Blender com suporte oficial para renderizar no V-Ray

O suporte aos chamados renderizadores externos no Blender já foi bem limitado, e os usuários mais antigos devem lembrar da época em que a única opção para renderizar imagens fora do Blender era com o antigo YafRay, que hoje se chama YafaRay. Essa época já passou e tanto o Blender como o mercado de renderizadores externos evoluiu bastante, estando hoje focados no uso de GPUs para acelerar a geração de imagens além de oferecer opções de uso para os mais variados artistas 3D. Um dos renderizadores externos mais famosos do mercado é sem sombra de dúvida o V-Ray. Já conheci artistas que não largam o 3dsmax apenas para que possam gerar imagens voltadas para arquitetura usando o V-Ray.

Com o tempo a Chaosgroup expandiu a compatibilidade do V-Ray para outros softwares como o SketchUp, Maya e até versões independentes chamadas de V-Ray Standalone. Essa versão standalone do V-Ray foi usada como base para a criação de scripts e ferramentas que exportavam cenas de inúmeros softwares para o formato de arquivo próprio do render, permitindo que até mesmo o Blender conseguisse renderizar imagens usando o V-Ray. Isso só foi possível graças ao trabalho do desenvolvedor russo Andrey Izrantsev que agora foi contratado pela Chaosgroup.

Isso significa que o script responsável por exportar cenas do Blender para o formato nativo do V-Ray agora é suportado oficialmente pelo desenvolvedor do V-Ray! Sim, existe até mesmo uma página sobre o script com informações relacionadas à integração.

O antigo domínio em que podíamos encontrar o script de integração já não funciona mais, e agora apenas fazendo o download diretamente pelo web site da Chaosgroup. Agora é possível conseguir uma poderosa combinação de software para modelagem 3d, e renderização com a dupla Blender e V-Ray. Os artistas que ainda estão presos ao 3dsmax podem optar por adquirir apenas a versão standalone do V-Ray e gerar os modelos poligonais no Blender para renderizar no V-Ray.

Esse é mais um sinal do reconhecimento do Blender como plataforma de criação séria e que atrai desenvolvedores e empresas para o seu já crescente ecossistema de softwares de suporte. A lista de renderizadores externos já está bem longa, e provavelmente veremos mais adições no futuro.

Integração do Blender com V-Ray?

Pressione ESC e pare o render! É isso mesmo que você leu no título, um usuário do Blender está trabalhando em um Script, para integrar o Blender com o V-Ray. O Blender já conta com um script que permite fazer uma integração básica com o Mental Ray, mas o V-Ray é inédito. Mas antes que você se anime muito, devo dizer que o projeto ainda é experimental e a versão do V-Ray utilizada é um tanto quanto peculiar. Para usar essa opção é necessário possuir uma versão Demo do V-Ray Standalone, que faz parte do projeto do ChaosGroup (Desenvolvedores do V-Ray) para o Maya.

Blender e V-Ray

Pode parecer simples, mas é um pouco trabalhoso fazer a integração funcionar, mas eu garanto que funciona! Quer saber como é? Visite essa página nos fóruns do Blender Artists que o usuário Afacelis fez uma lista dos procedimentos necessários para usar o Script, inclusive como conseguir legalmente uma cópia do DEMO, para o V-Ray Standalone para o Maya. Essa cópia limita o tamanho do render para 640×480 no máximo.

Para saber mais informações sobre a integração e conferir mais exemplos da sua aplicação, visite o endereço do desenvolvedor do Script para mais informações. Lá você encontra o Script para download também. Eles estão trabalhando na documentação do script, que ainda não está completa, mas já ajuda muito, explicando alguns dos parâmetros de configuração.

Para quem já usou o Blendigo, o Script é muito parecido, mas com as opções direcionadas ao uso do V-Ray. Essas são algumas das telas do Script, depois que ele é instalado:

Interface do Script V-Ray

Interface do Script V-Ray GI

Existem opções de configuração para vários aspectos do V-Ray, de maneira muito semelhante ao que acontece com o painel de configuração do 3ds Max.

Agora vem a parte mais interessante, o autor do Script pretende migrar essa integração, de um simples Script, para uma ferramenta nativa do Blender, escrita totalmente em C. Isso mesmo, em alguma data no futuro, você poderá escolher no próprio Blender 3D sem a utilização de Scripts a opção de renderizar os seus trabalhos com o V-Ray.