Download gratuito de wallpaper para o iPad com tela retina criado no Blender

A criação de imagens com softwares 3d é uma das minhas atividades preferidas, e acredito que você deva ter percebido esse meu gosto por trabalhar com 3d. E para todos que trabalham com modelagem 3d, render e animação nessa área a criação de elementos gráficos para usar em aparelhos que são de uso comum nos dias de hoje é algo muito comum. Por exemplo, você já pensou em criar uma imagem única para usar como papel de parede para o seu celular, tablet ou computador? Sempre que tenho algum tempo disponível tento criar alguma imagem ou composição para usar como papel de parede dos meus dispositivos.

Download de wallpaper para iPad com resolução retina

E como acredito que muitos de vocês gostam de usar esse tipo de material nos seus dispositivos, começarei a compartilhar algumas dessas criações aqui no blog. Para começar vou compartilhar uma imagem que fiz especialmente para usar como wallpaper de um iPad de terceira geração com tela retina.

Esse dispositivo permite usar imagens com 2048 por 1536 pixels, o que é uma resolução fantástica, e que pode fazer com que o render demore um pouco para ser finalizado, dependendo da quantidade de efeitos que você adiciona na composição.

A imagem original é a que está logo abaixo, e para visualizar a mesma em resolução cheia e fazer o download desse wallpaper para iPad com tela retina, basta clicar na imagem.

cubos-ipad-retina-wallpaper-logo

Essa imagem foi produzida evidentemente no Blender e o processo usado para o render foi bem simples. O primeiro passo foi criar um sistema de partículas que usou como representação de cada partícula um cubo. Esses cubos foram alinhados com a posição da câmera na cena e renderizados com um Ambient Occlusion ligado, e usando samples com valor 12 para gerar sombras sem granulação.

Variações do wallpaper

Depois no composite nodes foram adicionados alguns filtros como Lens Distortion e Glow. O resultado final foi a imagem exibida nesse artigo e que pode ser facilmente alterada usando softwares como o GIMP ou Photoshop para gerar variações com cores, como as exibias abaixo.

cubos-ipad-retina-wallpaper-logo-azul-500.jpg

cubos-ipad-retina-wallpaper-logo-verde-500.jpg

Como as imagens geradas para representar o wallpaper do iPad com tela retina tem grande resolução, você pode facilmente redimensionar os arquivos para usar em desktops ou outros dispositivos com resoluções mais humildes. No futuro divulgo mais imagens que uso como wallpaper nos meus dispositivos.

Produção de conteúdo digital para iPad com InDesign CS5

O futuro reserva muitas mudanças de ambiente para quem trabalha com mídia, e isso inclui a maneira como vamos consumir conteúdos como revistas e a própria internet. Esse é o ponto de vista das pessoas que consomem o conteúdo, mas e para quem produz? Bem, nesse caso será necessária a especialização cada vez maior dos profissionais envolvidos no processo, para conseguir adaptar o conteúdo para dispositivos como o iPad. Esse é um dos motivos que fará com que os profissionais especializados em mídia impressa seja cada vez menos requisitados. Por exemplo, você sabe usar diagramadores como o InDesign? Saiba que em pouco tempo você precisará diagramar e produzir conteúdos para tablets e ambientes personalizados para consumir mídia.

Para se adaptar a essas mudanças, recomendo começar assistindo uma excelente apresentação que tive a oportunidade de conhecer nos últimos dias e que aborda a criação de conteúdo para o iPad, usando o InDesign e pacote da Adobe chamado de Adobe Digital Publishing Suite. Esse pacote é gratuito e está disponível para download no link indicado que leva até o Adobe Labs.

O ponto negativo desse processo é que você precisa obrigatoriamente do InDesign para conseguir publicar conteúdos formatados para o iPad.

adobeDigitalPublishing.jpg

A parte positiva é que a apresentação de aproximadamente uma hora mostra os passos necessários para gerar esse tipo de conteúdo. Quem já conhece o InDesign já tem boa parte do processo dentro do seu leque de conhecimentos, ficando apenas pendente a configuração do Publishing Suite, que é a ferramenta responsável pela conversão do arquivo do InDesign para o modelo de publicação para a tablet. O diagrama que ilustra esse artigo mostra bem o processo de produção desse tipo de conteúdo usando o módulo da Adobe.

Esse modelo de publicação fica amarrado ao formato de midia da Adobe, fazendo com que precisemos usar a ferramenta como base para distribuir o conteúdo. É um pouco arriscado em termos de estratégia, mas evita a necessidade de estudar e migrar sua base de conhecimentos para Objective-C.

Se você quiser alguma coisa mais rápida, esse PDF tem um guia completo sobre a publicação de conteúdo para iPad com o módulo da Adobe.

AutoCAD para Mac Os X e iOS confirmados

Os profissionais da área de design e construção que acabam decidindo por migrar dos ambientes Windows para o Mac, sempre encontram na alteração das suas principais ferramentas de design e desenho uma dificuldade. O AutoCAD é uma das ferramentas mais usadas na área de desenho técnico assistido por computador, e mesmo já existindo opções mais avançadas e produtivas para acompanhar projetos, muitas pessoas procuram por AutoCAD no Mac assim que fazem a migração. Desde 1992 isso não é mais possível, pois foi o ano em que a Autodesk descontinuou as versões nativas do AutoCAD para o sistema da Apple.

Já faz algumas semanas que publiquei um artigo aqui no blog comentando sobre sinais encontrados em diversos locais, sobre um provável Beta do AutoCAD sendo testado no Mac. Desde aquela data nenhuma nova notícia sobre o desenvolvimento tinha sido divulgada, até que hoje a própria Autodesk acabou confirmando a notícia, inclusive com um site oficial do AutoCAD para Mac.

Junto com o site temos um pequeno comercial preparado para divulgar o AutoCAD para Mac, produzido pela Autodesk:

A versão para Mac deve suprir uma demanda crescente por profissionais que estão migrando para a plataforma da Apple. Mesmo existindo opções igualmente poderosas e até mais indicadas para trabalhar com projetos, principalmente em arquitetura. Estou falando do ArchiCAD e VectorWorks que trabalham com a tecnologia BIM, oferecendo opções avançadas de gestão do projeto já nativamente em ambientes Mac.

Além da versão dedicada ao Mac, a Autodesk planeja também lançar o AutoCAD para plataformas móveis. Isso mesmo, uma versão para o iOS rodando no iPhone e iPad. Essa versão deve permitir apenas visualizar arquivos DWG. A previsão de lançamento é o outono no hemisfério Norte, o que deve levar aproximadamente um mês.

Agora só falta a Autodesk converter o 3dsmax para o Mac, que é o desejo da grande maioria dos usuários do software que conheço. Esses artistas só não migram para o Mac devido a ausência do 3dsmax. Quem sabe com as últimas atualizações no núcleo do 3dsmax esse processo seja mais simples de realizar. O que se sabe é que o software usa tantos recursos do Windows que está praticamente ligado ao sistema, e qualquer tentativa de migrar o mesmo para outras plataformas exigiria reformular o software completamente.

Só nos resta esperar.