Cursos online gratuitos de Blender, SketchUp e Photoshop

Os leitores mais antigos do blog já devem conhecer a minha iniciativa de promover cursos usando metodologia de educação a distância no EAD – Allan Brito, pois estou freqüentemente publicando avisos aqui no blog sobre as atualizações nos cursos. Mas, além dos cursos que geralmente divulgo aqui com mais freqüência, existem também opções gratuitas de cursos no EAD – Allan Brito. Sim, mesmo que você não tenha interesse em participar de cursos pagos, ofereço a oportunidade de aprender, pelo menos o básico sobre o Blender, SketchUp e Photoshop.

Hoje existem três cursos disponíveis que são:

  • Curso gratuito sobre Blender Básico: O curso aborda os recursos básicos do Blender como a organização da interface, principais atalhos e janelas. Todas as aulas estão organizadas em seqüência lógica e podem ser assistidas quantas vezes forem necessárias. O curso foi gravado usando a versão 2.5 do Blender, mas os aspectos básicos que são abordados no curso não sofreram alterações significativas ao longo das últimas atualizações do software. Portanto, para os que não conhecem o Blender é uma ótima oportunidade de aprender o seu funcionamento. Além das aulas, você ainda encontra uma tabela em PDF com os principais atalhos de teclado do Blender para download dentro do curso.
  • Curso gratuito sobre SketchUp Básico: Aqui encontramos uma metodologia e objetivo semelhantes ao do curso de Blender. No curso básico de SketchUp você aprende sobre a interface do software e o seu funcionamento, e também as principais ferramentas de criação. Como o SketchUp é uma ferramenta extremamente fácil de se trabalhar, o conteúdo do curso é realmente uma apresentação de opções do software.
  • Curso gratuito sobre Photoshop CS5 básico: Esse é o único curso dos básicos que exige um recurso complementar para que você possa estudar, pois o Photoshop não possui uma versão gratuita como os dois últimos softwares. Mesmo que você não possua uma licença do Photoshop, será possível aprender nesse curso básico os principais conceitos da ferramenta, seja o uso dos Layers ou mesmo a escolha do tamanho da moldura para imagens.

Como realizar a inscrição nos cursos gratuitos?

Para participar desses cursos é simples, basta visitar o EAD – Allan Brito e se cadastrar. Depois que o seu cadastro estiver pronto, você pode clicar no nome do curso e acessar as aulas e vídeos.

Nos próximos meses devo lançar mais cursos gratuitos seguindo a mesma linha desses que já existem. A idéia é permitir que as pessoas pelo menos conheçam um pouco das ferramentas por meio desses cursos, até para poder avaliar quando cada software pode ou não atender a sua demanda de criação.

Nova identidade visual para o SketchUp

Esse ano está sendo muito movimentado para os usuários do SketchUp, pois além da surpresa que foi a notícia de que o Google estaria vendendo a sua divisão responsável pelo SketchUp para a Trimble, agora temos outra mudança relacionada a identidade visual do software. O SketchUp não é um software novo, e já está presente no mercado de modelagem para arquitetura já faz alguns anos, mas mesmo depois que o Google adquiriu o software, a sua identidade visual em termos de ícones e logo pouco mudaram. Agora de casa nova, o SketchUp recebeu uma nova logo mais atual e simplificada.

A imagem abaixo é a nova cara do SketchUp, e deve ilustrar o material de apoio ao software, assim como todos os manuais e propagandas relacionadas.

SketchUp nova identidade

O ícone é bem sugestivo e mostra uma seqüência de degraus na imagem, que segundo a descrição da mudança no blog do SketchUp, é um demonstrativo claro da relação que o software possui com o mercado de visualização para arquitetura. O próprio nome do SketchUp sendo grafado com um novo tipo é muito mais moderno, contando com cantos arredondados, bem diferente do antigo.

Essas são apenas algumas das primeiras alterações que o SketchUp está recebendo desde que “mudou” de casa, mas devem refletir um pouco da nova filosofia empregada no software. Os usuários do SketchUp se ressentiam com o Google devido ao pouco suporte oferecido no desenvolvimento da ferramenta, e se contabilizarmos as novidades adicionadas ao software entre as versões 6 e 8 que estavam sob a tutela do Google, a coisa foi realmente tímida.

Como a nova empresa é especializada em softwares e ferramentas para arquitetura e engenharia, é de se esperar que o suporte e novidades para o SketchUp sejam muito mais agressivas, em um futuro SketchUp versão 9. Para os que estão com receio do desaparecimento da versão gratuita do SketchUp, o próprio Google e a Trimble já afirmaram que não existem planos para deixar de oferecer a versão gratuita do software.

E não foi apenas o SketchUp que mudou de visual, o próprio LayOut que é o software especializado em gerar pranchas para impressão no pacote do SketchUp Pro também mudou, como é possível conferir no artigo no blog do SketchUp.

GIMP 2.8 com janelas unificadas e no Mac OS X

O GIMP é sem sombra de dúvida o melhor software de edição de imagens e pintura em ambientes de software livre, sendo muito recomendado que você o utilize junto com o Blender para editar texturas, finalizar imagens e manipular de forma geral o resultado do seu projeto de modelagem. E mesmo para as pessoas que não trabalham diretamente com modelagem 3d e render, o fato de ter a disposição um software como o GIMP é excelente para editar fotografias, criar imagens para web, otimizar o tamanho de imagens.

