no Flash. O processo é mais parecido com a animação realizada no After Effects ou Adobe Premire, mas os conceitos de interpolação e keyframes são os mesmos do Flash.

A sua interface lembra muito um Flash resumido, e com os recursos necessários para criar animações simples com texto, imagens e figuras geométricas. Lembre que ainda é um preview e muita coisa deve mudar até que o Edge ganhe uma versão estável. Por exemplo, coisas das quais senti falta versão são a possibilidade de adicionar loop na animação, e também de trabalhar com coisas simples do tipo links no texto.

Photoshop CS5 download gratuito

Hoje é o dia que marca o lançamento para o público em geral da família de aplicativos da Adobe chamada de CS5, em que podemos incluir softwares famosos e bem conhecidos por profissionais na área de computação gráfica como o Photoshop CS5 e o Flash CS5. O lançamento do pacote CS5 está sendo considerado pela Adobe um dos maiores nos últimos anos, e com esperanças de superar em vendas o desempenho da família CS4 que junto com a crise econômica de 2009 balançou as fundações da Adobe. Mas, nem tudo é motivo de alegria para a Adobe nesse lançamento do pacote CS5, pois a Apple em uma manobra para atrapalhar as vendas do Flash CS5 está alterando as regras do contrato para desenvolvedores, restringindo a criação de aplicativos para o iPhone Os, apenas para ferramentas oficiais.

Caso você não tenha acompanhado, um dos novos recursos do Flash CS5 era a possibilidade de exportar aplicativos para o iPhone OS.

Sobre o Photoshop CS5, ele já foi apresentado aqui no blog diversas vezes com recursos como o Content-Aware Fill e outros que adicionam muito as ferramentas de edição e manipulação de imagens. Se você quiser fazer o download gratuito do Photoshop CS5 visite o endereço indicado na Adobe, e procure pelo Trial do Photoshop. Essa é a maneira que a Adobe oferece para que você possa testar o software antes de fazer a compra.

Algumas das ferramentas adicionadas ao Photoshop CS5 são oriundas de projetos independentes já implementados em softwares como o GIMP, e que com o tempo foram sendo adquiridas pela Adobe para turbinar o Photoshop com ferramentas e técnicas modernas de edição. Alguns desses recursos podem aparecer também no Premiere CS5 ou After Effects CS5 como a estabilização de câmera apresentada na última Siggraph.

Além do download do Photoshop CS5, você pode optar por fazer o download do Photoshop CS5 Extended que apresenta opções extras para edição de vídeo e modelo 3d. Essas opções são interessantes para artistas que usam muitos objetos em 3d nas composições de imagens, e permitem trabalhar com camadas em 3d direto no Photoshop CS5.

Ainda não são todas as ferramentas do pacote CS5 que estão disponíveis para download, mas com o tempo todos eles devem estar listados na página de downloads da Adobe.

Tutorial Adobe Flash CS5: Criando aplicativos para iPhone e iPod

O lançamento do pacote CS5 da Adobe está previsto para Abril desse ano, mas muitas das novidades do Photoshop CS5 e do Flash CS5 já foram anunciadas extensivamente pela Adobe em congressos e outros eventos. No caso do Flash CS5 o meu interesse é focado para as minhas atividades acadêmicas, pois ministro aulas de multimídia na web que usam a tecnologia do Flash como base para levar animação 3d para web usando classes personalizadas. Por exemplo, com o uso do Papervision 3D é possível trabalhar com sistemas e interfaces totalmente 3d na web usando o Flash Player como base, o que permite distribuir o seu projeto para uma base de usuários incrível.

Entre as novidades do Flash CS5 está o suporte nativo ao desenvolvimento de aplicativos para o iPhone e iPod, permitindo que os artistas e desenvolvedores passem a distribuir seus projetos usando o iTunes da Apple. Isso é excelente para maximizar o potencial de retorno financeiro para web designers e desenvolvedores que não tinham opção senão procurar clientes e empresas, para desenvolver web sites em Flash.

Como funciona essa integração? Caso você já tenha alguma experiência com classes personalizadas do Flash ou ActionSctipt, encontrei um tutorial que mostra de maneira bem simples como funciona essa integração com o iPhone OS. O tutorial de Flash CS5 mostra como aproveitar o acelerômetro do iPhone para criar aplicativos. É um tutorial em vídeo bem curto e que deve elucidar diversas dúvidas.

tutorial-adobe-flash-cs5-aplicativos-iphone.jpg

O ponto negativo para quem quiser começar a trabalhar com esse tipo de desenvolvimento é que será necessário ao menos, adquirir um iPod ou iPhone para realizar testes. Caso contrário os aplicativos criados com o Flash CS5 não podem ser avaliados. As diferenças nos projetos envolvendo o iPhone OS são relacionadas com classes especiais e o tamanho da tela que deve seguir o padrão do dispositivo. Já estou planejando e estudando os tutoriais e guias lançados pela Adobe para adicionar esse tipo de conteúdo nas minhas aulas durante esse semestre.

Esse tipo de material deve ajudar as pessoas interessadas em começar a trabalhar com aplicativos nesse modelo. Mais novidades devem ser divulgadas até Abril quando diversos softwares da Adobe devem ser atualizados para a versão CS5.