Nas diversas vezes em que tive a oportunidade de ministrar cursos sobre o GIMP, os usuários se queixavam de alguns aspectos relacionados ao funcionamento e design do software. O ponto mais polêmico eram as chamadas janelas flutuantes. Esse modo de funcionamento do GIMP fazia com que os menus e janelas do software não ficassem agrupados dentro de uma estrutura única, mas segmentados e espalhados pelo desktop. Para algumas pessoas isso era apenas um pequeno detalhe, mas em outros casos era algo bastante incômodo, pois para realizar determinada tarefa o usuário precisava “caçar” a janela no desktop para acessar um menu ou ferramenta.

Outro grupo de usuários que se queixavam bastante eram os do Mac OS X, que precisam instalar o X11 para poder usar o GIMP no seu computador.

Hoje a coisa está bem diferente, e já existe um modo de janela única no GIMP que pode ser acionado no menu Janela -> Modo janela única e como resultado teremos uma interface totalmente organizada em apenas uma janela, como mostra a imagem abaixo:

GIMP janelas únicas

E para os usuários do Mac OS X a melhor notícia é a existência de um instalador nativo do GIMP! Sim! Agora você pode fazer o download de um arquivo dmg e adicionar o GIMP diretamente a pasta de aplicações do seu Mac OS X. Acabei de testar em um computador com o Snow Leopard e está funcionando perfeitamente.

Essas características do GIMP não são recentes, como o exemplo das janelas unificadas, mas acredito que é de interesse dos leitores do blog, que gostariam de utilizar uma alternativa ao Photoshop em ambientes de produção.

Plugin gratuito para o SketchUp adiciona opção Boolean

As diferenças entre a versão gratuita e a Pro do SketchUp envolvem entre outros aspectos o suporte a importação de arquivos DWG, que é um dos aspectos que fazem mais falta em relação ao trabalho diário com o SketchUp. Mas, além desse recurso existem outras opções que só estão disponíveis para a versão Pro do SketchUp que não é gratuita. Por exemplo, a possibilidade de usar operações Booleanas na modelagem 3d é um dos recursos que a princípio só está disponível para os usuários da versão Pro.

Mas, o SketchUp possui uma vasta gama de plugins e scripts gratuitos criados por usuários utilizando uma linguagem chamada Ruby. Com essa linguagem é possível adicionar inúmeras funcionalidades ao SketchUp. Um desenvolvedor chamado oscarlok criou um plugin para o SketchUp que adiciona a opção de modelagem com operações booleanas para o SketchUp gratuito! Sim, você pode fazer o download do plugin diretamente desse endereço. Só devo ressaltar que para fazer o download você deve ser um usuário registrado no SketchUcation.

Mas, o que são essas operações booleanas na modelagem? São as operações em que podemos fazer novos objetos 3d com base na união, subtração ou interseção de formas.

O vídeo abaixo mostra um exemplo do plugin sendo usado na versão gratuita do SketchUp.

Esse tipo de ferramenta ajuda de maneira significativa na modelagem 3d, pois permite trabalhar com formas compostas na criação de volumes complexos. Por exemplo, podemos trabalhar com a interseção ou subtração de formas entre objetos perfeitamente ortogonais e outros curvos. Isso abre o leque de possibilidades para a modelagem 3d, principalmente quando for necessário criar elementos com mais velocidade.

Para as pessoas que possuem interesse em adicionar mais ferramentas ao seu SketchUp, recomendo uma visita aos fóruns do SketchUcation para conhecer mais desses plugins.

Curso de modelagem para arquitetura com SketchUp

Caso você ainda não conheça as ferramentas do SketchUp que podem ajudar na modelagem para arquitetura, recomendo uma visita a página do curso sobre modelagem para arquitetura com SketchUp. O curso aborda o uso da ferramenta para criar maquetes eletrônicas para arquitetura, usando metodologia de educação a distância em que você pode estudar quando quiser e em qualquer lugar com internet!

Curso sobre materiais e texturas com Blender: Aula 07 disponível

E mais um curso recebeu atualizações no EAD – Allan Brito, dessa vez foi o curso sobre materiais e texturas com Blender que recebeu a sua aula 07! Essa é a última aula desse curso, o que deixa todas as aulas disponíveis para os participantes. O tema dessa aula é o uso do Node Editor do Blender para a criação de texturas. O Node Editor já foi tema da aula 06 do curso, mas com foco específico na criação de materiais. O Node Editor para criação de texturas é igualmente poderoso e flexível no contexto das texturas, mas não é uma das ferramentas mais famosas entre artistas 3d.

O motivo disso é simples, a maioria das opções relacionadas as texturas no Node Editor são destinadas a criação de texturas procedurais. Como esse tipo de textura acaba sendo menos usada do que as baseadas em imagem, a aplicação do Node Editor para criação de texturas tem pouco destaque dentro do ecossistema de ferramentas do Blender. Mas, isso não significa que a ferramenta seja menos importante que as outras.

Curso sobre materiais e texturas com Blender

Por exemplo, existem dois padrões importantes que podem ser gerados usando texturas procedurais que também são abordados no curso:

  • Checker: Tipo de padrão que consegue gerar imagens semelhantes a um tabuleiro de xadrex.
  • Bricks: Aqui podemos criar uma textura semelhante a parede de tijolos usando métodos totalmente procedurais.

Os dois padrões podem ser mesclados com outros Nodes para gerar efeitos únicos de texturas no Blender. Essa aula encerra o curso sobre materiais e texturas com Blender, e eventualmente no futuro posso adicionar exercícios de configuração de materiais ou texturas, mas a princípio todas as aulas previstas estão disponíveis.

Próximas atualizações nos cursos

Os próximos cursos que devem receber atualizações no EAD – Allan Brito são:

O exercício de animação baseada em física já está pronto, bastando apenas gravar os últimos vídeos. Se você quiser conferir o exercício, a animação será essa:

No projeto, os participantes do curso aprendem como realizar a animação completa, inclusive a montagem no sequenciador de vídeo do Blender.